Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308410
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Estudo das bartoneloses humanas e Bartonella henselae : infecção experimental, microbiologia, microscopia de luz e eletronica de transmissão
Author: Velho, Paulo Eduardo Neves Ferreira, 1966-
Advisor: Moraes, Aparecida Machado de, 1958-
Abstract: Resumo: As bartoneloses humanas são um grupo de doenças cuja patogênese é pouco conhecida. A Bartonella henselae é uma das mais estudadas bactérias deste gênero. Ainda assim, pouco se sabe sobre sua virulência e sua relação com o hospedeiro. O objetivo deste estudo foi observar se passagens desses microorganismos in vivo determinariam alterações ultra-estruturais nas mesmas. Para isso foram selecionados camundongos isogênicos fêmeas, de 4 a 7 semanas de vida, que foram inoculados com cepa padrão de B. henselae (I). Estas foram recuperadas inicialmente de animais geneticamente imunodeficientes (II) e então inoculadas em imunocompetentes. Colônias de bactérias obtidas desta última passagem (III) foram comparadas com colônias I e II à microscopia eletrônica de transmissão. Perda de fímbrias e abundante formação de blebs foram as alterações morfológicas mais encontradas nas colônias III. Também, no sexto dia após as inoculações, os animais foram sacrificados e as principais alterações histológicas encontradas foram proliferação endotelial, observada nos animais imunodeficientes, e reação granulomatosa incipiente, observada em um dos camundongos imunocompetentes inoculados. Estes achados são concordantes com aqueles observados clínica e histologicamente nas doenças humanas causadas por bactérias deste gênero. São discutidos, também, outros achados ultra-estruturais e da microscopia de luz do fígado e do baço dos camundongos, além das observações bacteriológicas e do exame direto do sangue dos camundongos. Este estudo demonstrou que passagens in vivo da B. henselae induziram-na a alterações morfológicas. Estas alterações poderiam explicar a maior virulência das bactérias das colônias III, sugerida pelos resultados encontrados. A maioria destes achados não foi previamente descrita, assim, novos estudos sobre a patogênese da infecção pelas bartonelas deverão considerar as informações ora apresentadas
Subject: Doenças
Camundongo
Virulencia (Microbiologia)
Bacterias patogênicas
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2001
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Velho_PauloEduardoNevesFerreira_D.pdf2.39 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.