Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309987
Type: TESE
Title: Avaliação das funções orofacias do sistema estomatognático e do modo respiratório nos níveis de gravidade de asma em crianças
Title Alternative: Evaluation of oral functions of stomatognathic system and breathing mode in levels of asthma severity in children
Author: Castro, Mariana San Jorge de, 1980-
Advisor: Ribeiro, José Dirceu, 1952-
Abstract: Resumo: Introdução: O Sistema Estomatognático (SE) e composto por diferentes estruturas que, controladas pelo Sistema Nervoso Central, desempenham funções de sucção, de mastigação, de deglutição, de fala e de respiração. Tais estruturas agem de forma conjunta, de tal maneira que qualquer modificação anatômica ou funcional especifica pode levar a um desequilíbrio generalizado, ocasionando alterações. Estas alterações tem sido objeto de estudos, dos quais se pode depreender que elas estão originalmente relacionadas a alguns fatores, dentre outros, as doenças do trato respiratório. Pouco se conhece das alterações do SE em pacientes com asma. Objetivos: Comparar as funções orofaciais (mastigação, deglutição e fala) e o modo respiratório em crianças asmáticas e em crianças saudáveis. Métodos: Participaram do estudo 54 crianças com idade entre sete anos e dez anos completos, de ambos os gêneros. Vinte e sete delas compuseram o grupo experimental e foram subdivididas em dois níveis de gravidade de asma: grupo I - intermitente e persistente leve e grupo II - persistente moderada e grave. Vinte e sete crianças saudáveis fizeram parte do grupo controle (grupo III). Para anamnese e avaliação fonoaudiológica foi utilizado o protocolo de avaliação miofuncional orofacial adaptado de Marchesan (2003). A adaptação constituiu-se na realização parcial da parte funcional, excluindo-se o componente estrutural, já que este não fazia parte do objetivo do presente estudo. Resultados: Dos relatos sobre a mastigação, a deglutição, a fala e o modo respiratório, os resultados encontrados foram estatisticamente semelhantes nos dois grupos de asmáticos. Em contrapartida, os resultados de avaliação clinica fonoaudiológica identificaram alterações nas funções orofaciais e no modo respiratório, com resultados estatisticamente significantes, entre os três grupos estudados. As alterações encontradas não demonstraram relação com a gravidade de asma, quando analisadas as funções orofaciais de mastigação, de deglutição e de fala, visto que o maior índice de alterações foi encontrado no grupo I, ou seja, no grupo de asmáticos leves. Contudo, na avaliação do modo respiratório, quanto maior a gravidade de asma, maior a presença de respiração oronasal. Conclusões: Independente do nível de gravidade, os asmáticos apresentaram padrões alterados de mastigação, de deglutição, de fala e a depender do nível de gravidade, do modo respiratório

Abstract: Introduction: Stomatognathic System (SE) is composed of different structures, controlled by the central nervous system, they perform functions of sucking, chewing, swallowing, speech and breathing. Such structures act jointly, so that any specific anatomical or functional modification may lead to an overall imbalance, causing changes. These changes have been the object of study, of which one may deduce that they are originally related to certain factors, among others, the respiratory tract. Little is known of the changes of SE in patients with asthma. Purpose: To compare the orofacial functions (chewing, swallowing and speech) and respiratory mode in children with asthma and healthy children. Methods: The study included 54 children aged between seven and ten full years of both genders. Twenty-seven of them formed the experimental group and were subdivided into two severity levels of asthma: Group I - mild intermittent and persistent and Group II-moderate to severe persistent. Twenty-seven healthy children were included in the control group (group III). For interview and speech-language evaluation was used evaluation protocol adapted from myofunctional Marchesan (2003). The adaptation consisted in the partial realization of the functional part, excluding the structural part, as this was part of the purpose of this study. Results: Although reports on chewing, swallowing, speech and breathing mode, the results were statistically similar in both groups of asthmatics. In contrast, the results of the clinical changes identified in orofacial functions and breathing mode, with statistically significant results among the three groups. The changes found showed did not correlate with the severity of asthma in the analysis of orofacial functions of chewing, swallowing and speech, whereas the highest rate of change was found in group I, ie the group of mild asthmatics. However, in assessing the breathing mode, the greater the severity of asthma increases the presence of oronasal breathing. Conclusions: Regardless of the severity level, asthmatics have altered patterns of chewing, swallowing, speech and depend on the severity level of the breathing mode
Subject: Sistema estomatognatico
Asma
Crianças
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Castro_MarianaSanJorgede_M.pdf2.91 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.