Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308216
Type: DISSERTAÇÃO
Degree Level: Mestrado
Title: A gestação na mulher de 40 anos ou mais : e apenas a idade responsavel pelo maior risco materno e perinatal
Author: Cecatti, José Guilherme, 1957-
Advisor: Faúndes, Anibal, 1931-
Abstract: Resumo: Existe, na literatura médica., consenso de que a gravidez, a partir dos 40 anos, associa-se à maior incidência de diversas complicações maternas e perinatais. Não existe, entretanto, uma clara distinção entre o efeito direto da idade e outras variáveis independentes que afetam os resultados da gravidez e que são mais freqüentes em mulheres acima de 40 anos. Com o objetivo de estudar a possível interferência de outras variáveis, seguiram-se três procedimentos: pareamento por paridade; exclusão de grávidas com antecedentes de hipertensão arterial e com diabetes atual; e análise multivariada por regressão logística, incluindo todas as variáveis conhecidas que pudessem confundir a associação entre idade da mãe e complicações maternas e perinatais. Compararam-se os resultados maternos e perinatais de um grupo de 494 gestantes de 40 anos ou mais, com os de outro grupo de 988 gestantes com idade de 20 a 29 anos. Após excluída a influência da paridade, diabetes e antecedente de hipertensão arterial, as gestantes idosas tiveram uma freqüência significativamente maior de parto cesárea, apresentações anômalas e hipertensão arterial. Quanto aos resultados perinatais, foi significativamente mais alta a incidência de índice de Apgar baixo, mortalidade perinatal, natimortalidade, sofrimento fetal intra-parto e de recém nascidos GIG. Na análise multivariada, manteve-se a associação entre idade acima de 40 anos e parto cesárea, apresentação anômala, hipertensão arterial, hemorragia no puerpério, Apgar baixo, morte perinatal, natimortalidade e sofrimento fetal intra-parto

Abstract: A close correlation between pregnancy over 40 and several maternal and perinatal complications is generally accepted. The literature is unclear in separating the direct effect of age from other independent variables that affect pregnancy outcome and are more frequent in women over 40. In order to access the possible influence of other variables three procedures were followed: paring by parity; the exclusion of women with a history of hypertension or with diabetes; and the multivaried analysis by logistic regression, including all known variables that could confound the association between the mothers' age and maternal or perinatal complications. Maternal and perinatal results among a group of 494 women over 40 were compared to those in a group, of 988 pregnant women 20 to 29 years old to determine the association between age and pregnancy outcome. Results showed that, when eliminating the influences of parity, diabetes and history of hypertension, older women had a significantly higher occurrence of hypertension, abnormal presentations, c-sections and postpartum hemorrhage. As to peril1atal outcome, they had higher incidence of low Apgar scores, perinatal mortality, stillbirths, intrapartum fetal distress and LGA newborns
Subject: Parto (Obstetricia)
Gravidez - Complicações
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1991
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Cecatti_JoseGuilherme_M.pdf2.32 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.