Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308279
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: Avaliação do estado nutricional de crianças de seis a sessenta meses participantes de um programa de atenção precoce a saude
Title Alternative: Evaluation of the nutritional status of children aged 6 to 60 months enrolled in a health early care program
Author: Scarpari, Catia Elvira Ortiz
Advisor: Moraes, Antonio Bento Alves de, 1941-
Abstract: Resumo: A avaliação do processo de crescimento físico constitui um dos indicadores para a análise da saúde e dos riscos nutricionais de indivíduos e grupos. O objetivo deste estudo foi investigar o estado nutricional de crianças participantes de um programa de atenção precoce à saúde. Realizou-se um levantamento de corte transversal com 487 crianças de seis a sessenta meses de idade. Para a avaliação do estado nutricional, utilizou-se o percentií de peso/estatura, considerando-se desnutrido quando percentií foi menor ou igual a 5 e obeso, quando o percentií foi maior ou igual a 95. Aplicou-se um questionário especifico a fim de investigar associação, por meio de regressão logística multivariada, do estado nutricional com características da família e da criança. Este estudo, também, avaliou os indicadores de crescimento (peso/idade, estatura/idade e peso/estatura) por meio do z-escore, considerando-se desnutrição, para todos os índices, quando o z-escore mostrou-se com dois desvios abaixo da mediana referência (z-escore < -2). A média de z-escore dos indicadores de crescimento foi avaliada segundo o tempo de amamentação e idade, e a variabilidade do z-escore para estes índices, na população, foi investigada entre um conjunto de variáveis, por meio da análise de regressão linear múltipla. Este estudo utilizou a referência do Ceniersfor Disease Control and Prevention (CDC-2000) e a análise estatística foi realizada com nível de significância de 5%. Observou-se baixa prevalência de desnutrição na população, no entanto, alta prevalência de baixo peso entre as crianças menores de 12 meses. As crianças com idade inferior a 24 meses, apresentaram 5,1% de obesidade (percentií peso/estatura > 95), e entre as acima desta idade, 11,7% estavam obesas. A obesidade se mostrou crescente com a idade, sendo que as crianças da faixa etária superior a 24 meses tiveram mais chances de apresentarem este quadro, havendo diferença estatística para o estado nutricional entre a faixa etária inferior e superior a 24 meses. Este estudo, ainda, observou que as crianças abaixo de 24 meses, apresentaram as maiores médias de desvio (z-escore), abaixo da mediana referência (CDC-2000), para o índice peso/idade. Com o maior tempo de amamentação observou-se diminuição nos desvios acima da mediana referência, para as médias do z-escore dos índices peso/idade e estatura/idade. O tempo de amamentação mostrou ser uma variável pouco explicativa para a variabilidade no z-escore dos índices de peso/idade, peso/estatura e estatura/idade. O elevado índice de obesidade entre as crianças com idade superior a 24 meses sugere a necessidade de intervenção precoce interdisciplinar, com vista à aquisição e manutenção de comportamentos de saúde, essenciais à maior qualidade de vida dos indivíduos

Abstract: The evaluation process of physical growth is an indicator for the analysis of health and nutritional risks of individuals and/or groups. The aim of this study was to investigate the nutritional status of children participating in a health early intervention care program. This cross-sectional study included 487 children, aged 6-60 months. Nutritional status evaluation was based on weight/height percentile, according to the Centers for Disease Control and Prevention (2000) growth reference. The malnutrition was defined as below the 5th percentile and obesity was defined as at or above the 95th percentile. A specific questionnaire was used to assess variables associated with the nutritional status of the individuals, using multivariate logistic regression analysis. This study evaluated children's z-score of the growth indicators (weight/age, height/age and weight/height) and the malnutrition was defined as two standard deviation below median reference population. Z-score mean values concerning age and length of breastfeeding were obtained using the analysis of variance method (ANOVA). Linear regression analysis was used to assess the effect of some variables on z-score different values observed in the present study. A low prevalence of deficit was observed for the population studied and high prevalence of underweight among children younger than 12 months. Considering the individuals younger than 24 months, 5.1% were obese and concerning those aged 24 months or older, 11.7% were also obese. Obesity level was observed to increase with age and was prevalent among children aged 24 months. Statistical difference was observed for nutritional status among children younger or older than 24 months of age. Children younger than 24 months showed the highest deviation mean values, below median reference, considering the weight/age index. A decrease in the median reference deviation concerning breastfeeding length was observed, considering means of z-score obtained for weight/age and height/age indexes. The high values observed for obesity among the children aged 24 months or older suggest that an early interdisciplinary intervention, focusing on the acquisition and maintenance of health behavior, is needed to provide the population with a better quality of life
Subject: Antropometria
Estado nutricional
Crescimento
Obesidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Scarpari_CatiaElviraOrtiz_M.pdf2.36 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.