Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309117
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Prevalencia de obesidade em alunos da Faculdade de Ciencias Medicas da Universidade Estadual de Campinas e avaliação metabolica de filhos magros de pais obesos com clamp euglicemico hiperinsulinemico
Author: Lazarin, Mary Aparecida Carvalho Tavares
Advisor: Berardi, Elza Olga Ana Muscelli, 1954-
Abstract: Resumo: A obesidade é considerada doença crônica e relaciona-se a várias outras patologias como doenças cardiovasculares, hipertensão arterial e diabetes mellitus tipo 2, e tem alta morbi-mortalidade. Sua prevalência e incidência têm aumentado em números alarmantes, sendo considerada uma epidemia. Apresenta etiologia multifatorial e complexa, englobando fatores genéticos, psico-sociais e ambientais. Do ponto de vista metabólico, é caracterizada por resistência à insulina e hiperinsulinemia. Filhos saudáveis de pacientes diabéticos e de hipertensos apresentam algumas das alterações presentes nestas doenças. Assim, é possível que em filhos de obesos estejam presentes anormalidades da ação da insulina ou da sua secreção. A primeira etapa do presente trabalho avaliou a prevalência de obesidade entre alunos da Faculdade de Ciências Médicas da UNICAMP e entre seus pais, através de questionário respondido pelos alunos (n=333). Observamos menor prevalência de obesidade entre os alunos (sobrepeso: 10,5%; obesos: 1,2%) e maior entre os pais (sobrepeso: 47,5%; obesos: 14%), em comparação aos dados nacionais do Ministério da Saúde. Constatamos correlação direta entre os IMCs de todos os alunos com os IMCs dos seus genitores, como descrito em outros estudos previamente. A correlação dos IMCs dos pais ou das mães com os IMCs dos alunos e alunas foi realizada separadamente e não foi observada apenas entre pais e alunas. Na segunda etapa, realizamos estudo metabólico em 42 indivíduos magros sadios (21 filhos de obesos, FOB, 21 filhos de magros, FMAG). Peso, altura, cintura e quadril, massa magra (avaliada por impedanciometria bioelétrica) e as curvas glicêmicas e insulinêmicas no teste oral de tolerância à glicose eram semelhantes. Dentre esses voluntários, 16 FOB e 14 FMAG foram submetidos ao clamp euglicêmico hiperinsulinêmico associado à calorimetria indireta no período basal e durante infusão de insulina (7pmol/kg.min). Os grupos FOB e FMAG não diferiram quanto à sensibilidade à insulina, avaliada pela infusão total de glicose, (M = FOB=41,5:t8,4 vs. FMAG=47,5:t17, 1 ~ol/min.kgFFM). Os voluntários apresentaram inibição das oxidações de lipídios e proteínas, similares às descritas em trabalhos anteriores. Contudo não existiram diferenças significativas entre os grupos. A oxidação de glicose aumentou significativamente e não foram observadas diferenças estatisticamente significativas desta e da utilização não oxidativa de glicose, NOGD, entre os grupos. Durante o período clamp, foi observada uma redução na secreção de insulina, avaliada através do peptídeo-C no soro. Esta reposta foi semelhante nos grupos estudados e relacionada à sensibilidade à insulina (r=-0,49; p=O,Ol). O gasto energético, coeficiente respiratório e aumento de gasto calórico durante o clamp, relativo ao período basal, não diferiram entre os grupos. Este aumento foi diretamente relacionado à sensibilidade à insulina (r=0,72; p=O,OOOl)e à UNOG (r=O,62; p=O,0006). Embora a contribuição de fatores genéticos tenha sido demonstrada na obesidade, neste estudo não foram observadas diferenças na ação e secreção de insulina entre filhos magros de pais obesos ou de pais magros. Algumas das características metabólicas da resistência à insulina presente em obesos foram observadas nos voluntários deste estudo (todos com !MC normal). Além disto, a primeira fase do estudo sugeriu uma prevalência muito alta de obesidade ou sobrepeso entre os pais. Desta forma, a hipótese de um componente genético na obesidade ou na síndrome metabólica ainda permanece, todavia não pôde ser demonstrada

Abstract: Obesity is a chronic disease and has an important cOITelationwith others pathologies such cardiovascular disease, hypertension and type 2 diabetes mellitus. Because these risks increase as obesity worsens, its etiology as well as its prevention and treatment should be investigated. Excess body weight contributes to increase the probability of death. Nowadays, obesity raises in a vast proportion, witch difficult the health programs. This disease has some complex causes as genetic and environmental factors. This way, a variety of studies are important for a better understand of this condition. The present data had evaluated the obesity prevalence among students of Medical Science School of UNICAMP and their parents. The prevalence of obesity was smallest in this group than reported in Brazilian population. Although, the prevalence of obesity was higher in the parents of these students when compared to those Brazilian reports. Body mass index (BMI) of students was directly cOITelatedto the parents' BMI, except between daughters and their fathers. A higher prevalence of students with overweight was observed in the group of obese parents (at least one ofthem) than in the lean parents. The metabolic evaluation was performed in 42 healthy students: 21 offspring of lean parents (OL) and 21 offspring of one or two obese parents (OOB). The weight, height, waist, BMI, lean body mass (by bioimpedance) and percent fat mass were similar between the groups. Using the OGTT, it was observed that they were norm tolerant to glucose. The area under the insulin curve and fasting plasma insulin were also similar in the groups. An euglycemic insulin clamp was caITiedout for 2 h using an insulin infusion rate of 7 pmoLmin.kgMM. It was observed a large variation in the insulin sensitivity (as glucose infusion rate) in the OL group and a small one in the OOB. However the mean ofthe groups was similar (Mvalue = 35,4:t 7,9 vs. 41,7:t 16.8 umo1/kg.min,respectively; p = ns). Plasma insulin in the fasting state and under insulin infusion was similar, as well the inhibition on the insulin secretion, evaluated by plasma C-peptide levels. ...Note: The complete abstract is available with the full electronic digital thesis or dissertations
Subject: Obesidade
Resistência à insulina
Índice de massa corporal
Peso corporal
Antropometria
Metabolismo
Calorimetria
Composição corporal
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: LAZARIN, Mary Aparecida Carvalho Tavares. Prevalencia de obesidade em alunos da Faculdade de Ciencias Medicas da Universidade Estadual de Campinas e avaliação metabolica de filhos magros de pais obesos com clamp euglicemico hiperinsulinemico. 2002. 147p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciencias Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/309117>. Acesso em: 4 ago. 2018.
Date Issue: 2002
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lazarin_MaryAparecidaCarvalhoTavares_M.pdf18.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.