Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309340
Type: TESE DIGITAL
Title: Diagnóstico pré-natal não invasivo aplicado à síndrome de Gilbert
Title Alternative: Prenatal diagnosis applied to noninvasive Gilbert's syndrome
Author: Oliveira, Telma Velozo Cordeiro de, 1981-
Advisor: Costa, Fernando Ferreira, 1950-
Abstract: Resumo: Considerando a extrema importância da utilização do DNA fetal livre na circulação materna (cffDNA) para diagnóstico pré-natal não invasivo e o elevado custo dos kits comerciais, o presente estudo, avaliou três métodos de extração de cffDNA com intuito de estabelecer uma técnica eficiente e de baixo custo. Para avaliar a eficiência e a qualidade de três técnicas de extração de DNA, foi utilizado o valor médio de ct gerado pelo equipamento de qPCR das amostras extraídas em cada método e comparado com o valor médio obtido pelas amostras extraídas pelo kit comercial. Além da análise para o polimorfismo na região promotora do gene uridina difosfato-glicuronil transferase (UGT1A1). Foram utilizadas amostras de plasma de 200 gestantes com idade gestacional a partir de 8 semanas. Os resultados indicam que as amostras extraídas apresentaram uma eficiência de 94% para extração de DNA fetal por kit comercial; 88% de eficiência para o método Triton-x100/Heat/Phenol (THP); 75% de eficiência para o método por Iodeto de Sódio (NaI) e 83% para o método por Tampão de Proteinase K (Tp Prot K). A análise para o polimorfismo na região promotora do gene UGT1A1 permitiu verificar a necessidade de um refinamento das técnicas, nas etapas iniciais como coleta do sangue materno e separação do plasma, para diminuir a contaminação por DNA materno. Além das análises utilizando marcadores moleculares, foi demonstrado as diferenças nos custos gerados em cada método utilizado que chegou a 100x mais baixo quando comparado ao kit comercial. Os métodos testados ainda necessitam de adequações, mas os resultados obtidos até o presente momento, demonstram uma grande possibilidade de estes serem implantados na Unidade de saúde pública e assim, tornar-se acessível a um número maior na população

Abstract: Brazil has a great potential in the development of research for the prenatal diagnosis noninvasive, through the Cell free fetal DNA (cffDNA) analysis. However, in Brazil this methodology is accessible only to a small portion of the population because it is a technical costly yet. The aim of this study was to test different types of protocols for the extraction cffDNA and determine which provides the better quality and yield of the DNA sample associated with low cost. Plasma sample from 200 pregnant women with gestational age from 8 weeks were evaluated by different protocols: The QIAamp Circulating Nucleic Acid Kit (Qiagen,UK), Triton/Heat/Phenol(THP), proteinase K/phenol and NaI/PEG8000. The quality of the purified DNA were checked by SYBR green qPCR for SRY gene and the analysis for polymorphism in the promoter region of the UGT1A1 gene. The results showed that the extracted sample by commercial kit (Qiagen) had 94% efficiency; THP method 88%; NaI method 75% and proteinase K/phenol method 83%. The analysis for the polymorphism in the promoter region of the UGT1A1 gene showed the necessity of a improvement of the maternal blood collection and plasma separation, to decrease the contamination by maternal DNA. The costs generated by each method that came to 100x lower when compared to the commercial kit. Although preliminary, these data demonstrate that THP and proteinase K/phenol protocols presented a great potential to be adopted as cost-effective and usefull techniques for extracting cffDNA which makes the cost of molecular examination more accessible to low-income populations
Subject: Cuidado pré-natal
Genes SRY
Doença de Gilbert
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Oliveira_TelmaVelozoCordeirode_M.pdf3.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.