Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/306456
Type: TESE
Title: Modelagens alternativas para a meningite no Maranhão
Title Alternative: Alternatives modelings for meningitis in Maranhão
Author: Paiva Júnior, Francisco Pessoa de, 1986-
Advisor: Bassanezi, Rodney Carlos, 1943-
Abstract: Resumo: A modelagem matemática epidemiológica constitui uma ferramenta importante para o estudo do comportamento de doenças, entre outras coisas, ela é capaz de analisar a forma de propagação e apontar meios eficazes para a prevenção e erradicação dessas doenças. Tal modelagem é feita através do estudo de sistemas de equações diferenciais que descrevem a interação entre a população e a doença. Com base nisso este trabalho tem como objetivo determinar modelos matemáticos alternativos para o estudo do número de casos de Meningite ocorridos no Estado do Maranhão nos anos de 2001 a 2012. Este trabalho se divide em duas partes, na primeira delas será feito uma análise qualitativa dos modelos epidemiológicos matemáticos SI (Suscetível-Infectado), SIS (Suscetível-Infectado-Suscetível) e SIR (Suscetível-Infectado-Recuperado). Os modelos estudados foram analisados conforme a presença ou não de dinâmica vital, e ainda conforme os pontos de equilíbrio e o seu número de reprodutividade basal R0. Na segunda parte, os dados foram utilizados para formulação de 5 modelos alternativos para a doença, estes modelos diferenciam-se entre si, principalmente, por não haver uma constância no número de casos confirmados ano a ano; por isso, em alguns deles foram necessários utilizar equações que determinem uma certa periodicidade.Tais modelos propostos tem por objetivo fazer uma análise sobre a real situação da doença no estado e predizer o seu comportamento futuro, afim de que os resultados aqui encontrados sirvam de base para estudos posteriores

Abstract: The mathematical epidemiological modeling is an important tool for the study of behavior of behavior. Among other things, through this modeling we can analyze the form of disease spread and point effective means for its prevention and eradication. Such modeling is done through the study of systems of differential equations that describe the interaction between population and diseases. Based on that, this research aims to determine alternative mathematical models to study the number of cases of meningitis occurred in the state of Maranhão ¿ Brazil from 2001 to 2012. This work is divided into two parts. The first one will be a qualitative analysis of mathematical epidemiological models SI (Susceptible-Infected), SIS (Susceptible-Infected-Susceptible) and SIR (Susceptible-Infected-Recovered). The models were analyzed according to the presence or absence of vital dynamics, and as the points of balance and the number of basal reproducibility R0. In the second part, the data contained in were used for 05 (five) alternative models formulation. They differ from each other mainly because there is no consistency in the number of confirmed cases from year to year, so in some of them it was necessary to use equations to determine a certain periodicity. These proposed models aims to perform an analysis of the actual situation of the disease in the state and predict their future behavior, so that the present results can provide basis for further studies
Subject: Biomatemática
Epidemiologia
Modelagem matemática
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2015
Appears in Collections:IMECC - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
PaivaJunior_FranciscoPessoade_M.pdf1.94 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.