Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308684
Type: TESE DIGITAL
Title: Narrativas orais de crianças com diagnóstico de deficiência intelectual e alterações de linguagem em contextos interativos : o papel do outro
Title Alternative: Oral narratives of children diagnosed with intellectual deficiency and language difficulties in interactive contexts : role oh the other
Author: Sales, Amanda de Cássia, 1989-
Advisor: Batista, Cecilia Guarnieri, 1949-
Abstract: Resumo: Ao se desenvolver linguisticamente, a criança constitui-se como sujeito da linguagem, a partir das interações sociais que geram diálogos entre interlocutores. A produção oral de uma narrativa ouvida pela criança vai além de um simples reconto de observações, pois inclui também elementos/vivências do sujeito. O presente estudo teve como objetivo descrever aspectos do funcionamento narrativo de crianças com diagnóstico de deficiência intelectual e alteração de linguagem em contextos interativos (pesquisadora/colegas), com ênfase na caracterização da produção de narrativas orais individuais e coletivas. Participaram da presente pesquisa três meninas na faixa etária de 7 a 12 anos, matriculadas na rede municipal de ensino e atendidas no setor de Fonoaudiologia de uma instituição. Foram realizadas três etapas, todas videogravadas, para obtenção dos resultados: Avaliação Inicial (individual ¿ reprodução de história), Intervenção (4 sessões em grupo) e Avaliação Final (individual ¿ reprodução de história). As sessões de intervenção abrangeram contação de histórias, organização de sequências de imagens, reprodução e criação de cenas e reconto coletivo de histórias. Com base nas informações obtidas a partir do exame dos prontuários e de anotações no diário de campo, elaborou-se a caracterização das participantes. As avaliações individuais abrangeram a análise de aspectos relacionados à maneira de narrar das participantes, bem como a caracterização das narrativas produzidas quanto à coesão, coerência, estrutura e modos de referência. Em relação à intervenção grupal buscou-se identificar possibilidades criadas pela pesquisadora e/ou parceiros do grupo na interlocução. Os resultados do estudo indicaram que, nas avaliações individuais, foi possível identificar aquisições e mudanças na qualidade das narrativas dos diferentes participantes. Nas sessões de intervenção, a análise do reconto coletivo de histórias permitiu identificar exemplos de construção coletiva de sentidos e significados. E, no que se refere aos modos de intervenção da pesquisadora, constatou-se a utilização de perguntas, pistas verbais, síntese de partes da história e uso de apoio visual, que favoreceram a organização das narrativas. Considerou-se que os processos observados ao longo do desenvolvimento do discurso narrativo foram os mesmos processos presentes em crianças sem alterações de linguagem, com diferenças relativas às questões cronológicas. Constatou-se, também, o uso de recursos paralinguísticos, gestuais e visuais, que contribuíram para a produção das narrativas orais. O estudo trouxe contribuições para a compreensão dos processos envolvidos na construção de narrativas, com ênfase nos modos de atuação do outro (adulto e parceiros) e na escolha de recursos apropriados (textos, imagens, atividades) para a elaboração de narrativas. Foram discutidas as decorrências desses achados para o trabalho do fonoaudiólogo

Abstract: In the process of linguistic development, the child is constituted as a subject of language, in social interactions and dialogues among partners. Oral production of a narrative heard the child goes beyond a simple retelling of observations, it also includes elements / experiences of the subject. In this sense, the present study aimed to describe aspects of the narrative function of children diagnosed with learning disabilities and language disorders in interactive contexts (researcher / colleagues), with emphasis on characterization of the production of individual and collective oral narratives. Three girls aged 7-12 years old, regularly enrolled in municipal school system and that participated of speech therapy sessions in an institution participated in this study. The study comprised three phases, all of them filmed:: Initial Assessment (individual ¿ story retelling), Intervention (4 group sessions) and Final Evaluation (individual - story retelling). The intervention sessions included storytelling, organization of sequences of images, reproduction and creation of scenes and collective stories recount. Based on the information obtained from the examination of records and notes in field diary, it was elaborated the characterization of participants. Individual assessments covered analysis of aspects related to the way of narrating the participants, as well as the characterization of the narratives produced, including cohesion, coherence, structure, reference methods and the use of images as support. The analysis of group intervention aimed at the identification of possibilities created by the researcher and / or partners in the dialogues. In the individual assessments, it was possible to identify acquisitions and changes in the quality of the narratives of the differents participants. In the intervention sessions, the analysis of collective story retelling allowed the identification of examples of collective construction of senses and meanings. Related to means of intervention, it was identified that the researcher used questions, verbal cues, synthesis of parts of the story, and visual resources, favoring the organization of narratives. The processes observed throughout the narrative discourse were the same processes present in the development of children without language impairments, only with differences related to the timing of its occurrence. It was observed the use of paralinguistic, gestural and visual resources, contributing to the production of oral narratives. The study brought about contributions to the understanding of the processes involved in the construction of narratives, emphasizing the modes of operation of the other (adult and partners) and the choice of appropriate resources (text, images, activities) for the elaboration of narratives. The implications for the speech therapist work were discussed
Subject: Linguagem
Desenvolvimento da linguagem
Transtornos da linguagem
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Sales_AmandadeCassia_M.pdf1.5 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.