Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309140
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Empatia e comunicação na relação medico-paciente : uma semiologia autopoietica do vinculo
Author: Chacra, Fernando Cesar
Advisor: Merhy, Emerson Elias, 1948-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa parte da hipótese de que é possível criar uma semiologia do vínculo na relação médico-paciente que permita tanto ao médico como ao sujeito por ele atendido não se dessubjetivarem na relação. Esta criação, no entanto, depende de um esforço por parte do médico para não se deixar capturar pelo discurso da Medicina, que o transforma em normatividade e o paciente quase sempre em doença. O objetivo da pesquisa constitui a partir da experiência prática do autor e, de uma reflexão teórica sobre o objeto de trabalho do médico (o corpo vibrátil, subjetivo) encontrar elementos que possam subsidiar a reflexão autopoiética para cada médico repensar em seu contexto a sua forma de criar uma semiologia do vínculo. Do ponto de vista teórico, parte-se da Teoria da Biologia do Conhecimento, de Humberto Maturana e Francisco J.. Varela com suas categorias de autopoiese, acoplamento estrutural e competência ética, aproximando-as da filosofia de Gilles Deleuze e Félix Guattari e das concepções da Etica de Baruch Espinosa. Metodologicamente, trata-se de uma investigação qualitativa centrada na experiência de Primeira pessoa, a partir das propostas de Francisco Verela e Jonathan Shear. Para estes autores, as metodologias de Primeira pessoa não só aceitam a experiência como um domínio a ser explorado tanto em nível filosófico como científico, assim como a consideram marca concreta de nossa existência em ato e ponto privilegiado para transformação das intervenções e práticas profissionais. Os resultados são apresentados através do relato vivo na experiência de Primeira pessoa do autor em contato com seus pacientes, com comentários de interlocutores que possibilitaram a sua posição em Segunda pessoa e através da criação de conceitos que permitem uma reflexão em posição de Terceira pessoa a respeito do objeto de investigação: a relação e suas possibilidades de vínculo

Abstract: The present thesis is based on the hypothesis that it is possible to create a semiology of the bond existing between doctor and patient, a semiology that will allow one and the other to avoid de-subjectivation in that relationship.The establishment of such a semiology, however, depends on an effort by the physician to resist being taken in by medical discourse, which tends to transform doctors into normativity and patients into disease or disorder. The study is based on practical experience and on a discussion of the doctor's object of work, the vibratile subjective body. The study's objective, on the other hand, is to pinpoint aspects that may provide more solid grounds for a self-poietic discussion by each individual physician concerning a semiology of the bond. Theoretically, the study is based on the Knowledge of Biology Theory, by HumbertoMaturana and Francisco J. Varela. These authors postulate the categories of self-poiesis,structural coupling, and ethical competence,approximating them to the philosophy of Gilles Deleuze and Felix Guattari and to conceptions found in Baruch Spinosa's Ethics. Methodologically, the study is a qualitative investigation focused on First- person experience and based on the proposals of Francisco Varela and Jonathan Shear, for whom First-person methodologies not only accept experience as a domain to be explored in both philosophical and scientific terms, but also consider it a concrete aspect of our existence in act and an exceptional starting point for modifying professional interventionsand practices. The resul1sare presented through living report into the author's First-personexperience with his patients, including interlocutors comments, that enable his Second person position. And also, through the concepts creation that allows a Third person position thinking about the investigation object: medical relationshipand its possibilities of bond
Subject: Tecnologia biomédica
Semiologia (Medicina)
Subjetividade
Autonomia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Chacra_FernandoCesar_D.pdf84.26 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.