Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308781
Type: TESE
Title: O interjogo da vida e da morte no narcisismo : uma proposta de construção teorica sobre a psicose na obra freudiana
Author: Miranda, Lilian
Advisor: Kirschbaum, Debora Isane Ratner, 1961-
Abstract: Resumo: O objetivo deste trabalho é construir um quadro esclarecedor do modo de produção da psicose a partir dos percalços que a libido softe em sua trajetória pelo desenvolvimento psicossexual, tendo a psicanálise fteudiana como referencial teórico. A metodologia utilizada foi a da análise de conteúdo dos textos que continham os termos ligados ao conceito a ser estudado. Baseando-nos no pressuposto de que os sintomas psicóticos advêm de uma fixação no narcisismo primário, concluímos que a fusão das pulsões de vida e de morte e a constituição egóica através de processos de identificação na fase oral podem, mediante problemas no desenvolvimento psicossexual, manter um individuo ligado a primitivas figuras de identificação e impedido de fazer novos investimentos libidinais próprios da fase genital, o que lhes imprime uma constante sensação de ameaça e de morte em vida. As tentativas que o psicótico apresenta de fugir desse estado de morte e de se relacionar com a realidade externa são expressas sob as formas que conhecemos como sintomas, a exemplo dos delírios e dos quadros de agressividade. Embora Freud não tenha articulado um texto que compilasse, de modo lógico e linear, todas as suas formulações acerca da psicose, percebemos que há, ao longo de sua obra, a construção de uma proposta coerente sobre o funcionamento psicótico e alguns indícios, ainda que pouco aprofundados, da existência de possibilidadesde tratamento para esse quadro patológico
Abstratct: The goal of the present study is to build a framework based on Freudian psychoanalysis to understand the production mode of psychosis based on the troubles that the libido suffers during its psychosexual development. Methodology consisted of analysis of texts contents that contained the terms related to the concept studied. Based on the rationale that psychotic symptoms are the result of a fixation of primary narcissism, we conclude that the fusion of life and death pulses, as well as the egoic constitution through identification processes during the oral phase, might, due to problems of the psychosexual development, maintain the individual tied to primitive figures of identification and prevent him from making new libidinal investments proper of the genital phase, which causes him to feel a constant sensation of threat and death in life. The attempts made by the psychotic person to escape from that state of death and to relate with external reality are expressed in forms we know as symptoms, such as deliria and the pictures of aggressiveness. Although Freud did not articulate a text that compiles all his formulations on psychosis in a logical and linear fashion,we found, throughout his work, a construction of a coherent proposal on psychotic functioning and some indications, albeit not very elaborated, regarding possible ways of treatment of that pathological picture
Subject: Psicanálise
Saúde mental
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2004
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miranda_Lilian_M.pdf7.95 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.