Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309485
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Purificação dos diferentes granulos de plaquetas e quantificação do 4-sulfato de condroitina
Author: Pereira, Renata
Advisor: De Nucci, Gilberto, 1958-
Nucci, Gilberto de, 1958-
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho foi obter o isolamento de grânulos de plaquetas, identificar e quantificar a presença do glicosaminoglicano 4-sulfato de condroitina. O fracionamento das plaquetas foi realizado segundo o método de RENDU et al. (1982, 1989). A identificação do 4-sulfato de condroitina foi feita segundo metodologia descrita por NADER et aI. (1987). Após o fracionamento de plaquetas lisadas por gradiente descontínuo de metrizamida, obteve-se uma fração de membranas, o solúvel, uma fração contendo estruturas da plaqueta (grânulos alfa, mitocôndrias e lisossomas, o gradiente e um precipitado contendo os grânulos densos. Através da dosagem de [14C] 5-HT, foi verificada uma maior concentração deste marcador no precipitado, demonstrando que os grânulos densos, que são estruturas captadoras de 5-HT, estavam concentrados nesta fração. Pela dosagem da atividade específica da enzima b3-N-acetilglucosarninidase, poôde-se verificar a concentração desta na fração obtida logo acima do gradiente, indicando, assim, a concentração de lisossomas e de organelas de plaquetas, como mitocôndrias e grânulos a, que possuem densidades próximas nesta fração. Pela identificação de glicosaminogliéanos por eletroforese em gel de agarose, verificou-se a presença significativa do 4-sulfato de condroitina na fração contendo grânulos a, havendo grande quantidade na fração de membranas. Porém, o 4-sulfato de condroitina não foi encontrado nos grânulos densos. Com os resultados obtidos, conclui-se que, conforme sugerido por DONA TO et a!. (1994), o 4-sulfato de condroitina não é estocado nos grânulos densos e, de acordo com o perfil de isolamento, este glicosaminoglicano está presente nos grânulos <x

Abstract: The object of this thesis was to isolate platelet granules and to identify and quantify the glycosaminoglycan chondroitin 4-sulphate contained therein. Platelets were fractioned using short metrizamide discontinuous gradients (Rendu et ai, 1982,1989) and identification of chondroitin 4- sulphate was performed using agarose electrophoresis gels (Nader et ai, 1987). After fractioning of lysed platelets a membrane fraction, a supernatant, an organelles fraction (containing a-granules, mitochondria and lysosomes) were obtained as well as the gradient fraction and a pellet containing the dense granules. A [14C]-5HT labelling assay confirmed that the dense granules were located in the pellet fraction. Since the 'beta'-N acetylglycosaminidase specific activity was found in the organelle fraction we concluded that this fraction contained the a-granules, and other organelles, as their densities are similar. Agarose electrophoresis demonstrated the presence of chondroitin 4-sulphate in the a-granule fraction, but not in the dense granule fraction. These results support evidence published by Donato et ai (1994) suggesting that chondroitin 4-sulphate is not stored in the dense granules but in the a-granule
Subject: Proteoglicanos
Glicoproteínas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pereira_Renata_M.pdf1.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.