Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/305688
Type: TESE DIGITAL
Title: Análise fonético-experimental da entoação de declarativas e interrogativas em espanhol/LE
Title Alternative: Phonetic-experimental analysis of the intonation of declarative and interrogative sentences in Spanish as a foreign language
Author: Silva, Cristiane Conceição, 1979-
Advisor: Barbosa, Plinio Almeida, 1966-
Abstract: Resumo: Nesta pesquisa, foi realizada uma análise fonético-experimental da entoação de declarativas, interrogativas totais e interrogativas parciais em espanhol como língua estrangeira (espanhol/LE). Para isso, as produções em espanhol de brasileiros em situação de imersão foram comparadas com as produções correspondentes de dois grupos de controle. O primeiro composto por falantes nativos de espanhol peninsular falado como língua materna e o segundo formado pelos próprios brasileiros com suas produções em português brasileiro (PB). O contexto foi uma das variáveis controladas no experimento de produção. Foram analisadas a leitura de frases isoladas, a leitura das mesmas frases inseridas em uma narrativa e, finalmente, a narração da história lida. O objetivo deste estudo foi o de caracterizar a entoação do espanhol/LE através da análise de três funções comunicativas básicas que são transmitidas pela entoação: a função de proeminência, fronteira e modalidade. Para isso, foi empregada uma técnica de análise por síntese implementada pelo algoritmo PENTATRAINER2. O estudo foi realizado em três etapas. Na primeira, todas as curvas de F0 dos enunciados lidos foram comparadas entre si através da técnica Dynamic Time Warping (DTW) que oferece uma medida de similaridade entre pares de curvas. O estudo revelou que, globalmente, as curvas de F0 das declarativas e interrogativas totais em espanhol/LE estão mais próximas às mesmas produções em espanhol e que as curvas das interrogativas parciais estão mais próximas às mesmas produções em PB. O estudo também serviu para aproximar as produções em espanhol/LE de cada brasileiro ao espanhol ou ao PB. Na segunda etapa, foi realizado um teste de percepção com ouvintes espanhóis que avaliou o grau de sotaque estrangeiro dos informantes da pesquisa. Os resultados do experimento serviram para agrupar os sujeitos de acordo com o grau de sotaque estrangeiro e também para relacionar tal agrupamento com os resultados obtidos com a análise das funções comunicativas realizadas posteriormente. Esse experimento de percepção demonstrou também que é possível identificar o sotaque estrangeiro apenas com informação prosódica presente em estímulos delexicalizados, o que evidenciou o papel fundamental da prosódia na percepção do sotaque estrangeiro. Na última etapa, a análise dos valores dos três parâmetros do modelo PENTA inferidos a partir das três funções comunicativas estudadas revelou que, globalmente, os esquemas de codifcação do espanhol/LE são mais parecidos aos do PB na transmissão das funções comunicativas de proeminência e fronteira continuativa nas declarativas, interrogativas totais e parciais e na transmissão da função de proeminência e fronteira terminal em interrogativas totais e parciais. O espanhol/LE somente se aproximou do espanhol na transmissão da função de proeminência em fronteiras terminais das declarativas. Apesar dessa proximidade do espanhol/LE com o PB, a comparação das médias de sotaque estrangeiro obtidas por cada informante com os valores dos três parâmetros para as três funções comunicativas revelou que quanto menor o grau de sotaque estrangeiro do informante, mais os valores dos três parâmetros se aproximam aos inferidos para o espanhol, o que pode ser um indicador importante da aquisição da entoação do espanhol/LE

Abstract: In this research, the intonation of declaratives, yes-no and wh-questions in Spanish as a foreign language (Spanish/FL) was analyzed from a phonetic-experimental perspective. Specifically, Spanish productions by Brazilians in an immersion situation were compared with corresponding productions of two control groups. The first consists of native speakers of peninsular Spanish spoken as a mother tongue and the second, of the Brazilians with their productions in Brazilian Portuguese (BP). The context was one of the controlled variables in the production experiment. The reading of sentences isolated and embedded in a narrative and, finally, the narration of the story read were analyzed. The objective of this study was to characterize the intonation of the Spanish/FL by analyzing three basic communicative functions that are transmitted by intonation: the prominence function, boundary and modality. For this, we used an analysis-by-synthesis implemented by PENTATRAINER2. The analysis was conducted in three stages. First, all the F0 curves in read statements were compared to each other with the technique Dynamic Time Warping (DTW) which provides a measure of similarity between pairs of curves. The results indicated that, overall, the F0 curves of declaratives and yes-no questions in Spanish/FL are closer to these productions in Spanish and wh-questions are closer to these productions in BP. The study also served to bring the productions in Spanish/FL of each Brazilian to Spanish or PB. Second, a perception test was conducted with Spanish listeners who evaluated the degree of foreign accent of survey respondents. The results of the experiment were used to the group subjects according to their degree of foreign accent and to relate this grouping with the results obtained from the analysis of the communication functions performed later. This perception experiment also demonstrated that it is possible to identify the foreign accent based solely on prosodic information. This was demonstrated through the use of delexicalized stimuli, which highlighted the key role of prosody in the perception of foreign accent. Finally, the analysis of the values of the three parameters of PENTA model inferred from the three communicative functions studied showed that globally the codification schemes of Spanish/FL are more similar to BP in the transmission of the communicative functions of prominence and continuative boundary in declaratives, yes-no and why questions and of prominence function and terminal boundary in yes-no and wh-question. Spanish/FL only got closer to Spanish in the transmission of prominence function in the declarative terminal boundary. Despite this proximity between Spanish/FL and BP, the comparison of Foreign Accent averages per subject with the values of the three parameters for the three communicative functions showed that the lower the degree of foreign accent is, the closer the three values of the parameters are to the inferred one for Spanish. This can be an important indicator of the acquisition of intonation of Spanish/FL
Subject: Lingua espanhola - Fonética
Língua espanhola - Pronunciação por falantes estrangeiros
Entoação (Fonetica)
Fala - Análise
Síntese da voz
Sistemas de processamento da fala
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IEL - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_CristianeConceicao_D.pdf4.77 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.