Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308186
Type: TESE
Title: Estudo de monitoramento ocupacional em campo para avaliação da exposição dérmica de trabalhadores rurais a praguicidas : análise crítica de metodologia e aplicabilidade
Title Alternative: Occupational monitoring study for dermal exposure assessment of rural workers to pesticides : critical analysis of methodology and applicability
Author: Selmi, Giuliana da Fontoura Rodrigues, 1976
Advisor: Trape, Angelo Zanaga, 1952-
Abstract: Resumo: Dentre os inúmeros produtos químicos atualmente existentes, podemos citar os praguicidas, produtos largamente utilizados na agricultura e que apresentam um significante potencial de exposição, especialmente de trabalhadores rurais, que tem o manuseio desses produtos como função rotineira. Neste contexto é importante ressaltar a necessidade de ações de prevenção de agravos à saúde do trabalhador, assim como avaliar as margens de segurança durante o preparo, o carregamento e a aplicação de praguicidas. Estas ações podem ser viabilizadas através da realização do processo de avaliação do risco, processo amplamente utilizado e que possibilita estimar o risco de determinado produto frente a condições específicas de exposição, contribuindo para a geração de informações que conduzem à adequada tomada de decisões regulatórias e que visam à proteção da saúde humana. A avaliação do risco é composta pelas etapas de identificação do perigo, avaliação dose-resposta, avaliação da exposição e caracterização do risco, sendo que este projeto trata especificamente da etapa de avaliação da exposição, na qual é realizada a estimativa ou quantificação de uma substância frente a um cenário específico de exposição. A exposição pode ser estimada através dos modelos preditivos ou através da condução dos estudos de monitoramento ocupacional em campo. Para este último, os protocolos internacionais que orientam sua condução propõem a utilização de diferentes metodologias, não havendo uma padronização na condução do estudo em campo, sendo esta, portanto, uma das principais limitações relacionadas ao processo de estimativa da exposição dérmica. Assim, o objetivo desse trabalho foi realizar uma avaliação das etapas que compõem um estudo em campo, proporcionando como resultado final a elaboração de um guia que contempla as principais etapas e orientações para a adequada condução deste tipo de estudo. Este trabalho foi desenvolvido através da análise de três estudos de campo atual e conduzido no Brasil, assim como na análise dos protocolos internacionais que tratam do assunto, da EPA e da OECD. Além da elaboração do guia, concluiu-se que, o método do corpo total é a metodologia de dosimetria passiva mais adequada para a quantificação da exposição dérmica de trabalhadores rurais. Para as demais partes do corpo, sugere-se a utilização de luvas impermeáveis e lavagem das mãos como dosímetros externos e internos das mãos, touca árabe para a região da cabeça, limpeza com água e sabão para a face e pescoço e a amostragem das meias para a quantificação da exposição dos pés. Espera-se que o guia proposto evidencie a necessidade de ações que contribuam para o desenvolvimento de uma metodologia única de quantificação da exposição dérmica

Abstract: Pesticides are amongst the most widely used chemical products currently available on the market. Their use in agriculture can present a significant exposure risk, especially to the rural workers whose daily routines involve constant exposure to these substances. It is therefore vital to try to minimize any potentially detrimental impacts on the health of the personnel involved, as well as to determine the levels of safety during the preparation, loading, and application of pesticides. Risk assessment analysis is a procedure that is widely used to estimate the risk of a given substance under specified exposure conditions, generating information that can be used in regulatory mechanisms designed to protect human health. The risk assessment comprises several stages: hazard identification, dose-response assessment, exposure assessment and risk characterization. The present work concerns the exposure stage, and considers the estimation or quantification of exposure to a substance under defined circumstances. Exposure can be estimated either using predictive models or by occupational monitoring in the field. In the latter case, different international protocols have been proposed, without any standardization of the procedures to be followed in field studies; this is one of the main limitations in relation to estimates of dermal exposure. The objective of the present work was therefore to evaluate the different stages of a field study, in order to produce a guide outlining the procedures to be followed in this type of investigation. To this end, three recent field studies undertaken in Brazil were used, together with an analysis of the relevant international USEPA and OECD protocols. In addition to the guide, it was concluded that the whole body approach was the most suitable passive dosimetry technique for quantification of the dermal exposure of rural workers. For specific parts of the body, the use of impermeable gloves and hand washing are proposed as external and internal dosimeters for the hands, an arab cap for the head region, washing with soap and water for the face and neck, and sampling of the socks for quantification of exposure of the feet. It is hoped that the proposed guide demonstrates the need for actions that could contribute to the development of a unified methodology for quantification of dermal exposure
Subject: Trabalhadores
Dosimetria
Guia
Risco
Metodologia
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2013
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Selmi_GiulianadaFontouraRodrigues_M.pdf2.79 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.