Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/309013
Type: TESE
Title: Caracteristicas das mulheres, frequencia, complicações e custos do aborto : suas variações de acordo com a comercialização do misoprostol
Author: Gabiatti, Jose Roberto Erbolato, 1956-
Advisor: Pinto-Neto, Aarão Mendes, 1952-
Abstract: Resumo: Realizou-se um estudo retrospectivo das internações por aborto na Enfermaria de Ginecologia do Centro de Atenção Integral à Saúde da Mulher da Universidade Estadual de Campinas, no período de janeiro de 1987 a dezembro de 1992. Analisaram-se as características sociodemográficas, tocoginecológicas e a utilização de métodos anticoncepcionais, bem como a classificação do aborto, a idade gestacional em que ocorreu, e a presença de complicações com ênfase em três períodos. O primeiro período relacionou-se com a introdução do Misoprostol no mercado, o segundo com sua divulgação como substância abortiva, e portanto com grande consumo, e o terceiro com a abrupta queda de consumo após as restrições legais impostas à sua comercialização. Os resultados encontrados apontaram que o perfil das pacientes constituiu-se de mulheres brancas, com menos de 35 anos, com união conjugal e que já haviam tido parto anteriormente. O percentual de complicações de aborto foi alto, sendo a infecciosa e a hemorrágica as mais freqüentes. O aborto classificado como provocado associou-se mais à complicação infecciosa, traumática e maior, porém o aborto espontâneo também associou-se a um elevado grau de complicações. Quando comparadas as características nos três períodos distintos, notou-se que, no período de maior consumo de Misoprostol, as interrupções de gestações foram mais precoces e ocorreram mais abortos classificados como provocados. Após as restrições legais à venda de Misoprostol, observou-se uma diminuição nas taxas de internação por aborto na Enfermaria de Ginecologia, porém com aumento das complicações.

Abstract: A retrospective study was done with the cases of abortion that required hospitalization in the Gynecology service, CAISM-UNICAMP. The period studied was from January 1987 through December 1992. Sociodemographic and gynecologic characyteristics, were analyzed in the use of contraceptive methods, abortion classification, gestational age, presence of complications and period of time that abortion occurred related to the presence of Misoprostol in the market. The periods were defined as: First - introduction of Misoprostol in the market; Second - knowlege of the population in its abortive characteristics and an intensive use, and Third - a decrease in its use due to legal restrictions to its commercialization. The results showed that most of the patients were white, younger than 35 years old, stable marital union and past obstetrical delivery. Abortion complication rate was high; infection and bleeding the most frequent. Induced abortion was mainly associated with infection, trauma and other major complications. When characteristics were compared between the three periods described above, we noted that the period associated with the use of Misoprostol was related to an earlier interruption of pregnancy and a higher rate of induced abortion. The third period, when Misoprostol commercialization was restricted, a decrease of inpatient treatment occured, although complications increased significantly.
Subject: Aborto
Abortivos
Aborto induzido
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1994
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Gabiatti_JoseRobertoErbolato_M.pdf2.02 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.