Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309528
Type: TESE
Title: Antibiotico-profilaxia em cirurgias ortopedicas : resultado da implantação de um protocolo
Author: Araujo, Raquel Queiroz de
Advisor: Bergsten-Mendes, Gun Birgitta, 1943-
Mendes, Gun Birgitta Bergsten
Abstract: Resumo: A atuação do farmacêutico nas comissões de controle de infecção hospitalar (CCIH), tem sido de grande importância na tentativa de conseguir um uso racional de antimicrobiano em hospitais. Apesar dos princípios básicos da antibiótico- profilaxia estarem bem estabelecidos, este constitui ainda uma parcela alta de uso inadequado quanto a sua indicação e principalmente duração, geralmente superior à determinada. O uso adequado destes fármacos contribui para diminuir o tempo de internação do paciente, prevenir infecção do sítio cirúrgico (ISC), diminuir a seleção de microrganismos resistentes e os custos para a farmácia. Neste estudo foi realizado a implantação de um protocolo para o uso de antibiótico- profilaxia no Serviço de Ortopedia e Traumatologia do Hospital do Servidor Público Estadual de São Paulo. Os objetivos do estudo foram: promover uma antibiótico- profilaxia cirúrgica racional, através da implantação de um protocolo para o uso destes fármacos em uma unidade cirúrgica, com a colaboração direta de um farmacêutico em conjunto com a CCIH, avaliar a adesão da equipe de saúde ao protocolo em três períodos distintos ( pré- protocolo, pós- protocolo e um ano após) e definir o consumo e custos dos antimicrobianos utilizados em dose diária definida para os três períodos. Consideramos "erro" qualquer item discordante do protocolo. Analisamos um total de 290 cirurgias para os três períodos. Os itens avaliados foram: indicação da profilaxia, escolha do antibiótico utilizado, dose, início da primeira dose, repetição no intra- operatório, duração da profilaxia e infecção do sítio cirúrgico. O número de itens em não conformidade ("erros") passou de 93.4% para 42.4% após a padronização. A freqüência de zero "erros" para os itens analisados passou de 3.3% para 50% após implantação do protocolo. Houve também uma diminuição no consumo e custos demonstrados através da dose diária definida (DDD) e média de custo por procedimento profilático. . A padronização implantada promoveu a adequação da antibiótico- profilaxia neste serviço de ortopedia, tendo ficado clara a importância de se manter a participação de membro da ccm e do. farmacêutico nas visitas à enfermaria junto com a equipe médica a fim de estimular a utilização correta de antibióticos como profilaxia em cirurgias

Abstract: The inappropriateness of surgical antibiotic prophylaxis has been extensively reported, documenting wrong dosing, for toa long, and with toa broad a spectmm of antimicrobial activity. To describe a multidisciplinary experience in implanting a protocol for prophylactic antibiotic prescription in the orthopedic department of a general hospital. A consensus protocol was developed. Prophylactic antibiotics were dispensed only with a proper fonn, and the phannacist provided for each surgery the antibiotic kit assuring that the patient received the correct intra - and postoperative doses of the indicated antibiotic. AlI surgeries in three study periods were evaluated (pre protocol, early post-protocol, and a late post-protocol) and compared. Cost of the prophylactic antibiotics was determined before and after the implemented protocol. Two hundred and ninety nine surgeries were evaluated. Forty percent of the patients were male, and the mean age of all the patients was 52.5 :t 25.7 years. More than 95% of the surgeries were elective and clean. The frequency of the appropriateness of the antibiotic prophylaxis according to the agreed protocol for the three study was evaluated. The number of times there were items in each patient's prescription which disagreed with the established protocol ("error") showed a significant shift. In the pre-protocol period, only 3.3% of the surgeries with antibiotic prophylaxis had no "errors", but this value reached 50.0% in the late post-protocol period (p < .0001). Combining educational and restrictive interventions can markedly improve the surgical antibiotic prophylaxis
Subject: Medicamentos
Antibióticos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Araujo_RaquelQueirozde_M.pdf1.61 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.