Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308863
Type: TESE
Title: Identificação de agentes enteropatogenicos (bacterias, virus e parasitas) nas fezes de crianças com diarreia aguda na cidade de Paulina-SP
Author: Lomazi, Elizete Aparecida, 1957-
Advisor: Collares, Edgard Ferro, 1938-
Abstract: Resumo: No período de ura ano foram atendidos 490 episódios de diarréia aguda, correspondentes a 445 crianças que procuraram os serviços do Centro de Saiíde Escola de Paulínia e do Pronto Socorro do Hospital Municipal de Paulínia. Era cada episódio foi preenchida uma ficha com dados clínicos e epidemiológicos do paciente. Em 288 episódios oram colhidas amostras de fezes, provenientes de 282 crianças, para pesquisa de enteropatógenos. Foram pesquisados os seguintes agentes enteropatogênicos: rotavirus, adenovirus, ETEC, EPEC, EIEC, Shigella sp, Salmonella sp, Yersinia sp , Campylobacter sp, Giardia lamblia , Entamoeba histolytica e Cryptosporidium spp. A identificação foi positiva em 59,4% dos episódios, sendo que os agentes bacterianos foram os mais freqüentes, vindo em segundo lugar os enteropatógenos virais e, por último, os parasitários. Bactérias foram mais comuns nos meses de verão e os rotavirus nos meses mais frios. O agente isoladamente mais comum foi a rotavirus, encontrado em 13,5% dos episódios. Escherichia coli enterotoxigênica foi o segundo patógeno em freqüência, identificado em 12,1% das amostras. Entre os fenótipos pesquisados as cepas mais comuns foram as produtoras de toxina LT. Não houve identificação dos fatores de colonização em nenhuma amostra em que foi realizada a pesquisa. Associação de agentes ocorreu em 11,1% dos episódios. Escherichia coli enteropatogênica foi identificada em 7,0% dos episódios e cora freqüência semelhante identificou-se a Giardia lamblia. Bactérias do gênero Shigella sp foram identificadas em 5,2% das amostras e a espécie S. sonnei foi expressivamente mais comum. E. histolytica foi identificada era 2,0% dos episódios e adenovírus em 1,0%. EIEC e Cryptosporidium spp ocorreram, respectivamente, em 0,7 e em 0,3% dos casos. Não foram identificadas bactérias dos gêneros Campylobacter sp, Salmonella sp e Yersinia sp. Houve uma tendência de Escherichia coli de Shigella sp para ocorrerem em crianças acima dos 12 meses de idade. A presente investigação apresentou alguns aspectos que diferem da maioria das casuísticas nacionais entre eles: o predomínio da ETEC entre as bactérias, a menor ocorrência da EPEC e da Salmonella sp e a maior freqüência da S. sonnei em relação à S.flexneri

Abstract: Four hundred and ninety acute diarrheical episodes where studied during a period of one year, corresponding to 445 children that were examined, most of them as out-patients at the "Centro de Saúde Escola de Paulinia" and at the "Pronto Socorro" of the "Hospital Municipal de Paulinia". The clinical and epidemiological data from each patient were written on specific charts. Stools samples were taken on 288 episodes, from 282 children. The following enteropathogenic agents were seek: rotavirus, adenovirus, ETEC, EPEC, Shigella sp, Salmonella sp, Yersinia sp, Campylobacter sp, Giardia lamblia, Entamoeba histolytica, and Cryptosporidium spp. Positive identification occurred in 59,4% of the episodes, the Bacterial were the most frequent, followed by enteropathogenic viruses agents and finally enteroparasites. Bacterial agents were commonly seen in summer and the viral in the colder months of the year. The most frequent agent found was the rotavirus, that is among 13,5% of the episodes. The second agent in frequency was the E.coli enterotoxigenic, identified in 12,1% of the samples. Among the phenotypes studied, the commonest strains found belong to LT-only producers. None of the colonization factors studied, such as CFA/I, CFA/II and CFA/IV was detected in this research. E. coli enteropathogenic was identified in 7,0% and Giardia lamblia of the episodes. Shigella sp was identified in 5,2% of the samples and the strains of S.sonnei were more frequent than S.f1exneri. E. histolytica was identified in 2,0% of the episodes and adenovirus in 1,0%. EIEC and Cryptosporidium spp occurred in 0,7% and 0,3% of the cases. Campylobacter sp, Salmonella sp and Yersinia sp were not detected among the samples examined. E. coli enterotoxigenic and Shigella sp occurred more in children over 12 months old. This research showed some differences from most of the other studies carried out in Brazil, like the priority of ETEC among the bacteria, less occurrence of EPEC and Salmonella sp and greater frequency of S. sonnei over S. flexneri
Subject: Diarreia em crianças - Paulínia (SP)
Intestinos - Doenças
Pediatria
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1990
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lomazi_ElizeteAparecida_M.pdf2.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.