Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308179
Type: TESE
Title: Avaliação da suscetibilidade a antifungicos de dermatofitos do genero Microsporum
Title Alternative: Evaluation of antifungal susceptibility of dermatophytes of the genus Microsporum
Author: Correa, Fernanda Simas
Advisor: Schreiber, Angélica Zaninelli, 1965-
Abstract: Resumo: Dermatófitos do gênero Microsporum acometem preferencialmente pele e pêlos, sendo M.canis e M.gypseum as espécies mais isoladas em nosso meio. Antifúngicos tópicos e sistêmicos são indicados para o tratamento destas dermatofitoses, que é considerado mais difícil quando comparado ao de outros gêneros de fungos queratinofílicos. Deste modo, a determinação da suscetibilidade aos antifúngicos in vitro destes microrganismos é de interesse para embasamento da terapêutica empírica, avaliação de falhas terapêuticas, e testes de novos antifúngicos. No entanto, os dermatófitos não foram incluídos no documento relacionado do CLSI (M38-A, 2002). Os estudos disponíveis até o momento, utilizando conídios dos fungos, apresentam resultados muito divergentes, devido a falta de padronização e o grande número de variáveis pré-analíticas envolvidas. Em adição, uma vez que a forma de hifas predomina no tecido infectado, há controvérsias sobre o fato de se a forma conidial seria adequada para os testes. Há poucos relatos na literatura sobre avaliação dinâmica de crescimento de fungos e a taxa de inibição destes por drogas antifúngicas, mas nenhum destes realizados com dermatófitos. Este estudo se propôs a determinar condições para realização do teste de suscetibilidade pelo método de microdiluição em caldo e padronizar a avaliação de crescimento dinâmico pelo sistema BCT® para seis cepas do gênero Microsporum, determinando respectivamente CIM e CFM e taxas de inibição de crescimento frente a ciclopirox olamina, terbinafina e griseofulvina. Os resultados obtidos apontaram: ágar batata como o melhor meio de cultura para produção de conídios, inóculo de 1x 103 células/ml, incubação de 7 dias a 28ºC e leitura final considerando 100% de inibição do crescimento para o teste de microdiluição em caldo. Os resultados de CIM variaram de 1,0 a 16,0 µg/ml para ciclopirox olamina, de 0,005 a 0,004 µg/ml para terbinafina e de 2,5 a 20,0 µg/ml para griseofulvina. No Sistema Automatizado BioCell-Tracer® os testes foram realizados com: concentração de PLL de 0,05%; inóculo ? 1x106 conídios/ml em 5?l; incubação a 30ºC por 72 a 96h; 30ºC como temperatura de realização do teste e tempo total de experimento de 3 horas e 30 minutos. Todas as cepas apresentaram taxa de inibição de crescimento acima de 85% na fase de exposição à droga frente aos antifúngicos avaliados, na concentração equivalente ao resultado de CIM obtido pela técnica de microdiluição em caldo e, em pelo menos, uma diluição abaixo

Abstract: Dermatophytes of the genus Microsporum preferentially invade skin and hair, being M.canis and M.gypseum the most prevalent species in our routine. Topics and systemic antifungal agents are indicated for the treatment of theses dermatophytoses, which is considered more difficult when compared to other genera of keratinofilic fungi. By the way, the determination of in vitro antifungal susceptibility of these organisms is interesting as a guide of empiric therapy, evaluation of therapeutic failures and to evaluate new antifungal agents. However, dermatophytes were not included in the CLSI document (M38-A, 2002). The studies available until now, using fungi conidia, present divergent results due to the lack of standartization and the large number of pre-analytical variables involved. In addiction, once the hyphae forms predominate in infected tissues, there are controversies about if the conidial form would be adequate for the tests. There are few articles in the literature about dynamical evaluation of fungi growth and their growth inhibition rate in contact with antifungal agents, but none with dermatophytes. This study proposed the determination of conditions for broth microdilution susceptibility test and the standardization of dynamical growth evaluation by the BCT® system for six strains of Microsporum sp, determining respectively MIC and MFC and the inhibition rate after application of ciclopirox olamine, terbinafine and griseofulvin. The results pointed: potato dextrose agar as the best culture medium for conidium production, inoculum concentration of 1x 103 conidia/ml, incubation for 7 days at 28ºC and test enpoint at 100% of growth inhibition for broth microdilution test. The MIC results ranged from 1,0 to16,0 µg/ml for ciclopirox olamine, 0,005 to 0,004 µg/ml for terbinafine and 2,5 to 20,0 µg/ml for griseofulvin. On the automatizated system BioCell-Tracer®, the tests were realized with: PLL concentration of 0,05%; inocula of ? 1x106 conídia/ml in 5?l; incubation at 30ºC for 72 to 96hand also 30ºC as the test temperature, 3 hours and 30 minutes as total time of experiment. All strains showed growth inhibition rate above 85% on drug exposure phase against the antifungal agents evaluated, in MIC obtained by both microdilution method and, at least, one dilution below
Subject: Dermatofitos
Antifúngicos
Teste de suscetibilidade
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2007
Appears in Collections:FCM - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Correa_FernandaSimas_M.pdf1.99 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.