Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309150
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: O modelo da reforma psiquiatrica brasileira e as modelagens de São Paulo, Campinas e Santos
Author: Campos, Florianita Coelho Braga
Advisor: Merhy, Emerson Elias, 1948-
Abstract: Resumo: Este trabalho faz uma releitura das experiências internacionais de reforma psiquiátrica, trazendo ao debate os pontos relevantes que influenciaram a reforma brasileira. Em seguida, também através do levantamento bibliográfico, traz a discussão do caminho percorrido pela reforma psiquiátrica brasileira, no cenário colocado pelo modelo da reforma sanitária no país: o modelo da Atenção Primária à Saúde. Faz a descrição de três modelagens da reforma psiquiátrica do Estado de SP, escolhidas pela suas pretensões antimanicomiais: cidade de São Paulo, Campinas e Santos - focando os períodos em que tiveram administrações que sustentaram a bandeira "Por uma Sociedade sem Manicômios". Mesmo que duas delas ainda sob a diretriz da rede básica de saúde como porta de entrada do sistema de saúde e sua concepção da História Natural da Doença para organização da assistência à saúde mental (São Paulo e Campinas). A luz das discussões sobre concepções reformadoras e transformadoras da Rede Básica de Saúde e suas configurações tecnológicas, faz-se a conversa com as três situações na busca de seus objetos, novas tecnologias, seus coletivos protagonizadores, e principalmente que ofertas de modelos tecnoassistenciais elas permitem apresentar para a reforma psiquiátrica brasileira. Na análise comparativa sobre o impacto das experiências na reforma psiquiátrica, Santos mostrou-se desviante do modelo hegemônico e oficial. Campinas, devido a situação colocada pela co-gestão de um hospital psiquiátrico, organizase numa hibridez de modelos - o da Atenção Primária à Saúde e o que nos trouxe a Psiquiatria Democrática Italiana. Por sua vez, a cidade de São Paulo defendeu e buscou reformar o modelo de assistência com uma modelagem adequando a Rede Básica, para sua organização

Abstract: This thesis reviews international psychiatric reform experiences. The debate included within points out the relevant aspects which influenced the Brazilian reform Thereafter, also taking the bibliographic research into account, it examines the Brazilian psychiatric reform and the way it went through amid the scenery of the sanitary reform model in the country: Health Primary Care. It describes three psychiatric reform models in São Paulo State. These were chosen due to their anti-institutional intentions in the cities of São Paulo, Campinas and Santos. It focuses on time periods when those places comprised administrations, which sustained the motto "For a society with no madhouses" - though two of them were still under the guidelines of the primary public health system meant as a doorway for the health system and its conception of Natural History of Diseasi in order do organize the mental health assistance (São Paulo and Campinas). Under the discussion about the reforming and Tranformative conceptions of the Primary Public Health System and its technological configurations, the link among those three situations is done in search of their objects, new technologies, their leading collectives and mainly in search of what offerings of technological and assertive models they allow to present for the psychiatric reform in Brazil. In the comparative analysis on the impact of the experiences over the psychiatric reform, Santos showed to be deviant in relation to the hegemonic and official model. Owing to a situation imposed by the co-management of a psychiatric hospital, Campinas is organized in composite models: the Health PRIMARY CARE" and the one which brought us the DEMOCRATIC ITALIAN PSYCHIATRY. São Paulo City defended and struggled to reform the assistance by means of a model, which compromises with the Primary Public Health System for its organization
Subject: Saúde mental
Política de saúde
Serviços de saúde mental
Saúde pública
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2000
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Campos_FlorianitaCoelhoBraga_D.pdf4.42 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.