Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309653
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Análise retrospectiva do uso de doadores classificados como marginais ou ideais em relação à sobrevida dos receptores no transplante ortotópico de fígado no Hospital das Clínicas da Universidade Estadual de Campinas
Author: Rocha, Marcos Becker
Advisor: Boin, Ilka de Fatima Santana Ferreira, 1953-
Abstract: Resumo: O transplante de fígado como método terapêutico para a doença hepática terminal fez com que um novo problema surgisse após sua implantação, ou seja: a escassez de órgãos. O objetivo deste estudo foi analisar de forma retrospectiva os doadores classificados como marginais e ideais em relação à sobrevida dos receptores no transplante ortotópico de fígado. Dos 197 transplantes realizados de fevereiro de 1991 a dezembro de 2001 no Hospital das Clinicas da Universidade Estadual de Campinas, 148 tornaram-se elegíveis para esta pesquisa. A classificação dos doadores marginais foi baseada na presença dos seguintes critérios: idade maior que 55 anos, aspartato aminotransferase maior que 150 UI/L, bilirrubina maior que 2mg/dl, sódio maior que 160mEq/l, parada cárdio-respiratória, tempo de intubação oro-traqueal maior que 5 dias e esteatose macrogoticular moderada ou grave, assim como o uso de dopamina acima de 10?g/kg/min ou qualquer outra amina vasoativa, designados como critério maior. O uso de dopamina abaixo dessa dose foi designado como critério menor, assim como antecedente de etilismo, drogadição, tempo de intubação oro-traqueal até 4 dias, microesteatose em qualquer grau e macroesteatose leve. A análise de regressão de Cox e o estimador de Kaplan-Meyer não mostraram nenhum desses fatores supracitados influenciando o índice de sobrevida dos receptores no 180º dia de pós-operatório. A sobrevida encontrada nesse mesmo período foi de 77,03%. A porcentagem de doadores marginais encontrada foi de 61,48%. A utilização de doadores marginais não alterou a sobrevida dos receptores. Sendo assim, a utilização de doadores marginais é viável, podendo-se assim, fomentar o número de transplantes realizáveis e diminuir o número de óbitos na fila de espera por um fígado.

Abstract: Liver transplantation like a therapeutic method for treating the terminal diseases of the liver causes a new problem after its implantation: The scarcity of organs. The aim of this study was to analyze, retrospectively, the donors classified as marginal and ideal and the relation of this classification with the outcome of the recipients after orthotopic liver transplantation (OLT). From 1991 to 2001, 197 OLT were done in this service. 148 became eligible for this study. The classification of marginal donors was based on the following criteria: age over 55 years, aspartate aminotransferase greater than 150UI/L, serum bile greater than 2mg/dl, serum sodium greater than 150mEq/l, use of dopamine greater than 10?g/Kg/min or any other amine, cardiac arrest, Intensive Care Unit (ICU) stays for more than 5 days and moderate or severe macrostetosis were considered major criteria, when dopamine was up to this dose above, history of alcoholism, drugs abuse, ICU stays less than 4 days, microsteatosis of any degree and mild macrosteatosis were considered minor criteria. After statistical analysis using Cox regression and the Kaplan-Meyer method to calculate the recipient outcome, we saw that any one of these factors had an influence on the recipient survival after 180 days post-transplantation. The 180th post operative day survival in the same period was 77.03%. The percentage of marginal donors was 61.48%. The use of marginal donors did not change the survival rate. We conclude that the use of marginal donors was viable and they could expand safely the number of liver transplants, diminishing the number of deaths on the waiting lists.
Subject: Transplante
Doadores de tecidos
Fígado
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Rocha_MarcosBecker_M.pdf1.15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.