Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/305696
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: O naturalismo psicológico e o problema da naturalização da consciência
Title Alternative: The psychological naturalism and the problem of naturalizing consciousness
Author: Scheer, Fernanda Pires Bertuol M., 1980-
Advisor: Monzani, Luiz Roberto, 1946-
Simanke, Richard Theisen
Abstract: Resumo: O problema da naturalização da consciência se coloca como uma forma de consumação de um projeto de psicologia como uma ciência natural da mente que abranja todas as dimensões do que se considera como constituindo o mental. O principal paradigma para um tal projeto é fornecido hoje em dia pelo programa interdisciplinar de investigação que veio a ser denominado, coletivamente, como Ciência Cognitiva. Entretanto, mesmo com os seus avanços, que se destacam na interação das áreas da Filosofia, Psicologia, Biologia, Neurociência, Etologia, Antropologia, Inteligência Artificial, Comunicação e Sociologia, o tradicional problema mente-corpo se coloca então na forma de um déficit explicativo, que se deve a uma lacuna entre os dados das estruturas neuronais ou estados cerebrais e os conteúdos da introspecção ou fenômenos da consciência. Uma vez que estes continuam a requerer melhor elucidação, a Ciência Cognitiva desenvolveu um projeto de naturalização da fenomenologia. Nesse contexto, a presente pesquisa teórica teve como objetivo uma análise das principais dimensões em que emerge e se expressa o problema concernente à chamada lacuna explicativa ¿ o qual tende a ensejar as propostas contemporâneas de naturalização da consciência ¿ culminando em uma reflexão sobre a possibilidade de uma revisão do referido problema a partir de uma via alternativa de fundamentação dos fenômenos da consciência mediante a filosofia merleau-pontyana

Abstract: The naturalization of consciousness problem can be considered as a way to consume a project of psychology as a natural science of the mind that encompasses all dimensions of what is considered to constitute the mind. The main paradigm for such project is provide today by the interdisciplinary research program that was called collectively as cognitive science. However, even with their advances that stand out in the interaction of the areas of Philosophy, Psychology, Biology, Neuroscience, Ethology, Anthropology, Artificial Intelligence, Communication and Sociology, the tradicional mind-body problem then arises in the form of an explanatory deficit, which is due to a gap between the data of neuronal structures or brain states and the contents of introspection or phenomena of consciousness. Once, these issues still require elucidation, the Cognitive Science has developed a project of naturalization of phenomenology. In this context, the present theoretical study was aimed at a analysis of the main dimensions in which emerges and is expressed the problem concerning the so-called explanatory gap. This problem tends to give rise the contemporary naturalization of consciousness proposals, culminating in a reflexion about the conditions of possibility of a revision of this problem from alternative way of fundamentation of the consciousness phenomena by the meleau-pontyan philosophy
Subject: Merleau-Ponty, Maurice, 1908-1961
Ciência cognitiva
Naturalização
Consciência
Fenomenologia
Editor: [s.n.]
Citation: SCHEER, Fernanda Pires Bertuol M. O naturalismo psicológico e o problema da naturalização da consciência. 2016. 1 recurso online (338 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/305696>. Acesso em: 30 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IFCH - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Scheer_FernandaPiresBertuolM._D.pdf2.28 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.