Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/305666
Type: TESE DIGITAL
Title: Letramentos (en)formados por relações dialógicas na universidade : (res)significações e refrações com tecnologias digitais
Title Alternative: Literacies (in)shaped by dialogic relationships in the university : (re)significations and refractions with digital technologies
Author: Miranda, Flávia Danielle Sordi Silva, 1987-
Advisor: Fiad, Raquel Salek, 1948-
Abstract: Resumo: Neste trabalho, foram investigadas práticas letradas em um curso de uma universidade pública brasileira a partir de uma disciplina didático-pedagógica denominada Estágio Supervisionado. Buscou-se compreender como se (en)formaram práticas de letramentos acadêmicos no contexto estudado e como tecnologias digitais puderam (res)significá-las e refratá-las. Situada na Linguística Aplicada, a pesquisa foi incitada por inquietações da "modernidade recente" (MOITA LOPES, 2013) acerca de relações dialógicas entre práticas letradas cujos interesses, embora muito motivados para investigações sobre o contexto escolar, morosamente vêm se voltando ao acadêmico-universitário (LEA, 2013a; LILLIS; HARRINGTON; LEA; MITCHELL, 2016) e seus enlaces com tecnologias digitais. A articulação entre letramentos acadêmicos, profissionais e tecnologias digitais contemplando contextos extraverbais sustentou a base qualitativa do trabalho que foi desenvolvido etnograficamente como "forma de teorização profunda" (LILLIS, 2008) pela correlação de dados (enunciados concretos) de naturezas diversas do contexto do curso de Letras (documentos da Unicamp, entrevistas com professores e alunos e questionários aos últimos), do contexto da disciplina oferecida no 1º semestre do ano de 2013 (gravação das aulas e interações em plataforma on-line, vídeos gerados dos computadores em uso pelos universitários, diários de campo, questionários com os discentes e várias versões de suas produções acadêmicas) e do contexto da universidade pública brasileira (documentos oficiais brasileiros, leis e diretrizes) para reflexões concomitantes. A união dos quadros teórico-epistemológicos dos Novos Estudos do Letramento (STREET, 2003; KLEIMAN, 2005) e Letramentos Acadêmicos (LEA; STREET, 1998) ao enfoque enunciativo-discursivo do Círculo de Bakhtin permitiu a relativização de noções cristalizadas para os estudos dos letramentos como identidade, agência e poder e a proposição de renovações desses conceitos para embasar estudos mais dialógicos. Também permitiu a defesa da tese de que os letramentos (acadêmicos) não teriam formas próprias, mas são inconformados e plasmados pelas relações dialógicas na universidade, com ou sem tecnologias digitais. Com foco neste último tipo de relações, foram observados "episódios-chave" (DEY, 1993) ao longo da prática de elaboração de materiais didáticos para alunos do Ensino Básico na disciplina. Essa observação culminou em percepções analíticas sobre (i) elevado uso de tecnologias digitais para a composição dos materiais e (ii) poucas propostas de atividades em que as tecnologias digitais estivessem presentes. A aparente dicotomia entre a mobilização de tecnologias digitais no processo de produção e no objeto produzido mostrou a predominância de letramentos dominantes, marcados pelo trabalho com gêneros acadêmicos escritos e de uma concepção de material didático de Língua Portuguesa voltado a aspectos linguístico-discursivos de alguns gêneros e de algumas práticas sociais a serem escolarizados. Os resultados obtidos na pesquisa evidenciam as relações dialógicas entre os letramentos acadêmicos e profissionais quando se busca compreender a incorporação (ou não) de tecnologias digitais, podendo contribuir para que os letramentos promovidos na universidade sejam considerados dentro dessa amplitude de relações que poderá tanto colaborar com o entendimento de práticas opacas de letramentos acadêmicos, quanto para melhor plasmar a formação inicial de futuros docentes de língua(s) e dos formadores de professores

Abstract: The work investigated literacies practices in a Brazilian public university context from a didactic-pedagogical discipline in the bachelor¿s degree course of Letters at IEL (UNICAMP), named Supervised Internship LA071. It aimed at understanding how academic literacies practices were (in)shaped and how digital technologies were able to re-signify and refract them. Established in Applied Linguistics, the research was enticed by the "late modernity" (MOITA LOPES, 2013) uneasiness about the dialogic relationships between literacies practices whose interests, although frequently motivated towards investigations in the school context, have been sluggishly directed to the university-academic (LEA, 2013a; LILLIS; HARRINGTON; LEA; MITCHELL, 2016) and their enlacements with digital technologies. The articulation between academic, professional literacies and digital technologies including extra-verbal contexts supported the qualitative base of the work developed ethnographically as a way of "deep theorizing" (LILLIS, 2008) through the correlation of data (concrete utterances) of varied sources from the Letters course (Unicamp documents, interviews with teachers and students and students¿ surveys), from the context of the discipline offered in the first semester of 2013 (recordings of lessons and interactions in online platform, videos generated from computers being used by university students, field diaries, students¿ questionnaires and several versions of their academic productions) and from the Brazilian public university context (Brazilian official documents, laws and guidelines) for concomitant reflections. The joining of New Literacy Studies (STREET, 2003; KLEIMAN, 2005) and Academic Literacies (LEA; STREET, 1998) epistemological-theoretical approach to the enunciative-discursive correspondent of Bakhtin Circle allowed the relativization of crystalized notions for the studies of literacies as identity, agency and power and for these concepts renewal propositions to found more dialogic studies and for the thesis defense that the (academic) literacies would not have their own forms being shapeless and modelled by the dialogic relationships in the university regarding or regardless of digital technologies. Focusing on this last type of relationships, "key-episodes" (DEY, 1993) were observed throughout the practice of producing didactic materials for idealized high school students in the discipline which culminated in analytical perceptions about (i) high use of digital technologies for the composition of these materials and (ii) few activities in which they were proposed in these materials. The apparent dichotomy between the mobilization of digital technologies in the production process and the produced object revealed the predominance of dominant literacies, characterized by the work with written academic genres and a conception of Portuguese Language didactic material concerning discursive-linguistic aspects of some genres and social practices to be schooled. The findings of the research highlight the dialogic relationships between academic and professional letterings when in search of understanding the incorporation (or not) of digital technologies, allowing that the literacies promoted in the university be considered within this amplitude of relationships which might aid in the understanding of opaque practices of academic literacies as well as better shaping the initial training of future language teachers and the training of professors
Subject: Letramento - Estudo e ensino (Superior) - Brasil
Tecnologia digital
Professores - Formação
Língua portuguesa - Formação de professores
Dialogismo
Etnologia
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IEL - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Miranda_FlaviaDanielleSordiSilva_D.pdf8.13 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.