Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309678
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Composição corporal e densidade mineral óssea em usuárias do sistema intrauterino liberador de levonorgestrel
Title Alternative: Body composition and bone mineral density in users of levonorgestrel-releasing intrauterine system
Author: Souza, Natália Dal'Ava de, 1984-
Advisor: Monteiro, Ilza Maria Urbano, 1965-
Abstract: Resumo: OBJETIVO: Avaliar a variação da composição corporal e comparar a densidade mineral óssea de usuárias de sistema intrauterino liberador de levonorgestrel (SIU-LNG) com usuárias de dispositivo intrauterino TCu 380A (DIU TCu 380A). SUJEITOS E MÉTODOS: Estudo de coorte prospectivo com acompanhamento de um ano, composto por dois grupos: 38 usuárias de SIU-LNG, como grupo estudo e 38 usuárias de DIU TCu 380A, como grupo-controle, pareadas por índice de massa corpórea (kg/m2 )(± 2) e idade (± 2 anos), selecionadas no Ambulatório de Planejamento Familiar do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher (CAISM) da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp). Para avaliação da mudança de composição corporal utilizaram-se variações percentuais de massa gorda e de massa magra e do peso (kg). O estudo da massa óssea incluiu a mudança total e percentual da densitometria mineral óssea (DMO) de coluna (L1-L4), fêmur total e colo femoral pela técnica de absorciometria de duplo feixe de raio-X (DEXA). A primeira avaliação foi realizada antes de se iniciar o uso do método contraceptivo e a segunda após um ano de uso do método. A evolução e a diferença entre os grupos quanto à densidade mineral óssea foram avaliadas através do teste t-Student pareado e Wilcoxon pareado. RESULTADOS: A idade média (±EP) foi 34,4 (±1.2) e 34 (±1.3) anos, IMC foi 25.1 (± 0,7) e 25,9 (± 0,7), e o número de gestações foi 1,9 (±0,2) e 1,7(±0,2) em usuárias de SIU-LNG e DIU TCu380A, respectivamente. Houve uma perda de massa óssea significante de 0,5% em coluna lombar das usuárias de SIU-LNG e um aumento de massa óssea de 1,4% e 1,5% em colo femoral e coluna lombar em usuárias de DIU TCu380A. Os dois grupos tiveram aumento no peso corporal, mas não houve diferença significativa entre eles aos 12 meses. O percentual de gordura aumentou nas usuárias do SIU-LNG, enquanto o grupo DIU TCu380A teve aumento de massa magra aos 12 meses. CONCLUSÕES: O grupo SIU-LNG apresentou pequena perda de massa óssea no primeiro ano de uso do método, provavelmente sem significância clínica. O grupo do DIU TCu 380A, que ganhou massa magra, apresentou também ganho na massa óssea em colo femoral e coluna lombar

Abstract: OBJECTIVE: This study evaluated body composition and bone mineral density in users of levonorgestrel-releasing intrauterine system (LNG-IUS) and compared to TCu380A intrauterine device (IUD) users. SUBJECTS AND METHODS: A prospective group study conducted for 12 months with 38 LNG-IUS users and 38 TCu 380A IUD users, were paired by age (± 2 years) and the body mass index (kg/m²) (±2), recruited at Woman Hospital of University of Campinas (Unicamp). Two evaluations were realized about the body composition and bone mineral density of the Lumbar Spine (L1-L4), femoral neck and total femur through the technique of dual x-ray absorciometry (DEXA). The first evaluation is going to be at the beginning of the use of the contraceptive method and the second will be after the method has been used for one year. The data was evaluated trough t- Student test for paired samples, Wilcoxon, and Chi-square. RESULTS: The mean (±SEM) age was 34.4 (±1.2) years old and 34 (±1.3) years old, BMI was 25.1 (± 0.7) and 25.9 (± 0.7) and with 1.9 (±0.2) and 1.7 (±0.2) pregnancies in LNG-IUS and TCu380A IUD users, respectively. There was a significant decrease in BMD of 0.5% in LNG-IUS at LS and an increase of 1.4% and 1.5% in TCu380A IUD users at FN and LS, respectively when compared values at baseline and at one year of use. The two groups had an increase in body weight; however, without significance between groups at 12 months. LNG-IUS users showed a fat percentage increased; notwithstanding, the TCu380A IUD users had an increase of lean mass, both at 12 months. CONCLUSIONS: It was observed a small loss of BMD up to the 1st year of LNG-IUS use; probably without clinical significance. The TCu380A IUD users presented increase of lean mass and increase of BMD at FN and LS
Subject: Composição corporal
Densidade óssea
Levonorgestrel
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_NataliaDal'Avade_M.pdf3.89 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.