Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309466
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Estudo de farmacocinetica comparativa de uma formulação de amlodipina + maleato de enalapril versus uma formulação de amlodipina e versus uma formulação de maleato de enalapril em voluntarios sadios de ambos os sexos
Title Alternative: Comparative pharmacokinetics study of a formulation of amlodipine + enalapril versus an enalapril maleate formulation in healthy volunteers of both genders
Author: Sverdloff, Carlos Eduardo
Advisor: De Nucci, Gilberto, 1958-
Nucci, Gilberto de, 1958-
Abstract: Resumo: Introdução: Com base em evidências de estudos mostrando que em cerca de 2/3 dos casos de hipertensão a monoterapia não é suficiente para atingir as reduções pressóricos previstas, e diante da necessidade de controle mais rigoroso dos níveis pressóricos, há clara tendência atual para a introdução precoce de terapêutica combinada de anti-hipertensivos como primeira medida farmacológica. Tais associações de anti-hipertensivos podem ser feitas por meio de fármacos em separado ou por associações em doses fixas. Entre as associações eficazes conhecidas tem-se o caso de inibidores de enzima conversora de angiotensina e bloqueadores dos canais de cácio; um exemplo desta associação é a de amlodipina e enalapril. Objetivo: O presente estudo analisa a farmacocinéica comparativa de um produto contendo Amlodipina e outro contendo enalapril com um produto contendo a combinação dos dois princípios ativos. O produto testado foi Sinergen® (5mg/20mg) dos Laboratórios Biosintética Ltda. O produto referência para o Amlodipina foi o Norvasc®, comprimido de 5 mg, produzido pelo Laboratório Pfizer Ltda e o produto referência para o Enalapril foi o Renitec®, comprimido de 20 mg, produzido pela Merck Sharp Dohme. Materiais e métodos: 36 voluntários saudáveis de ambos os sexos foram internados em três oportunidades, nas quais receberam a associação de amlodipina e enalapril, amlodipina individualmente e enalapril individualmente. Coletas a intervalos regulares foram durante 144 horas para amlodipina e durante 24 horas para enlapril. As concentrações de Amilodipina, Enalapril e Enalaprilato foram medidas através de método analítico apropriado e validado por espectrofotometria de massas (LC-MS MS). A análise estatística dos resultados foi realizada mediante ANOVA. Resultados: As razões teste/referência das formulações para os parâmetros Cmax e ASC em estudo estiveram dentro do intervalo de 80-125%. Conclusão: Após análise estatística correspondente por ANOVA, chegou-se à conclusão que a formulação teste Sinergen é bioequivalente no que diz respeito às formulações referência Renitec (Enalapril) e Novarsec (amlodipina), já que todas as relações T/R para Cmax, AUC 0-inf e AUC 0-last das formulações estavam compreendidas no intervalo 80%-125%, determinado por ANVISA como condição de bioequivalência

Abstract: Introduction: Based on evidence of studies showing that in 2/3 of the cases of hypertension monotherapy is not enough to reach pressure reduction and facing the necessity of a more rigorous control, there is a clear current trend to the early introduction of a combined therapy of anti-hypertensive drugs as first pharmacological measure. These associations of anti-hypertensives can be made through separate products or through associations in fixed doses. Among the known efficient associations there is the case of angiotensin converting enzyme (ACE) inhibitors and calcium channels blockers; an example of these associations is the one of amlodipine and enalapril. Objective: This study analyses the comparative pharmacokinetics of a product containing amlodipine, a second one containing enalapril against a product containing the two active principles. The product test, Sinergenè (5mg/20mg) was manufactured by Laborat?ios Biosint?ica Ltda. The reference product for Amlodipina was Norvascè, 5 mg tablet, manufactured by Laborat?io Pfizer Ltda and the reference product for Enalapril was Renitecè, 20 mg tablet, manufactured by Merck Sharp Dohme. Materials and methods: 36 healthy volunteers of both genders were confined in three periods during which they received the association of amlodipina and enalapril, amlodipine individually and enalapril individually. Collects at regular intervals during 144 hours for amlodipine and 24 hours for enalapril were measured through a proper validated analytical method. The plasmatic concentrations of Amlodipine, Enalapril and enalaprilate were measured by a proper validated analytical method of mass spectrometry (LC-MS-MS). The statistical analysis was performed by ANOVA. Results: The relation of test and reference of the formulations for the parameters Cmax and AUC were within 80-125%. Conclusion: After statistical analysis by ANOVA, we reached the conclusion that the test formulation, Sinergen, is bioequivalent to the reference formulations Renitec (Enalapril) and Novarsec (amlodipina), since all the T/R relations for Cmax, AUC 0-inf and AUC 0-last of the formulations were within 80%-125% interval determined by ANVISA as condition of bioequivalence
Subject: Farmacocinética
Equivalência terapêutica
Amlodipina
Enalapril
Espectrometria de massas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: SVERDLOFF, Carlos Eduardo. Estudo de farmacocinetica comparativa de uma formulação de amlodipina + maleato de enalapril versus uma formulação de amlodipina e versus uma formulação de maleato de enalapril em voluntarios sadios de ambos os sexos. 2009. 151 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309466>. Acesso em: 15 ago. 2018.
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sverdloff_CarlosEduardo_M.pdf4.56 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.