Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309934
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Viabilidade do DNA-HPV extraido e coletado no meio UCM de material desnaturado em diferentes tempos de estocagem
Title Alternative: Recovery of DNA for the detection of HPV from clinical cervical specimens stored for up to two years in Universal Collection Medium (UCM) with denaturing reagent
Author: Campos, Elisabete Aparecida, 1961-
Advisor: Simões, Jose Antonio, 1960-
Abstract: Resumo: Objetivo: Avaliar a recuperação e estabilidade do DNA para detecção do papillomavírus humano (HPV) através da Reação em Cadeia da Polimerase (PCR) utilizando amostras estocadas por até 24 meses em Universal Collection Medium (UCM) com reagente desnaturante. Métodos: Sessenta amostras de citologia da cérvix uterina positivas para HPV, - que foram coletadas em UCM com resultado de Papanicolaou NIC 2 e NIC 3 entre os anos de 2003 e 2005 e que foram estocadas - foram utilizadas para este estudo. Todas as amostras haviam sido congeladas a ¿20°C após a adição do reagente desnaturante (0,05% de azida sódica + solução de NaOH) e da retirada da alíquota necessária para a realização do teste de Captura¿Híbrida 2 (CH 2) para identificação do DNA-HPV. O tempo de estocagem das amostras utilizadas foi de 6, 12 e 24 meses (20 amostras para cada tempo de estocagem). A extração do DNA foi realizada de acordo com protocolo específico para este tipo de material. A técnica de PCR foi realizada para confirmação da presença e da integridade do DNA através da detecção da ß-globina humana utilizando-se primers de consenso G73 e G74, e a detecção do DNA-HPV foi realizada utilizando-se os primers de consenso PGMY09 e PGMY11. Resultados: O DNA extraído do material desnaturado foi recuperado em 57 das 60 (95%) amostras estudadas. O DNA-HPV só não pôde ser detectado por PCR em uma destas amostras recuperadas. Conclusão: A recuperação e a estabilidade do DNA-HPV foi excelente após dois anos de estocagem do material cervical colhido em UCM com reagente desnaturan

Abstract: Objective: To evaluate the recovery and stability of DNA for the detection of HPV by Polymerase Chain Reaction (PCR) from clinical specimens stored for up to 24 months in Universal Collection Medium (UCM) with denatured reagent. Materials and methods: Sixty stores HPV-positive cervical smears collected from women with CIN 2 or CIN 3 diagnosis at Pap smear cytology between 2003 and 2005 were utilized to study. All samples were stored at ¿20°C after add of the denaturing reagent (sódica azida 0,05% and solution NaOH) and removing the aliquot required for carrying out the hybrid capture 2 assay for the identification of HPV-DNA, the samples were stored for 6, 12 or 24 months (20 samples for each storage time). DNA-HPV extraction was performed according to a protocol specifically designed for this type of material. The presence and quality of DNA was confirmed by human ß-globin detection using the consensus primers G73 and G74 and HPV was detected using the consensus primers PGMY09 and PGMY11 through the technique of PCR. Results: The DNA extracted from the denatured material was recovered in 57 out of 60 (95%) of the samples studied. DNA-HPV failed to be detected in one of the recovered samples. Conclusions: The recovery and stability of DNA-HPV from cervical samples stored for up to two years in UCM were excellent
Subject: Virus do papiloma
Câncer - Diagnóstico
Colo uterino - Câncer
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Campos_ElisabeteAparecida_M.pdf367.65 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.