Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308301
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Inadequação do consumo de cálcio e sódio em adolescentes : estudo de base populacional no município de Campinas, São Paulo, Brasil
Title Alternative: Inadequate consumption of calcium and sodium in adolescentes : population-based study of Campinas, São Paulo, Brazil
Author: Dias, Marcia Regina Messaggi Gomes, 1976-
Advisor: Barros Filho, Antonio de Azevedo, 1947-
Abstract: Resumo: O cálcio tem um papel importante no desenvolvimento e na manutenção do pico de massa óssea durante a adolescência. Sua ingestão adequada é essencial para o crescimento e desenvolvimento normal do esqueleto e dos dentes e para a mineralização. O excesso de cloreto de sódio na alimentação está relacionado à hipertensão arterial e doenças cardiovasculares, sendo estas, entre as primeiras causas de morte na população adulta brasileira. O objetivo deste estudo foi avaliar o consumo de Cálcio e Sódio em adolescentes de 10 a 19 anos de idade, segundo variáveis socioeconômicas, demográficas e comportamentos relacionados à saúde. Os dados foram obtidos do "Inquérito de Saúde no Município de Campinas", uma pesquisa de base populacional. O estudo analisa 924 adolescentes, de ambos os sexos, sendo a população obtida por amostra estratificada e por conglomerados. O recordatório alimentar de 24h proveu as informações necessárias para avaliar o consumo de cálcio e sódio. Utilizou-se a regressão de Poisson para avaliar a associação entre a média da ingestão de cálcio e as variáveis independentes. Utilizou-se a regressão linear para avaliar a associação entre o 4º quartil da distribuição da ingestão de sódio em relação ao 1º quartil da distribuição deste nutriente e as variáveis independentes. Os principais achados foram: Encontrou uma média de ingestão de cálcio significativamente inferior nos adolescentes do sexo feminino, nos que apresentavam menor nível de escolaridade e renda familiar. Identificou-se menor ingestão de cálcio entre os adolescentes que relataram presença de dor de cabeça/enxaqueca e tontura, que consumiam frutas e leite com menor frequência, que eram fumantes e que foram classificados com sobrepeso pelo IMC. Uma prevalência de ingestão de sódio inadequada significativamente superior nos adolescentes do sexo masculino, nos que relataram que possuíam até 5 números de equipamentos no domicílio, possuíam barraco/cômodo como caracterização do domicílio e os adolescentes que trabalhavam. O maior consumo de sódio estava entre os adolescentes que relataram consumo de refrigerantes 7 vezes na semana, 1 a 4 vezes na semana consumo de bebidas alcoólicas, utilizavam computador 1 a 2 horas ao dia, faziam algo para emagrecer e aqueles que tinham como refresco a bebida de predição. Revelaram uma diferença na ingestão de cálcio e sódio de acordo com as variáveis socioeconômicas, apontando uma necessidade de atenção aos segmentos socialmente vulneráveis e sinalizando a relevância de orientação global. Reforçam a importância de uma alimentação saudável na adolescência, a fim de garantir quantidade adequada de ingestão de cálcio, contribuindo para a boa formação do tecido ósseo

Abstract: Calcium plays an important role in the development and maintenance of peak bone mass in adolescence. Its intake is essential for normal growth and development of the skeleton and teeth and for the mineralization. The excess sodium chloride in food is related to hypertension and cardiovascular diseases, which are among the leading causes of death in the adult Brazilian population. The aim of this study was to evaluate the intake of calcium and sodium in adolescents aged 10 to 19 years old, according to socioeconomic, demographic and health-related behaviors. The data obtained from the "Health Inquiry of Campinas ", a population-based survey. The study analyzed 924 adolescents of both sexes were obtained by the population sample stratified by conglomerates. The 24-hour dietary recall provided the information necessary to evaluate the intake of calcium. We used Poisson regression to evaluate the association between the average calcium intake and the independent variables. We used linear regression to evaluate the association between the 4th quartile of the distribution of sodium intake compared to the 1st quartile of the distribution of this nutrient and independent variables. The main findings were an average calcium intake significantly lower in female adolescents, in those with lower education level and family income. Furthermore, we found lower calcium intake among adolescents who reported the presence of headache / migraine and dizziness that consuming fruits and milk less frequently than were smokers and who were classified as overweight by BMI. The prevalence of inadequate sodium intake significantly higher in male adolescents, in which reported that they had up to 5 numbers of equipment at home, possess shack / room as characterization of domicile and adolescents working. Furthermore, we found a higher prevalence of lower sodium intake among adolescents who reported consumption of soft drinks 7 days a week, 1-4 times a week consumption of alcoholic beverages, used computer 1-2 hours a day, did something to lose weight and those which had the refreshment beverage prediction. The findings revealed a difference in calcium and sodium intake according to socioeconomic variables, pointing to a need for attention to socially vulnerable segments and signaling the importance of global orientation. Reinforce the importance of healthy eating in adolescence, to ensure adequate calcium intake, contributing to the smooth formation of bone tissue
Subject: Cálcio
Sódio
Alimentos - Consumo
Adolescentes
Alimentação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Dias_MarciaReginaMessaggiGomes_D.pdf3.75 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.