Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309154
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Comparação dos efeitos da tecnica de aumento do fluxo expiratorio e de tecnicas fisioterapeuticas convencionais em parametros cardiorrespiratorios de lactentes com bronquiolite viral aguda
Title Alternative: Comparison of the effects of physiotherapic techiniques in cardiorespiratory parameters of infants with acute viral bronchilitis
Author: Pupin, Melissa Karina
Advisor: Baracat, Emílio Carlos Elias, 1959-
Abstract: Resumo: Há controvérsias a respeito da indicação de técnicas de fisioterapia respiratória no tratamento de Bronquiolite Viral Aguda (BVA). As técnicas convencionais de fisioterapia parecem não contribuir na evolução clínica da BVA, enquanto as técnicas atuais ou ¿a fluxo¿, como o aumento do fluxo expiratório (AFE), ainda não foram avaliadas e permanecem como possibilidades terapêuticas. Objetivo: Comparar os efeitos da AFE e vibração associada à drenagem postural (DP) nos parâmetros cardiorrespiratórios de freqüência cardíaca (FC), freqüência respiratória (FR) e saturação transcutânea de oxigênio (SpO2) de lactentes com BVA. Casuística e Métodos: Foram analisados lactentes com BVA, atendidos na Unidade de Emergência Referenciada de Pediatria do Hospital de Clínicas da Universidade Estadual de Campinas no período de julho de 2005 a agosto de 2007. Os valores de FC, FR e SpO2 foram registrados em quatro tempos: antes do procedimento (tempo 1), imediatamente após (tempo 2), 30 (tempo 3) e 60 minutos do término do procedimento (tempo 4). Os pacientes foram divididos em três grupos de intervenção: grupo A submetido à AFE, grupo B vibração associada à DP, e grupo C (controle). A análise de dados foi feita por Análise de Variância (ANOVA), teste Qui-quadrado e teste exato de Fischer. Resultados: Foram incluídos no estudo 81 lactentes, 48 do gênero masculino e 33 do gênero feminino, média de idade de 4,52 meses e peso médio de 6,56 kg. 81,5% dos lactentes apresentavam-se no primeiro episódio de sibilância e 76,5% não tinham doença associada. Na comparação global entre os grupos e os tempos, a análise das médias da FR apresentou tendência de diferença significante (p = 0,0536) em relação ao grupo controle, com valores menores após o procedimento nos grupos A e B. Não houve diferença significante entre os três grupos na análise das médias da FC e SpO2 (p > 0,05). Conclusão: A aplicação das técnicas de fisioterapia respiratória, AFE e vibração associada à DP, parecem contribuir na diminuição da freqüência respiratória de lactentes com BVA

Abstract: There are controversies over the prescription of respiratory techniques in the treatment of Acute Viral Bronchiolitis (AVB). The conventional techniques don¿t seem to contribute to the clinical evolution of AVB, whereas the techniques of flow, as the increase in expiratory flow (IEF), haven¿t been evaluated yet and remain as therapeutical possibility. Objective: Compare the effects of IEF and the vibration associated to Postural Drainage (PD) in the heart respiratory parameters of heart rate (HR), respiratory rate (RR) and transcutaneous oxygen saturation (SpO2) of infants with AVB. Cause and Methods: Infants with AVB, taken to the Pediatrics Emergency Unit in Campinas State University Clinical Hospital, were analyzed in the period from July 2005 to August 2007. The values of HR, RR and SpO2 were registered four times: before the procedure (time 1), immediately after (time 2), 30 and 60 minutes from the end of procedure (times 3 and 4 respectively). The patients were divided into three intervention groups: group A submitted to IEF, group B to vibration associated to PD, and group C (control). The analysis of data was performed by Variance Analysis (ANOVA), qui quadratic and Fischer¿s exact test. Results: 81 infants were included in the study, 48 males and 33 females, average age of 4.52 years old and average weight of 6.56 kg. 81.5% of the infants presented the first episode of sibilance and 76.5% had no disease associated. In the global comparison between the groups in the four times, the analysis of the HR average presented a significant difference tendency (p = 0.0536) in relation to the control group, with smaller values in A and B groups. There was no significant difference between the three groups in the analysis of RR and SpO2 average (p > 0.05). Conclusion: The application of physiotherapy techniques, IEF and the vibration associated to PD seem to contribute to the decrease of the respiratory rate in infants with AVB
Subject: Bronquite viral
Fisioterapia
Lactentes
Oximetria
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: PUPIN, Melissa Karina. Comparação dos efeitos da tecnica de aumento do fluxo expiratorio e de tecnicas fisioterapeuticas convencionais em parametros cardiorrespiratorios de lactentes com bronquiolite viral aguda. 2008. 91p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309154>. Acesso em: 10 ago. 2018.
Date Issue: 2008
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Pupin_MelissaKarina_M.pdf1.44 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.