Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308378
Type: TESE
Title: Eletrocauterização bipolar da mucosa de Barret apos cirurgia anti-refluxo
Author: Montes, Ciro Garcia, 1963-
Advisor: Magalhães, Antonio Frederico Novaes de, 1939-
Abstract: Resumo: Introdução: O tratamento da mucosa de Barrett permanece controverso. A importância de tentar reverter o epitélio de Barrett é que teoricamente poderia prevenir o aparecimento da displasia e do câncer. Tanto o tratamento clínico como a cirurgia anti-refluxo não mostram evidências de regressão do epitélio de Barrett ou parada de progressão da displasia até o adenocarcinoma. o objetivo deste estudo foi avaliar a eletrocauterização bipolar da mucosa de Barrett, após a correção cirúrgica do refluxo gastroesofágico. Métodos: O grupo se constituiu de 14 pacientes com mucosa de Barrett, sem displasia (11 do sexo masculino e 3 do sexo feminino). A média de idade foi de 45,6 anos (13 - 65 anos). Todos os pacientes foram submetidos previamente à cirurgia anti-refluxo pelo método laparoscópico e, na ausência de sintomas e com a válvula anti-refluxo bem configurada na manobra da retrovisão, iniciou-se a ablação da mucosa de Barrett com o BICAP (BICAPII, Circon-ACMI, Stanford, CT, USA). A eletrocauterização da mucosa foi realizada até o aparecimento de coágulo esbranquiçado. As endoscopias foram realizadas em intervalos de quatro semanas até toda a, mucosa de Barrett ser eletrocauterizada. Após a reepitelização da área eletrocoagulada, realizaram-se biópsias seriadas para avaliar o tipo de epitélio e a presença de células caliciformes. Resultados: O comprimento do esôfago de Barrett variou entre 3 e 8 centímetros (média de "4,8). Houve em todos os 14 pacientes estudados, a eliminação visual da mucosa de Barrett e as biópsias mostraram epitélio do tipo escamoso, não tendo sido encontrado focos residuais de metaplasia intestinal. Conseguiu-se a substituição progressiva do epitélio de Barrett por epitélio escamoso, em menos de quatro sessões, em média, e alguns pacientes já estão há mais de dois anos com este novo epitélio. Todos os pacientes estão assintomáticos e não houve complicações importantes do procedimento endoscópico. Dois pacientes apresentaram odinofagia e um, disfagia, sendo ambas de modo transitório. Conclusão: A eletrocauterização bipolar da mucosa de Barrett após a cirurgia anti-refluxo promove a regressão do epitélio de Barrett, com poucas complicações. Estudos com seguimento de longo prazo são necessários para determinar se a regressão será mantida, e se afetará o aparecimento de câncer

Abstract: Background: The management of Barretl's esophagus requires reduction of gastric acid secretion and screening for the development of adenocarcinoma. However, the current therapeutic options are inneffective in reducing the Barrett's mucosa. The aim of this study was to evaluate the effectiveness of endoscopic thermal coagulation of the Barretl's mucosa as an alternative therapeutic approach, and the recurrence of the disease in the long-term. Methods: Fourteen patients (11M:3F, mean age 45.7 years) with Barretl's .esophagus participated in the study. They were subjected to laparoscopic fundoplication for.the treatment ofreflux, being symptom-free and with no defective fundoplication wraps prior to beginning therapeutic endoscopy. Endoscopic thermocoagulation was performed using a flexible videoendoscope and a BICAP probe. Mucosal areas were treated once monthly until the Barretl's mucosa disappeared. Endoscopy was performed one and seven months folIowing completion of the treatment and once a year thereafter. Results: Mean folIow-~p was 21.6 months (range 18-30 months). The mean length of Barretl's esophagus was 4.8 cm. Successful ablation ofthe columnar epithelium was achieved in 3.7 sessions, as defmed by the demonstration of normal squamous epithelium on histological examination of samples colIected folIowing completion ofthe treatment1md on folIow-up. Three patients experienced short term (10 days) odynophagia/dysphagia. AlI patients remained symptom-free with no evidence of Barrett's esophagus at the end of the study. Conclusions: Bipolar electrocoagulation folIowing antireflux surgery is effective in promoting regression of Barretl's esophagus, with few complications. Endoscopic thermal coagulation might reduce the risks for adenocarcinoma in these patients
Subject: Endoscopia
Esôfago
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1999
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Montes_CiroGarcia_D.pdf4.22 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.