Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309821
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Atividade antiinflamatoria dos extratos obtidos de Cordia curassavica DC
Author: Oliveira, Maria Carolina Bayeux Leme de
Advisor: Carvalho, João Ernesto, 1954-
Abstract: Resumo: Cordia curassavica DC. (Boraginaceae) conhecida popularmente como "erva baleeira" é utilizada popularmente no tratamento de diversos processos inflamatórios. Alguns autores sugerem que a tração artemetina é a tração responsável pela atividade antiinflamatória. No entanto, resultados contraditórios sugeriram uma reavaliação dos efeitos antiinflamatórios dos extratos e da fração rica em artemetina de Cordia curassavica, e ainda identificar a tração ativa responsável pela ação farmacológica. Para a avaliação da atividade antiinflamatória, foram utilizados modelos de edema de pata induzido por vários agentes flogísticos como a carragenina, histamina, bradicinina e fosfolipase da Naja-Naja; edema de orelha induzido por óleo de cróton e peritonite induzida por carragenina. Para a avaliação da atividade antinociceptiva foram utilizados o teste de algesia induzida por calor (placa quente) e o teste das contorções abdominais induzidas por ácido acético. A metodologia da atividade antiproliferativa em células tumorais humanas foi utilizada para monitoramento do processo de purificação do extrato bruto diclometânico. Inicialmente foram obtidos os extrato brutos éter de petróleo (EBP), etanólico (EBE) e diclorometânico (EBD), que foram avaliados no modelo de pata induzido por carragenina. O EBP não inibiu o edema e o EBE reduziu em 44% após 4 horas do agente flogístico. Como o EBD inibiu o edema induzido por carragenina em 59% após 4 horas da administração do agente flogístico e também por extrair quantidades menores de substâncias, facilitando fracionamentos posteriores, foi escolhido para dar continuidade a este trabalho. No modelo de edema de pata induzido por histamina o EBD de C. curassavica não inibiu o edema, ao passo que nos modelos de edema de pata induzido por bradicinina o EBD de C. r:Jlasumo curassavica reduziu o edema induzido por bradicinina em 60 % e 66% nas doses de 300 e 1000 mglkg após 60 minutos da aplicação do agente, respectivamente. O EBD de C. curassavica reduziu o edema induzido pela fosfalipase Az do veneno da Naja Naja em 37 % e 45% nas doses de 300 e 1000 mglkg respectivamente, após 60 minutos da aplicação do agente. No modelo de dermatite provocada pela aplicação de óleo de cróton, o EBD de C. curassavica também inibiu a formação de edema em 54% na dose de 1000 mglkg e na peritonite induzida por carragenina diminuiu a migração leucocitária em 70%. Em ratos adrenalectomizados o EBD manteve a atividade antiedematogênica, inibindo o edema em 45% após 4 horas da administração da carragenina, confirmando que sua atividade independe da liberação de corticóides endógenos. No modelo de nocicepção químico, o EBD de C. curassavica inibiu o número de contorções abdominais induzidas pelo ácido acético em 54% (dose de 300 mglkg) e 65% (dose de 1000 mglkg). Já no teste da placa quente o EBD de C. curassavica não aumentou o tempo de reação dos animais ao estímulo térmico, sugerindo que a ação analgésica do EBD é por bloqueio da reação inflamatória. Na avaliação da atividade antiproliferativa em cultura de células tumorais humanas, a F3, F4 e a fração F6 apresentou efeito citostático e citocida de modo semelhante à indometacina. Os resultados obtidos permitem concluir que a C. curassavica possui princípios ativos com atividade antiinflamatória provavelmente relacionada com a inibição da síntese e/ou atividade dos prostanóides. A artemetina, encontrada nessa espécie, não é o princípio ativo responsável pelos efeitos observados

Abstract: The Cordia curassavica (Boraginaceae), lmown popularly as "erva baleeira", is used in foIk medicine for treatment of several inflammatory processes and as healing agent. The scope of this work was to evaluate the antiedematogenic activity; the antinociceptive activity, and antiproliferative of crude as extracts from Cordia curassavica well as the artemetin enriched fraction. The petroleum ether, dichloromethane, etanol crude extracts and artemetin fraction were evaluated on paw edema model induced by carrageenin. The crude dich1oromethane showed significant antiedematogenic activity, but artemetin enriched fraction extract did not show activity. The petroleum ether crude extract did not produce significant paw edema reduction. Therefore the dich1oromethane crude extract was chosen to continue with this study. The antinociceptive activity was demonstraded enployed hot plate and acetic acid-induced abdominal constriction writing model. The dich1omethane extract also showed antinociceptive activity by inhibition of acetic acid-induced writhing in mice. Nevertheless in hot plate model this extract did not reveal activity, suggesting a straight relationship of analgesic activity with inflammatory process inhibition . The dich1oromethane crude extract showed antiedematogenic activity in experimental models with paw edema induced by, bradykinin and naja naja, as well ear edema induced by croton oil. This extract inhibited too edema formation by carragenin induced in adrenalectomizated rats, rejecting the anti-inflamatory activity by exc1usively endogens corticoids. The antiproliferative activity was examinated in human cell culture. The fraction F4 e F6 showed antiproliferative activity related to concentration, showing citotoxicity in the highest concentration tested. Based on these results, we suggest that the anti-inflamatory activity the extracts is due that interference in produced prostanoides
Subject: Inflamação
Analgesia
Plantas medicinais
Câncer
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: OLIVEIRA, Maria Carolina Bayeux Leme de. Atividade antiinflamatoria dos extratos obtidos de Cordia curassavica DC. 2002. 145p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309821>. Acesso em: 2 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_MariaCarolinaBayeuxLemede_M.pdf5.38 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.