Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309974
Type: TESE
Title: Avaliação do refluxo gastroesofagico em criancas e adolescentes asmaticos atopicos graves com e sem pneumonias recidivantes
Author: Mello, Anna Livia de Campos
Advisor: Ribeiro, José Dirceu, 1952-
Abstract: Resumo: Observamos a ocorrência de pneumonias recidivantes (PR) em alguns pacientes com asma atópica grave. Devido à alta prevalência de refluxo gastro-esofágico (RGE) em pacientesasmáticos, desenhou-se este estudo clínico-Iaboratorial descritivo prospectivo, com o objetivo de comparar os valores de monitorização do pH esofágico em escolares e adolescentes com asma atópica grave, com e sem PR. O estudo incluiu 44 crianças e adolescentes de 7 a 15 anos, 19 sem e 25 com PR que, após investigação laboratorial de rotina, testes alérgicos e prova de função pulmonar, foram submetidas ao exame de pHmetria de 24 horas. Os resultados foram agrupados em textos e tabelas para análise estatística. Os testes X2 ou Exato de Fisher apontaram evidência ou não de associação entre as variáveis estudadas e os testes de Wilcoxon ou t de Student para mostras independentes, diferenças entre os grupos. Os 2 grupos foram homogêneos em relação a içlade, sexo, duração do aleitamento matemo, tabagismo matemo ou paterno, doenças pulmonares prévias, atopia familiar e doenças alérgicas concomitantes, dosagem das imunoglobulinas séricas e provas de função pulmonar. A monitorização do pH esofágico mostrou que pacientes com asma atópica grave e PR apresentam um número de episódios de RGE por hora estatísticamente superior do que pacientes com asma atópica grave sem PR tanto no tempo total de exame (p = 0,043 ¿ Teste de Wilcoxon) quanto em posição supina (p = 0,0091 - Teste t de Student). A percentagem de tempo com pH inferior ou igual a 4 também foi estatístícamente superior no grupo com PR (p = 0,00245 Teste t de Student). Os resultados mostram uma exposição ácida aumentada no período noturno em pacientes com asma grave e PR, assim como maior número de episódios de RGE. Estes achados justificam uma investigação mais precoce do RGE nestes pacientes

Abstract: An assessment of gastroesophageal reflux in children and adolescents with severe atopic asthma with and without recurrent pneumonia In order to evaluate the role of gastroesophageal reflux (GER) as a possible cause of recurrent pneumonia (RP) in children and adolescents with severe atopic asthma (AA), 44 patients were studied prospectively with prolonged (24hour) esophageal pH-monitoring. Their ages ranged from ? to 15 years. There were no significant differences detected between group 1 (AA without RP) and group 2 (AA with RP) when sex, age, maternal or paternal smoking, atopic status, and lung function tests were evaluated. The prevalence of GER was 31,6% (6/19) in group 1 and 48% (12/25) in group 2. The following parameters were evaluated: mean percentage of time pH<4, the number of GER episodes/hr, esophageal clearance and the longest reflux episode. Esophageal acid exposme (mean percentage of time with pH<4) (p= 0,00245) and the number of GER episodes/hr (p=0,0091) in supine position were significantly increased in group 2 as compared to group 1. Furtherrnore, group 2 shows higher values of !lUmber of GER episodes/hour (p=0,043). Thus, our results show that patients with AA and RP differ from AA without RP by the characteristics of their refluxo We therefore, suggest to perforrn prolonged esophageal monitoring as a standard procedure in asthmatic patients with RP
Subject: Refluxo gastroesofágico
Asma em crianças
Pneumonia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Mello_AnnaLiviadeCampos_M.pdf1.74 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.