Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309878
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Calatonia, música, imagens mentais e religiosidade : um estudo clínico qualitativo sobre a investigação de imagens mentais em ateus
Title Alternative: Calatonia, music, mind images and religiosity : a qualitative clinical study about research of mind images on atheists
Author: Caramujo, Ana Maria Pires de Campos, 1959-
Advisor: Giglio, Joel Sales, 1941-
Abstract: Resumo: Este trabalho é um estudo qualitativo com base na fenomenologia e teve por objetivo investigar se as imagens mentais que surgem a partir da escuta de músicas sagradas e/ou litúrgicas de diferentes culturas, após a aplicação da calatonia (relaxamento nos pés), em indivíduos ateus, trazem conteúdos ou temas religiosos. As músicas foram escolhidas com base nas religiões mais praticadas no Brasil de acordo com o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), (2000). A amostra é intencional e fechada pelo critério de saturação, composto por seis ateus, adultos, voluntários, de ambos os gêneros, de 28 a 65 anos, idade produtiva segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), (2000), pertencentes à classe social média alta, cuja instrução mínima é o curso superior completo. Os seis indivíduos, depois da escuta musical realizaram um desenho que representasse a experiência com a música e em seguida responderam a uma entrevista semi-estruturada que foi gravada e anotada pelo pesquisador, pois as imagens mentais podem aparecer ou não graficamente. Os desenhos e as respostas do questionário e a fala espontânea, foram analisadas e interpretadas à luz da abordagem da psicologia analítica proposta pelo psiquiatra Carl Gustav Jung, por dois especialistas da área. Foi possível perceber que a aplicação do procedimento promoveu relaxamento, tranquilidade e apaziguamento, facilitando um estado de "alteração da consciência", não no sentido médico, mas um relaxamento necessário e suficiente para que ocorra um diálogo criativo do ego com o Self. Religiosidade, neste estudo, significa a conexão do eixo Ego-Self, a experiência da conexão do ego com algo que o indivíduo compreende como Maior do que ele mesmo é a ligação com a divindade, com o Self. Foram considerados os seguintes aspectos a partir da aplicação deste procedimento: 1º) Facilitou o surgimento de imagens mentais e na maior parte das vezes, trouxeram conteúdos ou temas religiosos, tais como: construções de templos, igrejas, gestos de oração, elementos da natureza como sol, deserto, fogo, presentes em diversas religiões representando simultaneamente, uma divindade, a morada da divindade, ou a própria divindade, entre outros; 2º) Os seis indivíduos expressaram em todas as sessões a sensação de relaxamento mencionada anteriormente, mesmo quando a escuta da música lhes pareceu desagradável; 3º) Todos os mantras promoveram a emergência de imagens mentais com conteúdos religiosos, ou nos títulos, ou nas palavras, na entrevista ou nos desenhos, de acordo com recentes estudos que mostram que não é necessário compreender as palavras para ser afetado; 4º)No final do processo, cinco sujeitos relataram que apreciaram o formato do procedimento, as cinco sessões, a escuta de uma música em cada uma delas, após a calatonia. Todos os indivíduos reconheceram que apesar da música não ter sido sempre agradável, o fato de a calatonia prepará-los para uma escuta mais profunda ajudou-os a aceitá-la mesmo quando não gostavam da música; 5º) Outra conotação significativa da pesquisa foi a constatação do preconceito ainda vigente em relação a se declarar ateu. Apesar de ser um trabalho introdutório, uma pesquisa de levantamento de dados, e ter sido aplicado apenas em poucos ateus, foram obtidos resultados que nos levam a considerar a proposta de continuar pesquisando e ampliando este estudo, e, dependendo dos resultados, colocar em prática os procedimentos

Abstract: This work is a qualitative study based on phenomenology and its objective was to investigate if the mental images that rise from listening sacred or liturgical music of different cultures, after applying calatonia (feet relaxing) in atheist people, bring contents or religious matters. The music were chosen based on the most practiced religions in Brazil, IBGE, 2000.The sample is intentional and closed by the saturation criteria, composed by six atheists, adults, voluntary of both genders, 28 to 65 years old, productive age according to IBGE data, 2000, included belonging to high medium social class, with Universitary Courses. These six individuals, after music listening, made a drawing representing the experience with the music and afterwards they answered a semi-structured interview which was recorded and noted by the researcher, because mental images may appear or not drawn. The drawings and the answers of the interviews and spontaneous speaking were analyzed and interpreted at an approaching analytic psychology proposed by psychiatrist Carl Gustav Jung, by two specialists. It was possible to realize that the application of this procedure promoted relaxing, tranquility and appeasement, facilitating "conscience alterated state", not in the medical sense, but a necessary and sufficient relaxing in order to happen a creative dialogue between ego and Self. Religiosity, in this study, is the connection Ego-Self, that is the conscience dialoguing with Whole significative, to experience an ego connection with things that the individual understands greater than himself. It's the nexus with deity, with the Self. The following aspects were considered from the application of this procedure: 1) It facilitated the appearance of mental images and most of the times, they brought contents or religious matters such as: temple buildings, churches, praying gestures, Nature elements like sun, desert, fire, present in several religions representing simultaneously a deity, deity dwelling or the own deity, among others; 2) The six individuals expressed in all the sessions the feeling of relaxing mentioned above, even when the listening of the music seemed them disagreeable; 3) All the mantras promoted the emergency of mental images with religious contents, either in the titles, or in the words, or interview, or in the drawings, aligned with recent studies that show that it isn't necessary to understand the words for being affected. 4) At the end of the process, these five individuals commented they appreciated the procedure frame, the five sessions, the listening of music in each one of them after calatonia. All individuals recognized, that in spite of music was not always agreeable, the fact of calatonia preparing them to a deeper listening helped them to accept it, even when they didn't like the music; 5) Another significative consideration of the research, was to know about prejudice still valid in declaring themselves atheist. Despite being and an introductory work, data research and having been applied in few atheists, the outcomes obtained lead us to consider the proposal of continuing the research and amplifying this study and depending on the results, put the procedure at work
Subject: Relaxamento
Psicologia analítica
Arquétipo (Psicologia)
Pesquisa qualitativa
Espiritualidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: CARAMUJO, Ana Maria Pires de Campos. Calatonia, música, imagens mentais e religiosidade: um estudo clínico qualitativo sobre a investigação de imagens mentais em ateus. 2012. 291 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309878>. Acesso em: 22 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Caramujo_AnaMariaPiresdeCampos_M.pdf76.9 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.