Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309486
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo de bioequivalencia de duas formulações de comprimidos de fluconazol em voluntarios sadios
Author: Moraes, Leonardo Augusto
Advisor: De Nucci, Gilberto, 1958-
Nucci, Gilberto de, 1958-
Abstract: Resumo: A avaliação da eficácia e segurança, bem como da qualidade farmacêutica são pré-requisitos para o registro de drogas em muitos países. Neste contexto, a qualidade da formulação não é unicamente caracterizada por investigaçõe:s "in vitro", mas também por estudos de biodisponibilidade em voluntários sadios, que determinam importância na identificação de formas farmacêuticas que ap'resentam falhas terapêuticas e na seleção de similares disponíveis no mercado. o United States Food and Drug Administration (US FDA), define que duas formulações farmacêuticas são consideradas equivalentes quanpo a concentração plasmática da droga versus tempQ,. quando administradas na mesma dose molar, nas mesmas condições, não apresentem diferenças significativas em relação a velocidade e extensão de absorção. (Bio -International 94) Neste trabalho, avaliamos a bioequivalência de duas formulações de comprimidos de fluconazol: Fluconal, comprimidos 150mg, (Laboratório Libbs, formulação teste) versus Zoltec, comprimidos 15Qmg, (Laboratório Pfizer, formulação referência), em dezoito voluntários sadios do sexo masculino. O protocolo clínico apresentava delineamento aleatório cruzado de dois períodos, com intervalo de quatorze dias entre. as doses, aprovado pelo comitê de ética do Hospital Universitário da Universidade Federal do Ceará - UFC. A concentração plasmática de fluconazol foi determinada por Cromatografia Líquida de Alta Resolução com detecção ultravioleta. Os parâmetros farmacocinéticos obtidos de cada formulação de fluconazol, foram: área sob a curva da concentração plasmática em função do tempo (AUC [O-48h]), concentração plasmática máxima obtida (CMAX), tempo empregado para ser alcançada a GMAX (tmax), área sob a curva extrapolada para o infinito (AUC [0- ) Todos os parâmetros farmacocinéticos foram analisados por métodos estatísticos paramétricos e não-paramétricos. As médias geométricas das razões individuais Zoltec/Fluconal foram 96.7 para AUC[O-48h] (IC 90% (81.7 - 114), 100.7 para AUC[o-oo] (IC90% 85.6 - 118), e 77.4 para Cmax (IC90% 66.7 - 133). A média aritmética para as diferenças individuais de T max foi 1.7h, com IC 90% com valores estatisticamente diferentes de zero. . De acordo com os resultados obtidos e requerimentos determinados pelo FDA (USA), concluímos serem as duas formulações não bioequivalentes, tanto na extensão quanto na velocidade de absorção

Abstract: The bioequivalence study of two fluconazole tablet formulations: Fluconal (from Laboratório Libbs), and Zoltec (from Laboratório Pfizer) were compared in eighteen healthy male volunteers who received a single dose of 150 mg of each formulation, in an open randomized two period crossover fashion with a fourteen day washout interval between doses. Plasma samples. were obtained over a 48h interval and fluconazol concentrations were determined by HPLC with UV detection. Fromthe plasma fluconazole concentration vs time curves, AUC [O-48h] (area under the concentration vs time curves from O to 48h), Cmax (maximum achieved concentration), T max (time to achieve Cmax) and AUC (area under the concentration vs time curves extrapolated to infinity) were obtained. Ali these variables were analysed using both parametric and non-parametric statistics. Geometric mean Zoltec/Fluconal individual percent ratios were 96.7% (IC 90% 81.7 -114) for AUC[O-48h], 100.7% (IC 90% 85.6 -118), for AUC, 77.4% (IC 90% 66.7 - 133) for Cmax. Although the AUC[0-48] geometric mean ratio (fluconallzoltec) was inside both the FDA (0.8-1.25) and European Community (0.71.43) proposed limits, we cannot affirm that Libbs fluconal is bioequivalent to Pfizer Zoltec according to the extension of absorption, the reason for that being two fold: 1st the calculated area obtained with the [0-48] was less than the 80% of the extrapolated area [0- ] and 2 nd - the number of volunteers was nout enough, since the power obtained for the statistical analysis was 0.52 (Iess than 0.8 as required). This implies in a possible type two error (not detecting a statistical difference due to power weakness)
Subject: Farmacocinética
Cromatografia líquida de alta eficiência
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: MORAES, Leonardo Augusto. Estudo de bioequivalencia de duas formulações de comprimidos de fluconazol em voluntarios sadios. 1997. 63f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, [SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309486>. Acesso em: 23 jul. 2018.
Date Issue: 1997
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Moraes_LeonardoAugusto_M.pdf968.11 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.