Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/308148
Type: TESE
Degree Level: Doutorado
Title: Conhecimento, atitude e prática de exercícios físicos na gravidez
Title Alternative: Knowledge, attitude and practice of women with respect to physical exercise in pregnancy
Author: Ribeiro, Carmen Silvia Pôrto, 1964-
Advisor: Mayer-Milanez, Helaine Maria Besteti, 1965-
Pires, Helaine Maria Besteti, 1965-
Abstract: Resumo: Introdução: Atualmente observa-se um aumento considerável de mulheres engajadas em atividades físicas, incluindo grávidas. Programas de exercícios físicos (EF) para gestantes são recomendados e ganham cada vez mais adeptos. Objetivo: Estudar o conhecimento, a atitude e a prática de mulheres grávidas em relação aos exercícios físicos indicados para gestantes, avaliar por quê algumas não os realizam e analisar a prática e a opinião das mulheres sobre exercícios físicos na gestação. Método: Estudo descritivo de corte transversal, no qual foram entrevistadas 161 mulheres, com idade entre 18 e 45 anos, idade gestacional igual ou superior a 28 semanas, que faziam pré-natal nas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e não apresentavam patologias para as quais o exercício físico configurasse risco. As mulheres foram selecionadas em Campinas, SP, em uma clínica que realizava ecografia para as usuárias do Sistema Ùnico de Saúde (SUS). Para a coleta de dados foi utilizado um questionário - CAP (Conhecimento, Atitude e Prática) previamente testado e elaborado. Um banco de dados foi preparado em EPINFO e os dados foram analisados com o software SAS, versão 9.2. Para análise estatística foram utilizados o teste qui-quadrado de Pearson e o teste exato de Fisher para avaliar a associação entre as variáveis estudadas (p < 0,05). Resultados: Quase dois terços (65,6%) das gestantes apresentaram conhecimento adequado sobre a prática de exercícios físicos na gestação e a grande maioria (93,8%) foi favorável à sua realização. Entretanto, a prática adequada esteve presente em pouco mais de 20% da amostra. Houve associação do conhecimento sobre exercícios físicos apropriados na gravidez com maior escolaridade (p= 0,0014) e a prática de exercícios físicos na gravidez associou-se ao menor número de gestações (p= 0,0001). Falta de tempo e sentir-se cansada e desconfortável foram referidos pelas gestantes como os principais motivos para a não realização dos exercícios físicos. Caminhada, hidroginástica, alongamento e ioga foram considerados pela maioria como exercícios adequados; apenas 18% das mulheres praticavam exercício físico no momento da entrevista, sendo a caminhada o mais realizado. Os principais motivos referidos pelas mulheres para a prática de EF foram; preparar-se para o parto, sentir-se bem e fortalecer a musculatura perineal. A maioria das mulheres referiu sentir-se bem ou muito bem ao realizar exercícios. Conclusão: Os resultados deste estudo sugerem que o conhecimento das gestantes sobre a prática de exercícios físicos durante a gravidez é razoável, a atitude dessas mulheres é favorável, porém a prática é bem pouco frequente. A maioria das mulheres sentiu-se bem ou muito bem ao realizar exercícios, mas poucas o fizeram. Ações de saúde que incluíssem incentivo à prática de exercícios físicos durante a gestação deveriam ser estimuladas e poderiam trazer benefícios à saúde dessas mulheres

Abstract: Introduction: It has been observed a considerably increase of women engaged in physical activity, including pregnant women. Programs of physical exercise for pregnant women have been recommended and gain more supporters Objetive: To evaluate the knowledge, attitude and practice of pregnant women with respect to appropriate physical exercises during pregnancy and to investigate with some women do not exercise during pregnancy, and also analyze the practice and beliefs of women with respect to appropriate physical exercises during pregnancy Methods A descriptive, cross-sectional study was conducted in which 161 women of 18 to 45 years of age were interviewed in the third trimester of pregnancy. These women were receiving prenatal care at National Health Service (SUS) primary healthcare units and had no pathologies for which physical exercise would constitute a risk. The women were selected at an ultrasonography clinic accredited to the SUS in Campinas, São Paulo. A previously elaborated knowledge, attitude and practice (KAP) questionnaire was used to collect data, which were then stored in an Epi-Info database. Statistical analysis was conducted using Pearson?s chi-square test and Fisher?s exact test to evaluate the association between the study variables (p<0.05).Results: Almost two-thirds (65.6%) of the women were sufficiently informed about the practice of physical exercise during pregnancy and the vast majority (93.8%) was in favor of it. Nevertheless, only just over 20% of the women in this sample exercised adequately. Significant associations were found between an adequate knowledge of physical exercise during pregnancy and education level (p=0.0014) and between the adequate practice of physical exercise during pregnancy and having had fewer pregnancies (p=0.0001). Lack of time and feeling tired and uncomfortable were the principal reasons given by the women for not exercising. The walk, water aerobics, stretching and yoga were considered by most as adequate exercise, only 18% of women did physical exercise during the interview and walking was the most accomplished. The main reasons cited by women for the practice of PE were preparing for childbirth, fell good and strengthen the perineal muscles. Most women reported feeling well or very well when performed exercises. Conclusion These results suggest that women?s knowledge concerning the practice of physical exercise during pregnancy is reasonable and their attitude is favorable; however, relatively few actually exercise during pregnancy. Most women felt well or very well to perform exercises, but few did .Health actions that promote physical exercise during pregnancy should be encouraged and might be of benefit for a pregnant women's health
Subject: Exercícios físicos
Gravidez
Exercícios físicos aquáticos
Pré natal
Saúde da mulher
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:FCM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ribeiro_CarmenSilviaPorto_D.pdf2.21 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.