Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308300
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação da massa óssea de adolescentes atletas do sexo feminino utilizando o ultrassom quantitativo de falanges
Title Alternative: Bone mass evaluation in female adolescent athletes using quantitative ultrasound of phalanges
Author: Krahenbühl, Tathyane, 1985-
Advisor: Barros Filho, Antonio de Azevedo, 1947-
Abstract: Resumo: Objetivos: Analisar quais os principais fatores que influenciam a massa óssea de crianças e adolescentes avaliada pelo ultrassom quantitativo de falanges, e avaliar a massa óssea de adolescentes do sexo feminino, envolvidas em esportes com e sem sobrecarga corporal, utilizando o ultrassom quantitativo de falanges para verificar a influência da prática esportiva no tecido ósseo. Métodos: Este trabalho foi escrito no método alternativo, onde consiste de uma introdução, um artigo de revisão sobre o tema e um artigo original com os dados da pesquisa. No primeiro capítulo foi realizada uma revisão sistemática da literatura utilizando como referência as normas propostas pelo PRISMA (Preferred Reporting Items for Systematic reviews and Meta-Analyses). No segundo capítulo foi realizado um estudo transversal, no qual 192 adolescentes do sexo feminino divididas em três grupos: atletas de handebol (n=67), atletas de natação (n=62) e grupo controle (n=63) foram avaliadas pelo ultrassom quantitativo de falanges para avaliar a massa óssea através dos parâmetros AD-SoS e BTT, além de avaliados as variáveis de peso, altura, IMC e estádios de Tanner. Resultados: No primeiro capítulo foram incluídos 21 artigos na revisão sistemática, que apresentaram valores superiores de AD-SoS para as meninas em relação aos meninos durante o desenvolvimento fisiológico puberal. Os valores dos parâmetros do QUS de falanges aumentavam com o incremento do estágio maturacional. Variáveis antropométricas como idade, peso, altura, índice de massa corporal (IMC), massa magra demonstraram correlações positivas com os valores do QUS de falanges. A atividade física também demonstrou estar positivamente relacionada com o aumento da massa óssea. No segundo capítulo foram encontrados valores superiores de AD-SoS para as nadadoras em relação ao grupo controle, os dois grupos de atletas apresentaram valores superiores de BTT em relação ao grupo controle. Também foram encontrados valores superiores de AD-SoS para as atletas quando comparados os grupos pelos estádios de Tanner. Não houve diferença estatística entre os grupos de atletas e os parâmetros ósseos. Considerações finais: Na revisão da literatura os parâmetros AD-SoS e BTT como indicadores de massa óssea em crianças e adolescentes saudáveis demonstraram ser influenciados por variáveis como idade, altura, peso e desenvolvimento puberal, além de que o QUS de falanges demonstrou ser indicado para avaliar a massa óssea em populações pediátricas, podendo ser útil na identificação precoce de doenças osteogênicas. No estudo transversal foi possível observar que os parâmetros ósseos do QUS de falanges tem correlação com as variáveis de desenvolvimento maturacional, entretanto a atividade física frequente e programada exerce influencia positiva na massa óssea, sendo que a ação está mais associada com o tempo de prática e a frequência semanal de treinamento do que com as características das modalidades, seja com ou sem sobrecarga corporal

Abstract: Objectives: To analyze the main factors that influence bone mass in children and adolescents assessed by quantitative ultrasound of the phalanges, and to evaluate bone mass in female adolescents involved in sports with and without body burden using quantitative ultrasound of the phalanges to verify the influence of sports practice in the bone tissue. Methods: This dissertation was written in the alternative method, which consists of an introduction, a review article on the topic and a original article with the survey data. In the first chapter a systematic literature review using as reference the standards proposed by the PRISMA was performed. In the second chapter a cross-sectional study in which 192 female adolescents divided into three groups was performed: handball players (n=67), swimmers (n=62) and control group (n=63) were evaluated by ultrasonography quantitative phalanges to assess bone mass through the AD-SoS and BTT parameters, and evaluated the variables weight, height, BMI and Tanner Stage. Results: In the first chapter 21 articles was included in the systematic review, this articles showed higher values of AD-SoS for girls than boys during the pubertal development. The values of the parameters of QUS of phalanx increased with the increase of the maturational stage. Anthropometric variables such as age, weight, height, body mass index (BMI) and lean mass showed positive correlations with the values of QUS of the phalanges. Physical activity has also been shown to be positively associated with increased bone mass. In the second chapter, swimmers showed higher values of AD-SoS compared with the control group, the two groups of athletes had higher values of BTT compared to the control group. Higher values of AD-SoS for athletes were also found when comparing the groups by Tanner Stage. There was no statistical difference between the groups of athletes and bone parameters. Conclusions: In the literature review the AD-SoS and BTT parameters as indicators of bone mass in healthy children and adolescents. These parameters were influenced by variables such as age, height, weight and pubertal development, and that QUS of phalanx proved to be suitable for measuring bone mass in pediatric populations, and may be useful in early diagnosis of osteogenic diseases. In cross-sectional study we observed that bone parameters of the QUS phalanges correlates with variables of maturational development, however frequent and scheduled physical activity exerts a positive influence on bone mass, and the action is more associated with the practice time and weekly frequency of training than with the characteristics of modalities, either with or without body weight-bearing
Subject: Densidade óssea
Esportes
Ultrassonografia
Mulheres
Adolescentes
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2014
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Krahenbuhl_Tathyane_M.pdf1.19 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.