Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309332
Type: TESE
Title: Estudo do gene AHSP ( Alpha Haemoglobin Stabilizing Protein) em celulas eritropoeticas
Author: Freitas, Aida Gomes de
Advisor: Costa, Fernando Ferreira, 1950-
Abstract: Resumo: As síndromes talassêmicas constituem um grupo heterogêneo de doenças genéticas causadas por mutações que afetam a síntese de uma ou mais cadeias globínicas, designadas de acordo com o tipo de cadeia cuja síntese está prejudicada. Nas f3-talassemiasocorre supressão parcial ou total das cadeias f3,o que provoca o excesso de subunidades livres de a-globinas instáveis, insolúveis e formam agregados chamados corpos de inclusão, responsáveis pela destruição de precursores eritróides. Os homozigotos para a f3-talassemia que apresentam anemia grave, necessitam de transfusões sangüíneas regulares, o que produz acúmulo de ferro no organismo, afetando principalmente o fígado, o coração e as glândulas endócrinas. Recentemente foi descrito o gene AHSP (Alpha Haemoglobin Stabilizing Protein) que pode ter participação na síntese de hemogiobina. A proteína produzida por este gene forma um complexo estável quando ligado a a-globinas livres, funcionando como uma chaperona molecular evitando a precipitação das cadeias nas células. O papel desta proteína nas síndromes talassêmicas ainda não está esclarecido, embora haja evidências de que ela possa desempenhar função importante quando existe excesso de cadeias a como nas f3-talassemias. Com base nesses dados, propomos o estudo do efeito da supressão da expressão do gene AHSP em células da linhagem eritroleucêmica humana K562 (ATCC), através do silenciamento gênico por interferência de RNA e em culturas de células mononucleares do sangue periférico de indivíduo portador da mutação no códon 75 do gene AHSP, para análise durante a diferenciação celular. As células mononucleares do indivíduo mutante e do controle foram obtidas a partir do sangue de doadores voluntários no ambulatório do Hemocentro da UNICAMP e foram submetidas a um sistema de cultura de células em duas fases. Através dos resultados obtidos foi possível observar que não houve a interferência esperada do gene AHSP nas condições testadas. Os resultados obtidos também demonstraram expressão diferencial no gene AHSP na presença da mutação no códon 75 que talvez esteja relacionada com a evolução clínica na ~-talassemia. Estes dados sugerem uma importante função do gene AHSP durante a diferenciação eritróide

Abstract: Thalassemia syndromes are a heterogeneous group of genetics diseases caused by mutations that affect the synthesis of one or more hemoglobin chains. In ~-thalassemia partial or total suppression of ~ - chains occurs, provoking the excess of ITeea-globin chains, which are insoluble and form aggregates called inclusion bodies, responsible for the destruction of erythrocyte precursors. Homozigotes for ~-thalassemia that present serious anemia, need regular blood transfusions, leading to the accumulation of iron in the organism, affecting mainly the liver, the heart and the endocrine glands. Recently the AHSP gene was described which may have a participation in hemoglobina synthesis. The protein produced for this gene forms a stable complex with free a-globin, functioning as molecular chaperone. The role of this protein in the thalassemia syndromes hass still not been determined, although it may e predicted that it may play an important function when an excess of chains exists as in the thalassemias. Based on these data we investigated in this project the effect ofthe suppression ofthe expression of AHSP by RNAi gene silencing in the human leukemic cell line, K562 (ATCC) and in cultures of mononuclearcells of the peripheral blood derived ITomdonor with AHSP mutation at codon 75, for analysis during the cellular differentiation. For the analysis of the cellular differentiation, the cells, obtained ITomthe blood of volunteers at the Hematology and Hemotherapy Center of the UNICAMP will be submitted to a system of culture of cells in two phases. These results demonstrated that it was not possible obtain interference of the expression of AHSP. These results also demonstrated differential expression in the AHSP gene when the mutation at codon 75 was presented and maybe was related with the clinical evolution in thalassemia. Based on this data, we proposed an important function of AHSP gene during the erythroid differentiation
Subject: Hemoglobinas
Hemoglobinopatias
Talassemia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2005
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas_AidaGomesde_M.pdf4.14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.