Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308686
Type: TESE
Title: O brincar em grupos de crianças com alterações visuais
Title Alternative: Children with visual alterations at play
Author: Ruiz, Letícia Coelho, 1980-
Advisor: Batista, Cecilia Guarnieri, 1949-
Abstract: Resumo: O brincar tem sido abordado sob diversos aspectos e reconhecido como um indicador de desenvolvimento infantil. Alguns autores discutem o brincar em crianças com alterações no desenvolvimento, e sua contribuição para o desenvolvimento. Com base nesses estudos, esta pesquisa analisa questões referentes ao brincar em grupos de crianças na faixa etária de 5 a 8 anos, com diagnósticos de deficiência visual ou alteração visual. As crianças foram organizadas em dois grupos e o material foi coletado por meio de videogravações de oito sessões em cada um dos grupos e registros em diário de campo. A análise qualitativa de episódios propiciou a discussão sobre a interação dos participantes entre si, com os brinquedos e a atuação do adulto na relação com o grupo. Observou-se a organização de brincadeiras conjuntas e a elaboração de enredos de faz de conta, que se tornaram mais complexos e envolveram maior atividade conjunta entre as crianças ao longo das sessões. Considerou-se que o contexto de brincadeira relativamente livre propiciou o aparecimento de habilidades pouco relatadas nas entrevistas com as mães e nas descrições diagnósticas do serviço. Na análise dos resultados, foram descritos e discutidos incentivos e estratégias do pesquisador, de forma a propiciar essas brincadeiras e de superar os obstáculos identificados para a interação entre crianças com alterações visuais. A pesquisa traz subsídios para a intervenção educacional, especialmente no que se refere à situação de brincadeira em grupo, ao destacar seu papel para o processo de desenvolvimento

Abstract: Play has been approached in several ways and recognized as an indicator of child development. Some authors discuss the role of play among children with developmental alterations, and its contribution to development. Based on these studies, this research aims to discuss issues related to play (with focus on make-believe play) in groups of children aged 5-8 years, with diagnoses of visual impairment or visual alterations. The children were organized into two groups and the material was collected by means of video recordings of eight sessions in each group and entries in a field diary. Qualitative analysis of episodes led the discussion on the interaction among the participants themselves, with toys and adults action inside the group There was the organization of joint play and development of make-believe scenarios that have become more complex and involved greater joint activity among children throughout the sessions. It was considered that the context of relatively free play enabled the emergence of skills rarely described in interviews with the mothers and the descriptions of the diagnostic service. In analyzing the results, were described and discussed incentives and strategies of the researcher, in order to provide these games and to overcome identified obstacles to the interaction between children with visual impairment. The research provides grants to educational intervention, especially with regard to the situation of playing in groups, to highlight its role in the development process
Subject: Brincadeiras
Deficiência visual
Crianças - Desenvolvimento
Educação especial
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ruiz_LeticiaCoelho_M.pdf1.06 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.