Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308392
Type: TESE
Title: Avaliação da pressão arterial e da excreção renal de sodio em animais espontaneamente hipertensos (SHR) submetidos a atividade fisica programada : participação dos receptores AT1R e AT2R da angiotensina II em rins
Title Alternative: Long-term exercise training attenuates arterial blood pressure responsiveness and modulates angiotensina II signal transduction and urinary sodium excretion in SHR
Author: Ciampone, Silmara, 1972-
Advisor: Gontijo, Jose Antonio Rocha, 1956-
Abstract: Resumo: A hipertensão arterial é um dos principais fatores de risco para a alta morbidade e mortalidade cardiovascular. A prevalência mundial é estimada em 1 bilhão de indivíduos. No Brasil estima-se que essa prevalência esteja entre 20 a 44% da população, sendo 17 milhões de brasileiros portadores da patologia, acarretando um custo anual de 11 bilhões de reais para o tratamento da hipertensão. Com isso, a importância de estratégias não medicamentosas para a prevenção da patologia tem sido amplamente discutida. Dentre as várias condutas não farmacológicas utilizadas, a prática regular de atividade física é reconhecida pela literatura mundial como uma das intervenções mais importantes de prevenção e tratamento da hipertensão arterial. Diante da problemática exposta, o objetivo deste trabalho foi averiguar os efeitos da atividade física programada, com diferentes intensidades e duração do treinamento, sobre a pressão arterial sistêmica, a filtração glomerular, a manipulação renal de sódio e a expressão de angiotensina II através de seus receptores AT1 e AT2 e de suas vias de sinalização: JAK 2, STAT3, ERK 1-2 e SOCS-3, em rins de ratos espontaneamente hipertensos (SHR) e Wistar Kyoto (WKY). Os ratos foram divididos em 2 grupos SHR e WKy e depois subdivididos em sedentários e exercício, aleatoriamente. Os animais tiveram livre acesso a água e a comida. A atividade física aeróbia crônica foi realizada através de um treinamento diário com sobrecarga progressiva. Os animais foram pesados diariamente durante todo o período experimental. A aferição da pressão arterial foi realizada ao final de cada semana, ao longo das 10 semanas de treinamento, em todos os grupos. O estudo da função renal dos animais foi feito nas 2a e 10a semana de treinamento que correspondeu a 8º e 16º semana de vida, respectivamente. Os resultados mostraram que o exercício físico aeróbio promoveu significativa atenuação da pressão arterial em animais hipertensos (p < 0, 0001). Essa relevante resposta pressórica nos animais treinados pode estar relacionada à menor expressão renal dos receptores AT1 e sua subseqüente via de sinalização. Uma das hipóteses para esse acontecimento é a menor ativação da via JAK-2 apresentada por esses animais quando comparados ao grupo sedentário. A modificação do receptor e da resposta intracelular de sinalização do sistema renina-angiotensina pode ter ocasionado aumento significativo da fração de excreção de sódio (FE Na%), principalmente, nos segmentos distais do nefro. Este aumento na excreção tubular de sódio, prioritariamente no segmento espesso da alça de Henle, promoveu também maior excreção urinária de potássio. Concomitantemente, houve aumento das vias de sinalização STAT-3, ERK-1-2 e SOCS-3 nos animais hipertensos treinados. Os animais WKy não apresentaram modificações significativas nos parâmetros de massa corporal total e pressão arterial, além de não ocorrer significativas modificações na função renal e nas vias de sinalização como resposta ao treinamento crônico. Esses resultados mostraram que a atividade física aeróbia crônica promoveu positivas modificações nas respostas intracelulares em animais com níveis iniciais altos de pressão arterial.

Abstract: Progressive exercise training should be considered a valuable therapeutic choice in cardiovascular disease including arterial hypertension. Original observations, regarding the effects of long-term exercise training on blood pressure, renal sodium handling and renal renin-angiotensin-aldosterone (RAS) intracellular pathways in Okamoto-Aoki rats compared with appropriate age-matched WKy control subjects, arise from this study. The current study confirms that the initial body weight was slightly but significantly lowers in SHR and that SHR grew less rapidly over the observation period, and significant differences were observed after the age of 8 weeks only between TWKy and SWKy subgroups. As shown in Figure 1, tail arterial pressure (in mmHg) in SSHR was higher than in TSHR from 6 to 16 weeks of age. No significant difference of the blood pressure levels was observed at same period of time to SWKy and TWKy. Also, the continuous increased blood pressure in SHR was blunted and significantly reduced by long-term swim training exercise over a 6-wk period (between the age of 6-wk and 16-wk old). The novelty of the present investigation shows, at first time, a pronounced increase in fractional urinary sodium excretion in TSHR rats compared with SSHR age-matched group. The enhanced FENa and FEK at 16-wk-old TSHR was accompanied by an increase in FEPPNa and occurred despite significant decreased CCr, consequently fall in the sodium filtered load, and unchanged FEPNa. Furthermore, the immunoblotting analysis in the current study also unprecedentedly demonstrates a decreased expression of AT1R and signaling protein expression in the entire kidney of TSHR rats, compared to that observed in SSHR. Conversely, the expression of the AT2R in both, sedentary or training SHR and, signaling proteins in 16-wk-old TWKy compared with the SWKy age-matched group were unchanged. The present study might indicate that, also in the kidney, long-term exercise exerts a modulator effect on AngII receptor expression. Although the precise mechanism responsible for the subsequentlyenhanced sodium excretion response in TSHR rats is still unclear, the current data suggest that changes in renal functions are conducive to reduction hydroelectrolyte tubule reabsorption, and that this might attenuate the established adult hypertension. In fact, it is plausible to suppose that the present study supports the association of increasing natriuresis, reciprocal changes in renal AngII receptors and intracellular pathway protein with the fall of blood pressure levels found in TSHR compared with age-matched SSHR rats.
Subject: Exercícios físicos
Sistema renina-angiotensina
Pressão arterial
Natriurese
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2009
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ciampone_Silmara_M.pdf1.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.