Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308917
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Efeito do DMTI-II, um inibidor de Kunitz isolado das sementes de Dimorphandra molli na resposta inflamatória pulmonar alérgica em ratos
Title Alternative: Effect of DMTI-II, a Kunitz-type inhibitor isolated from Dimorphandra mollis in pulmonary allergic inflammation in rats
Author: Ruiz, Karina Fernandes
Advisor: Antunes, Edson, 1960-
Abstract: Resumo: DMTI-II é um inibidor de serinoproteinase do tipo Kunitz, isolado a partir das sementes de Dimorphandra mollis, uma árvore da família Leguminosae-Mimosoidea, com ampla distribuição nas regiões do cerrado brasileiro e popularmente conhecida por causar toxicidade em gados. Dados preliminares do nosso laboratório mostraram que DMTI-II causa um marcante influxo de eosinófilos após 4 horas de injeção, na cavidade peritoneal de ratos, um tempo no qual este tipo celular não é comumente observado com agentes inflamatórios clássicos. No sentido de ampliar nossos conhecimentos sobre o recrutamento eosinofílico em resposta ao DMTI-II, passamos a usar um modelo experimental no qual esta célula exerce papel fundamental, que é o de sensibilização e desafio com ovalbumina (OVA). O objetivo deste estudo é investigar os efeitos da exposição das vias áreas ao DMTI-II sobre o recrutamento de leucócitos para o pulmão de ratos sensibilizados e desafiados com OVA. Ratos Wistar foram sensibilizados através de injeção subcutânea de OVA. Quatorze dias após, os ratos sensibilizados foram submetidos a instilações intranasais de DMTI-II (10 µg) ou PBS estéril (grupo controle). Após 2, 4 e 16 h de exposição ao DMTI-II, os animais foram desafiados com OVA. O lavado broncoalveolar (LBA), o sangue e a medula óssea foram coletados 24 horas após o desafio antigênico com OVA. Em grupo separado, os animais foram expostos ao DMTI-II 4 h após o desafio com OVA. De acordo com os resultados, a pré-exposição ao DMTI-II nos tempos de 4 e 16 h aumentou significativamente o recrutamento de eosinófilos no LBA de ratos desafiados com OVA. A pré-exposição de 2 e 4 h ao DMTI-II também promoveu aumento significativo do número de neutrófilos no LBA de ratos desafiados com OVA; entretanto, o número de células mononucleares não foi significativamente alterado. No sangue, a préexposição de 2 e 4 h ao DMTI-II aumentou significativamente o número de eosinófilos em ratos desafiados com OVA. Na medula óssea, a pré-exposição de 4 e 16 h ao DMTI-II, isoladamente, aumentou de forma significativa o número de eosinófilos, sendo esse aumento potencializado em ratos desafiados com OVA no tempo de 4h. A pós-exposição ao DMTI-II aumentou o número de eosinófilos e neutrófilos no LBA e no sangue de ratos desafiados com OVA. Além disso, o número de eosinófilos foi superior quando comparado ao protocolo de pré-exposição. Por outro lado, a pós-exposição ao DMTI-II não afetou o número de eosinófilos na medula óssea de animais desafiados com OVA. No LBA ou soro de ratos desafiados com OVA, notamos uma elevação significativa nos níveis de IgE, IL-4, eotaxina e LTB4. Porém, a exposição ao DMTI-II elevou somente os níveis de IL-4 nos animais desafiados com OVA. A pré- e pós-exposição das vias aéreas ao DMTI-II exacerba a inflamação pulmonar alérgica, com aumento do influxo de células polimorfonucleares. A capacidade do DMTI-II em recrutar eosinófilos está associada, provavelmente àspropriedades alérgicas dos inibidores de proteinases do tipo Kunitz.

Abstract: DMTI-II is a Kunitz-type serine proteinase inhibitor isolated from the seeds of Dimorphandra mollis, a widespread Leguminosae-Mimosoidea tree found in the savannahlike ecosystem, popularly known in Brazil to be toxic to cattle. Preliminary date in our laboratory showed that DMTI-II causes a marked eosinophil influx into the rat peritoneal cavity as early as 4 h after injection, a time by which no such cells are usually seen with classical inflammatory agents. In order to further explore our understanding about the eosinophil recruitment in response to DMTI-II we have moved to an experimental model where this cell type exhibits a central role, that is, the sensitization and challenge of rats with ovalbumin (OVA). Therefore, this study aimed to investigate the OVA-induced pulmonary cell recruitment in OVA-sensitized rats exposed to DMTI-II. Male Wistar rats were sensitized by subcutaneous injection of OVA. Fourteen day later, sensitized rats were submitted to intranasal instillations of DMTI-II (10 µg) or sterile PBS buffer (control group). At 2, 4 and 16 h after DMTI-II exposure, animals were challenged with OVA (or instilled with PBS). Bronchoalveolar lavage (BAL) fluid, bone marrow and blood were obtained at 24 h after OVA challenge. In a separate group of animals, rats were exposed to DMTI-II at 4 h after OVA challenge. Pre-exposure to DMTI-II 4 and 16 h prior to OVA-challenged markedly enhanced the eosinophil counts in BAL fluid in OVA-challenged rats. Pre-exposure to DMTI-II at 2 and 4 h prior to OVA-challenged markedly enhanced the neutrophil counts in BAL fluid in OVA-challenged rats, whereas mononuclear cell counts remained unchanged. Pre-exposure to DMTI-II at 2 and 4 h prior to OVA-challenged markedly enhanced the eosinophil counts in circulating blood in OVA-challenged rats. In bone marrow, pre-exposure to DMTI-II alone, 4 and 16 h prior OVA-challenged, significantly increased the number of eosinophils, and that was further increased in OVAchallenged rats 4 h prior to OVA-challenged. Similarly to the pre-exposure protocols, postexposure to DMTI-II elevated the eosinophil e neutrophil counts in BAL fluid and blood when compared with control group. In bone marrow, post-exposure to DMTI-II did not affect the number of eosinophils. In OVA-challenged rats, the levels of IgE in serum and of IL-4, eotaxin and LTB4 in BAL fluid were significantly higher compared with nonchallenged animals. Pre-exposure to DMTI-II alone elevated the IL-4 levels, and further elevated this cytokine levels in OVA-challenged rats. The increased IgE, eotaxin and LTB4 seen in OVA-challenged rats remained unchanged in animals pre-exposed to DMTI-II. In conclusion, the airways exposure to DMTI-II exacerbate the allergic pulmonary polymorphonuclear cell influx. This capacity of DMTI-II to recruit eosinophils is likely to reflect the allergen properties of proteinase inhibitors belonging to the Kunitz family.
Subject: Asma
Eosinófilos
Medula óssea
Inflamação
Pulmão
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: RUIZ, Karina Fernandes. Efeito do DMTI-II, um inibidor de Kunitz isolado das sementes de Dimorphandra molli na resposta inflamatória pulmonar alérgica em ratos. 2010. 118 p. Dissertação (mestrado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Ciências Medicas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/308917>. Acesso em: 16 ago. 2018.
Date Issue: 2010
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ruiz_KarinaFernandes_M.pdf772.49 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.