Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/305348
Type: TESE DIGITAL
Title: A Copa do Mundo da FIFA 2014 veio ao Brasil : a gestão do estado de São Paulo como sede
Title Alternative: 2014 FIFA World Cup come to Brazil : the management of the state of São Paulo as host
Author: Silva, Dirceu Santos, 1986-
Advisor: Amaral, Silvia Cristina Franco, 1968-
Abstract: Resumo: O objetivo desta pesquisa foi analisar o planejamento e a gestão de risco da Copa do Mundo da FIFA Brasil 2014, com ênfase no estado de São Paulo. Foi utilizado o método descritivo-interpretativo e os procedimentos metodológicos foram desenvolvidos em três etapas: na primeira ocorreu uma análise documental de relatórios, orçamentos/financiamento, leis e outras fontes primárias da gestão; na segunda etapa ocorreu uma análise em jornais que realizaram a cobertura sobre a temática no estado de São Paulo; e na terceira etapa foram realizadas entrevistas semiestruturadas com os gestores que atuaram diretamente no planejamento e na gestão de risco dos megaeventos esportivos no estado de São Paulo. Para a interpretação dos dados a técnica utilizada foi a análise de conteúdo, que permitiu o agrupamento, a categorização e a inferição dos dados. Os resultados foram apresentados a partir da análise dos riscos econômicos, políticos e governamentais, infraestrutura, riscos ambientais e de saúde, segurança e proteção. Os riscos econômicos tanto em âmbito nacional quanto no estado de São Paulo não foram frequentes. A Copa do Mundo teve impacto positivo na economia e no PIB, no entanto, foi reportada inflação de custos em todas as ações políticas. Os riscos políticos e governamentais analisados indicaram frequente violação de direitos e remoção forçada de famílias das suas casas devido às construções e reformas da infraestrutura para o torneio. A Copa do Mundo da FIFA no Brasil se configurou como a edição do torneio analisada com o maior número de protestos, especialmente no estado de São Paulo. As convicções de corrupção foram incidentes em âmbito nacional e no estado de São Paulo existe um inquerido de irregularidade nos contratos entre a Odebrecht e o Sport Club Corinthians Paulista. Os riscos ambientais positivos e negativos não tiveram destaque nos projetos da Copa e as mortes de operários no Brasil foi o risco de saúde mais incidente entre todas as edições do torneio desde 1994, com destaque para a Arena Corinthians com três mortes. Por fim, não foi reportado nenhum incidente grave de segurança tanto em âmbito nacional quanto no estado de São Paulo

Abstract: The aim of this study was to analyse the risk management in 2014 FIFA World Cup Brazil in São Paulo. The descriptive and interpretative method and the methodological procedures were developed in three stages: first all, a documental analyse of reports, budgets, law and other primary sources of management was used; second, an analysis in newspapers that carried out the coverage on the topics in the state of São Paulo was analised; and third a semi-structured interviews with managers who worked directly in the planning management of sports mega-events in the state of São Paulo were conducted. For the interpretation of data the technique content analysis was used, which allowed the grouping, categorizing and inference data. Results were presented based on the analysis of economic, political and government, infrastructure, environmental and health, safety and protection risks.The economic risks at the national level and in the state of São Paulo were not frequent. FIFA World Cup had a positive impact on the economy and GDP, however, cost inflation in all political actions were reported. Political and governmental risks analysed have indicated frequent violation of rights and forcible evictions of families due to buildings and infrastructure refurbishments to the tournament. FIFA World Cup in Brazil is configured as the edition of the tournament analysed with the largest number of protests, especially the frequent protest in São Paulo. The corruption convictions have been incidents at the national level and in the state of Paulo there is an inquiry investigating irregularities in the contracts between Odebrecht and the Sport Club Corinthians Paulista. The positive and negative environmental risks were not prominent in the FIFA World Cup projects and the deaths of workers in Brazil was the most frequent health risk among all editions of the tournament, especially the Arena Corinthians with three deaths. It has not reported any serious incident safety at national level and in the state of São Paulo
Subject: Políticas públicas
Eventos esportivos
Copa do mundo (Futebol)
Esportes
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Silva_DirceuSantos_D.pdf2.27 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.