Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309773
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Capacitação do enfermeiro para o atendimento da parada cardiorrespiratoria
Author: Bellan, Margarete Consorti, 1967-
Advisor: Araujo, Izilda Esmenia Muglia, 1955-
Abstract: Resumo: A equipe de enfermagem freqüentemente é quem testemunha a parada cardiorrespiratória (PCR). Portanto, deve possuir conhecimentos suficientes para realizar os primeiros atendimentos. O sucesso da reanimação cardiorrespiratória (RCR) depende do tempo entre a ocorrência e o início do tratamento, da harmonia e sincronismo da equipe e da capacitação dos profissionais. Foram objetivos do estudo: elaborar um programa de capacitação para enfermeiros na RCR, capacitar o enfermeiro para o atendimento da PCR, avaliar o conhecimento dos enfermeiros antes e após sua participação no programa e comparar a atuação dos enfermeiros submetidos ao programa com os do grupo controle. O estudo foi desenvolvido em um hospital universitário e contemplou três etapas: etapa-I, capacitação teóricoprática; etapa-II, avaliação recente do conhecimento teórico-prático; e etapa-III, avaliação tardia. A amostra foi composta por 21 enfermeiros no grupo-A (controle ¿ não participou do programa de capacitação) e 38 no grupo-B (experimental ¿ participou do programa). Os instrumentos teórico e prático foram submetidos à validação de conteúdo e pré-teste. Na avaliação dos juízes não houve discordância significativa quanto à organização (p=0,368), objetividade (p=1,000), exceto quanto à clareza (p=0,042) para o instrumento-I (teórico). Em relação ao instrumento-II (prático), não houve discordância em nenhum dos itens (p=0,05). Na análise de desempenho dos enfermeiros verificou-se que a média das notas da avaliação teórica no grupo-A variou de forma progressiva nas três etapas: 6,45, 6,66 e 7,10; e no grupo-B de forma oscilante: 6,48, 8,36 e 8,0, respectivamente, com diferença estatisticamente significativa entre os grupos nas etapas II e III (p<0,001). Em relação às atividades práticas do suporte básico de vida (SBV) e suporte avançado (SAV), no grupo-A as médias de notas foram 3,90 e 3,49 na etapa-II e 4,32 e 3,72 na etapa-III, respectivamente, enquanto no grupo-B obtiveram as médias de notas 6,92 e 5,66 na etapa-II e 7,08 e 4,99 na etapa-III, espectivamente. As diferenças entre os grupos nas duas etapas das duas atividades foram significativas (p<0,001). Conclui-se que os conteúdos abordados e os instrumentos utilizados subsidiaram de forma favorável a execução e avaliação do programa de capacitação elaborado e implementado para os enfermeiros no atendimento da PCR. Observou-se melhora no desempenho tanto nas atividades teóricas quanto nas práticas. O grupo-B foi superior em ambos os desempenhos em relação ao grupo-A. No entanto, o desempenho na atividade teórica do grupo-B após uma semana foi superior ao de três meses; já na atividade prática do SBV, o desempenho na etapa-III foi superior à etapa-II, enquanto no SAV o desempenho da etapa-III foi inferior ao da etapa-II. O comportamento do desempenho dos sujeitos do grupo-A diferiu tanto nas atividades teórica como na prática em relação ao grupo-B. Na avaliação teórica observou-se uma melhora progressiva nas três etapas, assim como nas duas etapas das atividades práticas de SBV e SAV. Diante destes resultados, acreditase que o programa de capacitação elaborado poderá ser amplamente utilizado na instituição estudada e também adaptado para utilização em outras

Abstract: Nursing team members are frequently cardiac arrest witness, and therefore must acquire knowledge to perform basic (BLS) and advanced cardiac life support (ACLS). Successful cardiopulmonary resuscitation (CPR) depends on the treatment starting time, team¿s harmony/synchrony and involved professionals¿ capability. The study¿s main objectives were: to elaborate a nursing capacitation program in CPR; to train nurses in performing CPR; to evaluate nurses¿ CPR-knowledge before and after their participation in the program; and to analyse, comparatively, the CPR-performance of nurses that took part or not in the program. The study was developed in an university-hospital and faced three stages: stage-I, theorical-practical capacitation; stage-II, recent evaluation of theorical-practical knowledge; and stage-III, delayed evaluation of theorical-practical knowledge. The time interval between stages I and II was one week and between II and III, three months. Nurses were divided into two groups [A ¿ control (n=21), did not participate; and B ¿ experimental (n=38), did participate on the capacitation program]. Theorical and practical instruments were submitted to content validation and to a pre-test. There were no disagreements amongst judges concerning organization (p=0,368) and objectivity (p=1,000), except for clearness (p=0,042) of the instrument-I (theorical). In relation to instrument-II (practical), there were no disagreement in any items (p=0,05). On the analysis of nurses¿ performance, it was verified that group-A average punctuation in theorical evaluation varied in a progressive way on the three stages (6.45, 6.66 and 7.10, respectively), and in group-B in a non-steady way (6.48, 8.36 and 8.0, respectively) [group-B better than group-A on stages II and III (p<0,001; Tukey-test)]. In relation to practical activities on BLS and ACLS in group-A, the average punctuations were 3.90 and 3.49 on stage-II, and 4.32 and 3.72 on stage-III, respectively, while group-B has got average punctuations of 6.92 and 5.66 on stage-II, and 7.08 and 4.99 on stage-III, respectively [group-B better than group-A on the two stages of two activities (p<0,001; Tukey-test)]. Based on these results, it can be concluded that the approached contents and the used instruments helped in a most favorable way the execution and evaluation of the capacitation program elaborated and implemented to improve nurses¿ CPR-performance. It was observed an improvement not only on theorical activities but also in practical ones. Group-B has shown superior performances than group-A. However, it could be verified that theorical activity performance of group-B, within a week (stage-II), was superior in relation to stage-III (after three months); on the BLS practical activity, subjects¿ performance on stage-III was superior to stage-II, while on the SAV, performance of stage-III was inferior to stage-II. Group-A performance behavior differed not only on theorical activity but also on practical one in relation to group-B. On the theorical evaluation, it was observed a progressive improvement in all three stages, and also on both stages of BLS and ACLS practical activities. Facing these results, it is believed that this elaborated capacitation program can be largely utilized in our own institution and possibly could be adapted and extended to other ones
Subject: Parada cardiaca
Ressuscitação cardiopulmonar
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2006
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Bellan_MargareteConsorti_M.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.