Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308416
Type: TESE
Title: As lesões por esforços repetitivos-LER : um estudo dos prontuarios da reabilitação profissional
Author: Souza, Martha Coelho de
Advisor: Iguti, Aparecida Mari, 1955-
Abstract: Resumo: Esta dissertação de mestrado descreve o perfil sócio-profissional e as situações de trabalho de 69 casos de LER avaliados pelo Centro de Reabilitação Profissional - CRP no período de 1988 a 1995 de empregados de três indústrias eletro-eletrônicas de Campinas, em relação a faixa etária, escolaridade, funções e setores de trabalho, ano de admissão na empresa e do aparecimento dos primeiros sintomas, estadiamento da doença, ano do afastamento do trabalho e funções anteriores. Descreve também como diferentes empresas, com diferentes esquemas de produção, produzem seus casos de LER. O critério de escolha dos casos baseou-se nos dados por nós levantados junto à Previdência Social sobre Comunicações de Acidentes de Trabalho - CAT em Campinas. Os dados indicaram que o setor eletro-eletrônico é um dos setores com maior número de casos de LER registrados, e as três empresas escolhidas, as que apresentaram maior número de notificações da doença no ramo industrial. Os casos em sua maioria (89,68%) são do sexo feminino, de baixa escolaridade (62,32% com 1o grau incompleto), e muito jovens (53,62% na faixa etária de 21 a 35 anos de idade). Quanto à história laboral, a imensa maioria trabalhava em linhas de montagem com pouco tempo na atividade (42,11% com até dois anos de trabalho) e 33,33% apresentavam-se nos graus III e IV de estadiamento da doença. Nos relatos dos casos de LER pesquisados estão sempre presentes referência a atividades de movimentos repetitivos, posturas incômodas, ritmos intensos com alta exigência de produtividade e pressão por mais desempenho. As exigências laborais a que foram submetidos os casos pesquisados, quanto a intensidade do trabalho, horas extras e pausas foram consideradas pelos trabalhadores como grande fonte de conflitos e situações de pressão e estresse. Os momentos de maior concentração de queixas de aparecimento dos primeiros sintomas podem estar associados a momentos de intensificação do trabalho nas empresas para responder a pressões externas de mercado. Relações de trabalho arcaicas somaram-se aos novos métodos gerenciais propostos pela atual reestruturação produtiva. No período analisado as empresas introduziram novas tecnologias e principalmente novos métodos gerenciais, mas também combinaram pressão por produtividade com mecanismos de coação, como ameaça de desemprego. Sempre esteve presente nos relatos dos casos estudados de Lesões por Esforços Repetitivos a pressão por mais produtividade

Abstract: This study describes the social professional profile and the work situations of 69 Repetition Strain Injury - RSI cases. They were evaluated by Profissional Reabilitation Center (CRP) in the period between 1988 to 1995, in employees of three eletric eletronic industries in Campinas. The interelationships between a series of factors as: age, scholarship, work functions, work sectors, admission year, year of appearance of first symptoms, stage of illness, work removal year and earlier functions are studied. It also describes how different industries with different schemes cause their repetition strain injury cases. The choice of the cases is based in data we raised from the Social Previdence Communications of work-related accidents in Campinas in period between 1993 to 1995. The data indicated that the eletric eletronic sector is one that has one of the greatest number of Repetition Strain Injury registered and among the three chosen industries, those that presented greater number of notifications of illnesses in the industrial branch. Most of the cases (89,68%) were of female sex, with low level scholarship with incomplete elementary school (62,32%) and many youngsters (53,62% at age from 21 to 35 years old). As to labour history the greatest majority work at setting lines with few times of display (42,11% in a year) and a third part of the studied cases were in advanced stages of Repetition Strain injury (33,33% in III and IV degrees of illness stage. The work demands exigencies that were submitted the studied cases, considering the intensity of work, extra hours and breaks were considered as a great sowed of conflicts and stress situations bisides being responsible for the workers physical failing
Subject: Eficiência industrial
Saúde e trabalho
Doenças profissionais
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1998
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Souza_MarthaCoelhode_M.pdf3.65 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.