Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309285
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Efeito da trombólise com rt-PA na evolução motora e espessura cortical de pacientes com AVEI
Title Alternative: Effect of thrombolysis with rt-PA on the motor evolution and cortical thickness of stroke patients
Author: Tedeschi, Guilherme Garlipp, 1981-
Advisor: Cendes, Fernando, 1962-
Abstract: Resumo: Introdução: O Acidente Vascular Encefálico (AVE) é uma importante doença, com enorme implicação em fatores sociais e econômicos em todo o mundo, sobretudo no Brasil, onde é classificado como a maior causa de morte de origem cardiovascular, além de ser a principal responsável por grave morbidade, que traz incapacidade funcional e dependência ao paciente. A terapia com o Fator Ativador do Plasminogênio Tecidual (rt-PA), na fase aguda, imediatamente pós ictus do AVE, vem sendo muito utilizada mundialmente para o restabelecimento da circulação cerebral no AVE isquêmico, com grande influência na recuperação das habilidades motoras. Diversas são as formas de quantificar os danos ocorridos pelo AVE, entre eles o exame de Ressonância Magnética (RM), que é capaz de apresentar resultados precisos para diagnóstico clínicos e outros tipos de investigação menos explícitos, que contribuem para a mensuração da lesão celular e sua consequente recuperação. Objetivo: O presente estudo tem como objetivo principal, avaliar a espessura cortical dos pacientes, em dois diferentes períodos do AVE (Agudo e Crônico) e estabelecer associações em relação à função motora e o tempo de início da trombólise. Metodologia: Pacientes (33) com AVE isquêmico, trombolizados (T) e não trombolizados (NT), foram avaliados com RM e escalas funcionais (Fugl Meyer, MIF e FAC) em dois momentos da evolução da doença, sendo o agudo com 62,67 dias após o AVE e o crônico (follow up) com 419,22 dias após AVE. O tempo de início de tratamento com o trombolítico foi dividido em mais de 150 minutos (Grupo D) e Menos de 150 minutos (Grupo A). A análise estatística foi realizada pelo programa Freesurfer, ferramenta Qdec, que analisou as imagens (p<0,05) e pelo programa Systat 9. Resultados: A análise de todas as imagens (agudo e crônico) mostrou maior espessura cortical no grupo crônico, sendo que o mesmo acorre para o grupo T na fase crônica, para o grupo A na fase aguda e para o grupo D na fase crônica. Observou-se aumento na espessura cortical de áreas cerebrais específicas (Wernicke e giro pré central) entre as fases aguda e crônica. Observou-se também ganho funcional significativo (p < 0,05) em relação às escalas Fugl Meyer e MIF entre os períodos agudo e crônico

Abstract: Introduction: Stroke is an important disease with great implications in social and economic factors around the world, especially in Brazil, where is ranked as the first cardiovascular cause of death and the main cause of morbidity, which generates functional disability and some level of dependence on the patient. Thrombolysis with tissue plasminogen activator factor (rt-PA) on acute phase of stroke, immediately after ictus, has been widely used worldwide for the restoration of cerebral circulation in ischemic stroke, with great influence on the recovery of motor skills. There are several ways to quantify the damage incurred by stroke, including magnetic resonance imaging (MRI), which is able to provide accurate results for diagnostic and other not too explicit research results that contribute to the measurement of cell damage and its subsequent recovery. Objective: The main objective of the present study is to evaluate cortical thickness in two different periods of the stroke (Acute and Chronic) and establish associations in relation to motor function and the time of thrombolysis. Methodology: Patients (33) with ischemic stroke were evaluated with MRI and functional scales (Fugl Meyer, FIM and FAC) in two stroke stages, the acute phase with 62.67 days post-stroke and chronic phase (follow up), with 419.22 days after stroke. The time of thrombolytic treatment was divided into more than 150 minutes (Group D) and less than 150 minutes (Group A). MRI images statistical analysis were performed by the software Freesurf, Qdec tool (p < 0.05) and other analysis were performed by Systat 9. Results: The analysis of all images showed increased cortical thickness in chronic group. Same results were found at T group in the chronic phase, at A group in acute phase and at D group in the chronic phase. Increased cortical thickness was observed in specific areas (Wernicke and precentral gyrus) between acute and chronic phases. Functional gain was significant (p < 0.05) compared to the scales Fugl Meyer and FIM periods between acute and chronic
Subject: Acidente vascular isquêmico
Ressonância magnética
Fisioterapia
Acidente vascular cerebral
Reabilitação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: TEDESCHI, Guilherme Garlipp. Efeito da trombólise com rt-PA na evolução motora e espessura cortical de pacientes com AVEI. 2012. 49 f. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Médicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309285>. Acesso em: 19 ago. 2018.
Date Issue: 2012
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Tedeschi_GuilhermeGarlipp_M.pdf7.31 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.