Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309120
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: A enfermeira : uma protagonista que produz o cuidado no cotidiano do trabalho em saude
Author: Lima, Rita de Cassia Duarte
Advisor: Merhy, Emerson Elias, 1948-
Abstract: Resumo: Esta pesquisa tem como objeto de estudo o trabalho das enfermeiras. Teoricamente, iniciamos nossas reflexões acerca desse tema em nosso curso de Mestrado em Educação, na década de 80, quando buscamos apreender a percepção das enfermeiras sobre as contradições entre o ensino e a prática da enfermagem. Na ocasião, muitas outras indagações emergiram e ficaram sem respostas ou mesmo sem compreensão. Tanto no Mestrado quanto neste estudo, o Hospital Cassiano Antônio de Moraes (HUCAM) fez parte do cenário escolhido para a produção do campo empírico. Dentre os motivos que nos levaram a escolher essa instituição, certamente a nossa inserção profissional/institucional reforçou, na atual pesquisa, os motivos que nos levaram a tomar novamente esse local e nele o trabalho cotidianamente produzido pelas enfermeiras/enfermagem. Assim, esta pesquisa propõe-se a realizar um estudo sobre o trabalho das enfermeiras, utilizando como fonte metodológica a Teoria das Representações Sociais, buscando apreender os estilos de ação político-institucionais das protagonistas ao cotidianamente estarem organizando essa prática. Os dados empíricos foram mostrando os modos como as enfermeiras se vêem e são vistas pelos distintos protagonistas institucionais, sendo esses modos, muitas vezes, pautados em ações que se respaldaram num agir que emergiu da impotência ou pela potência das protagonistas em ação proporem e imprimirem mudanças. No que diz respeito aos estilos de ação político institucionais, percebemos a dinamicidade dos movimentos que produzem esses estilos dados, muitas vezes, pelas ações que se constituíram como: conservadoras; submissas; mas emergiram também enquanto ações que eram tanto transformadoras, como podiam ser autoritárias ou mesmo participativas. O estudo nos permitiu vislumbrar a necessidade de se potencializar estilos de ação político-institucionais transformadores que tomem o processo de trabalho e a gestão cotidiana desse processo de forma participativa e compartilhada entre os diferentes protagonistas institucionais. Agindo como facilitadores da produção de autogoverno desses trabalhadores, incentivando, ainda, situações que qualifiquem o trabalho, mas também a vida dos protagonistas na relação com o seu "fazer" profissional.

Abstract: This research has as its main objective the study of the work of nurses. Theoretically, our reflections regarding this topic began during a Master's Program in Education, during the decade of the '80s, when we studied the perception of nurses regarding nursing education and practice At that time, many additional questions emerged, with few answers, contributing little toward a greater understanding of the issues involved. The Cassiano Antonio de Morais Hospital (HUCAM) was part of the scenario chosen for the field research both in the Master's Program and in this study. Among the motives for selecting this institution certainly figured our own professional/institutional insertion in choosing the local in this study, analyzing the everyday work produced by the nurses and the nursing department. This work therefore proposed to conduct a study on nurse performance, using as a methodological source the theory of Social Representations, in an attempt to detect the political-institutional action of the protagonists as they organized their everyday practice The empirical data demonstrated the various forms in which nurses saw themselves and are seen by other distinct institutional actors, many of these forms related to actions which emerged in response to power or the lack of power of the actors to propose or impede change. Specifically in regard to political-institutional styles of action, we perceived the dynamic aspects of the movements which produced these styles, often created by actions which could be labeled as conservative, submissive; but nevertheless they also emerge as actions which were transforming in nature as well as authoritarian, or even participative. The study permitted us to envision the necessity to potentialize those transformational styles of political-institutional action which form the work process and the everyday management of this process in a shared and participative manner among these different institutional actors, as being facultative of a self-governing production for these workers, therefore stimulating situations which improve work as well as the lives of the actors in relationship to their work.
Subject: Serviços de enfermagem
Enfermeira e paciente
Saúde pública
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lima_RitadeCassiaDuarte_D.pdf6.53 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.