Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308335
Type: TESE
Title: Analise de correspondencia entre fatores socioeconomicos e antropometria em conscritos do exercito brasileiro
Author: Brandão, Sidney Aparecido
Advisor: Barros Filho, Antonio de Azevedo, 1947-
Filho, Antonio de Azevedo Barros
Abstract: Resumo: A relação de fatores socioeconômicos com as manifestações antropométricas tem sido relatada por muitos autores. Entender se as eventuais relações observadas entre as variáveis estudadas são próprias delas mesmas ou influências de terceiras é uma questão interessante sobre os determinantes sociais e os antropométricos. Com o objetivo de buscar uma análise que descreva a correspondência entre os achados físicos e os fatores sociais estudados utilizou-se um teste estatístico que avalia especificamente estas correlações. Este teste é a Análise de Correspondência Múltipla (ACM) que é uma técnica de análise exploratória, que permite resumir a maior parte das informações que oferecem as variáveis qualitativas em uma série de fatores quantitativos e explicar graficamente como se relacionam entre si certas categorias das variáveis. Além da ACM foram realizadas Análises de Variância para avaliar as tendências das medidas no tempo. Para este estudo foram usados dados de recrutamento de 429204 homens alistados no Exército Brasileiro entre os anos de 1990 e 2000. Todos moradores do estado de São Paulo, na região sudeste do Brasil, de quem foram medidas a estatura (cm), o peso (Kg), o perímetro cefálico (cm), o pé (tamanho do calçado) e o índice de massa corporal ¿ IMC (kg/m²). Os fatores sociais estudados foram a região de moradia (rural ou urbana), a região geográfica de nascimento no país, a ocupação referida na conscrição e o grau de escolaridade. Foram observadas relações entre conscritos nascidos na região mais empobrecida do país com profissões não especializadas, baixa escolaridade, moradores da zona rural, com estaturas menores, peso, tamanho de pé, perímetro cefálico, e IMC também menores. Em outro pólo encontramos, correspondendo aos estudantes, que não trabalham, vindos da região de maior desenvolvimento e de maior escolaridade, com maiores estaturas, maiores perímetros cefálicos, tamanho de pé, peso e IMC. Foi encontrado tendência secular positiva para a estatura (3cm), para o peso (1,2Kg) e não foi encontrada tendência para o IMC, PC e tamanho de Pé. Com esta análise foi possível demonstrar, graficamente, a correlação dos dados sociais com o desenvolvimento das medidas dos conscritos, e assim associar melhores respostas físicas às melhores condições sociais

Abstract: The relation of socioeconomic factors with the anthropometric manifestations has been referred by many authors. To understand if the relation observed between the studied variable are proper of same them or social determinative influences of third are a natural question to understand the anthropometric manifestations. With the objective to search an analysis that describes the correspondence between the physical findings and the studied social factors a statistical test was used that evaluates these correlations specifically. This test is the Correspondence Analysis that is one technique of exploratory analysis that allows to summarize most of the information that they offer the qualitative variable in a series of quantitative factors and to explain as if they relate between itself certain categories of the variables. For this study have been used data of conscription of 429204 men enrolled in the Brazilian Army between the years of 1990 and 2000. All inhabitants of the state of Sao Paulo, in the Southeastern region of Brazil, of whom had been measured the stature (cm), the weight (kg), the head circumference (cm), the size of foot and the body mass index BMI (kg/m²). The studied social factors has been the region of housing (agricultural or urban), the geographic region of birth in the country, the occupation referred in recruitment and the schooling degree. Relations between conscripts born in the poorer region of the country with non specialized professions have been observed, low schooling degree, inhabitants of the agricultural zone, with lesser statures, weight, size of foot, head circumference, and BMI also lesser. In another polar region we find corresponding to the students who do not work, come of the region of higher development and higher schooling degree, with higher statures, greater head circumference, size of foot, weight and BMI. With this analysis it was possible to demonstrate the statistic correlation of the social data with the development of the measures of the conscripts, and thus to associate better physical answers to the better social condition
Subject: Adolescentes
Adolescentes - Crescimento
Escolaridade
Obesidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2003
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Brandao_SidneyAparecido_D.pdf2.84 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.