Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/305473
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: Método CRS interativo com controle semiautomático de aberturas
Title Alternative: Interactive CRS method with semi-automatic aperture control
Author: Faccipieri Junior, Jorge Henrique, 1983-
Advisor: Tygel, Martin, 1946-
Abstract: Resumo: Técnicas de processamento sísmico baseadas em tempos de trânsito multiparamétricos, embora fornecam bons resultados de imageamento e inversão, necessitam de muito esforço computacional. Esse é o caso do método Common Reflection Surface (CRS) para o qual uma parte significativa da literatura é dedicada a estratégias e algoritmos, de modo que seus parâmetros sejam estimados de maneira ideal. No caso do CRS, seu tempo de trânsito depende de três e oito parâmetros, nas situações 2D e 3D, respectivamente. Além disso, supõe-se que a estimação desses parâmetros seja computada para cada amostra de uma seção ou volume zero-offset (ZO). Em muitos casos reais, o custo de estimação desses parâmetros torna-se impraticável. Nesse trabalho, uma abordagem de aplicação Interativa-Iterativa do método CRS é proposta, que consiste nos seguintes passos: (a) Seleção de pontos ao longo de eventos em uma seção empilhada CMP inicial; (b) Estimação global e exaustiva dos parâmetros CRS nesses pontos utilizando aberturas semiautomáticas na direção dos pontos médios; (c) Interpolação dos parâmetros CRS obtidos de modo a construir guias, preenchendo todas as amostras da seção ZO; (d) Refino global dos parâmetros CRS utilizando as guias obtidas como valores iniciais; (e) Empilhamento CRS com as guias refinadas pelo processo anterior; (f) Finalmente, esse processo é repetido adicionando, subtraindo ou editando-se os pontos selecionados até que o resultado esperado seja alcançado. Os resultados obtidos através dessa abordagem produziram seções empilhadas CRS de melhor qualidade e com reduzido custo computacional

Abstract: Seismic processing techniques that are based on multi-parametric traveltimes, albeit providing good imaging and inversion results, carry the burden of much intensive and costly computation effort. That is the case of the Common-Reflection-Surface (CRS) method, for which a significant part of the literature is devoted to strategies and algorithms so that various parameters are estimated in an optimal way. In the case of CRS, the traveltimes depend on three and eight parameters in the 2D and 3D situations, respectively. Moreover, the parameter estimation is supposed to be computed at each sample of the zero-offset (ZO) stacked section or volume. In many real-data cases the computational costs are infeasible. In this work, a so-called Interactive-Iterative CRS approach is proposed, which consists of the following steps (a) User-selection at a few (picked) points, on an initial (given) CMP stacked section; (b) Global exhaustive evaluation of CRS parameters on these points using a semi-automatic aperture in midpoints; (c) Interpolation of the obtained CRS parameters to fill out all sample positions that comprise the ZO section or volume to be constructed; (d) Global refinement of CRS parameters using the previously obtained parameters as initial values; (e) Computation of the CRS stack with the refined parameters and finally (f) This process is repeated by adding, subtracting or editing points until the expected result is achieved. The results obtained with this approach were able to produce better stacked sections and reduce its the computational cost
Subject: Geofísica
Método sísmico de reflexão
Ondas sismicas
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEM - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
FaccipieriJunior_JorgeHenrique_D.pdf13.93 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.