Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/307202
Type: TESE
Title: Modelagem matemática de doenças infecciosas considerando heterogeneidade etária = estudo de caso de rubéola no Mexico
Title Alternative: Mathematical modelling of infectious disease considering heterogeneous age group : a case study of rubella in Mexico
Author: Soares, Cíntia Dalila
Advisor: Yang, Hyun Mo, 1959-
Abstract: Resumo: Doenças infecciosas de transmissão direta causadas por microrganismos podem ser descritas por modelos compartimentais do tipo suscetíveis (X), infecciosos (H), infectantes (Y ) e recuperados (Z). Essas doenças são frequentes na infância, por isso a importância em se considerar a heterogeneidade etária. Além do mais, o risco de infecção pode depender da idade em que a doença é adquirida, como no caso da rubéola, que é uma doença geralmente benigna, mas que pode causar malformações no embrião em infecções nas mulheres grávidas. A heterogeneidade etária é considerada nas variáveis X, H, Y e Z e também na taxa de contato, ß, entre indivíduos suscetíveis e infecciosos dada por uma função contínua. Condições para a existência da solução não trivial do sistema são estabelecidas. Definimos um operador cujo ponto fixo é a solução da equação que representa a densidade de indivíduos infectantes na idade a. Definimos R0 como o raio espectral da derivada de Fréchét em zero deste operador. O modelo descrito é aplicado à rubéola e um ajuste dos parâmetros epidemiológicos é realizado com dados de número de casos da doença no México. Os efeitos da intervenção através da vacinação são estudados através do deslocamento da idade média de infecção

Abstract: Infectious diseases transmitted directly caused by microparasites can be described by compartmental models of the type susceptible (X), infectious (H), infective (Y ) and recovered (Z). These diseases are common in childhood, hence the importance in considering the heterogeneous age group. Moreover, the risk of infection may depend on the age at which the disease is acquired, as in the case of rubella, a disease that is usually benign but can cause embryo malformations in infected pregnant women. The heterogeneous age group is considered in the variables X, H, Y and Z and also in contact rate ß, between infectious and susceptible individuals given by a continuous function. Conditions for the existence of nontrivial solution of the system were established. We defined an operator which fixed point was the solution of the equation that represented the density of infective individuals in the age a. We defined R0 as the spectral radius of the Fréchet derivative of this operator at zero The model described was applied to rubella and an adjustment of parameters was performed with epidemiological data on the number of disease cases in Mexico. The effects of intervention through vaccination were studied by dislocating the average age of infection
Subject: Epidemiologia
Microrganismos
Dinâmica populacional
Modelos matemáticos
Vacinação
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2011
Appears in Collections:IMECC - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Soares_CintiaDalila_M.pdf1.05 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.