Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/305890
Type: TESE
Title: Excelencia organizacional : uma abordagem centrada nas pessoas
Author: Ferreira, Edson
Advisor: Folledo, Manuel, 1939-
Abstract: Resumo: A dissertação se propõe a identificar as características fundamentais das organizações de excelência com o Objetivo de estimular àqueles que participam da atividade empresarial a emularem essas características nas organizações em que atuam. Fundamenta-se na revisão da bibliografia existente sobre organizações de desempenho excepcional e do pensamento de destacados líderes empresariais e estudiosos da questão organizacional. Organizações de excelência são organizações com desempenho excepcional desde a fundação. Empresas que são líderes nos mercados em que atuam e cujas práticas administrativas e de negócios estão acima dos modismos e dos chavões-gerenciais. Essas empresas têm um grau de liberdade a mais que as empresas convencionais para criarem a realidade que desejam, pois para elas o lucro não é a única coisa que importa. Possuem uma inegociável ideologia centralvalores e propósitos elevados - que estabelecem que o sucesso não deve ser obtido a qualquer preço. São flexíveis e estimulam a mudança, o que as torna mais adaptáveis à complexidade de um mundo que muda. Possuem uma nítida intenção estratégica e estabelecem metas audaciosas que amparadas por uma visão compartilhada canalizam a energia emocional de todos os colaboradores. Incentivam os colaboradores a experimentarem, a ousar o novo. Reinterpretaram o fracasso e aprendem também com as experiências "mal-sucedidas" . Não buscam superar a concorrência, mas sim superar a si próprias fazendo cada vez melhor. Alavancam, seus recursos obtendo resultados expressivos com investimentos relativamente menores que os seus concorrentes. Possuem mentalidade de longo prazo, investindo no desenvolvimento dos colaboradores, preservam o ambiente pois sabem que não estão "de passagem"; consideram-se como espécies em evolução, criando assim um forte senso de continuidade. Mantém uma nítida cultura organizacional que as permite conceder maior autonomia operacional sem o risco de perder o controle. Mantém o controle sem controlar! São organizações que aprendem, pois expandem continuamente a capacidade de "criação do futuro". Não privilegiam exclusivamente a componente tecnológica, ao contrário procuram equilibrar os aspectos técnicos e sociais. Consideram-se como sistemas abertos, trocando "energia" e informação com o mundo externo. Confiam na capacidade humana de observação, avaliação e decisão para minimizar a turbulência gerada por um ambiente caótico. Consideram os interesses de seus membros e da comunidade em que atuam tornando-se mais "ecológicas" e humanizadas com propósitos mais elevados e menos impessoais. Em suma, para se desenvolverem como organizações de excelência utilizam uma abordagem que é centrada nas pessoas.

Abstract: This dissertation's objective is to identify the excellent organization's basic characteristics, and to stimulate people who participate of the entrepreneurial activity to emulate those characteristics inside the organizations in which they actuate. It's based on the excellent organization's existing literature review and on recognized business leaders' and scholars' thought about the organizational matter. Excellent organizations are those organizations having exceptional performance since its creation. They are leading organizations in their markets and have long lasting business and administrative practices. Organizations that have more freedom than the conventional ones, to create the reality they want, since for them, the "bottom line" is not the most, fundamental thing. They have a strong ideology - values and purposes - wich means that the success is not unconditional. They are flexible and give incentives to changes! - what makes them more suitable to the complexity of a world that changes. They have a clear strategic intent and set ambitious goals wich supported by a shared vision, collect the emotional energy from all the employees. They give the people the incentives to do experimentation, to try out new possibilities - They have a different interpretation of falling short - and learn from the unsuccess either. Excellent organizations don't work to surpass competitors, rather work to surpass themselves, doing always better. They leverage the resources, attaining important results with relatively less expenditures than the conventional companies. They are long term minded, investing on the employees' development, they care about the enviroment because they know that they are not just "passing by"; they think themselves as evolutionary specimens creating a strong meaning of continuity. Excellent companies keep a visible organizational culture that allows them to give the employees more autonomy; they keep the control without controlling! They are learning organizations, since continually broaden their capability of creating the future. They don't focus exclusively on the technological issues, in opposition, try to keep the balance between social and technical issues. Excellent organizations see themselves as open systems, exchanging "energy" and information with the external environment. They trust on human capability of observation, evaluation and decision making in order to cope with the turbulence generated by a "chaotic" environment. They keep in mind the stockholders' interests-includind the community in which they are operating - becoming more ecological and humanistic, taking into account higher purposes. Resuming, in order to exist as excellent organizations, they have an approach wich is human based.
Subject: Desenvolvimento organizacional
Cultura organizacional
Planejamento estratégico
Language: Português
Editor: [s.n.]
Date Issue: 1997
Appears in Collections:IMECC - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Ferreira_Edson_M.pdf3.58 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.