Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/305027
Type: TESE DIGITAL
Title: O fator espontaneidade-criatividade na obra dos The Beatles
Title Alternative: The spontaneity and creativity factor in the work of The Beatles
Author: Lofrano, Anita Cecília, 1954-
Advisor: Arantes, Valério José, 1949-
Abstract: Resumo: O fator espontaneidade-criatividade, segundo o referencial da teoria psicodramática é a capacidade que o ser humano tem de dar uma resposta nova a uma situação já conhecida ou a uma situação nova. Esse fator está presente em toda a obra dos Beatles favorecendo para que eles fossem representantes de mudanças paradigmáticas na música, nos costumes, na visão de mundo dos anos 1960. Foram analisadas 20 músicas dos Beatles, cinco de cada uma das quatro fases: Beatlemania, poética, psicodélica e personalizada. A prática do trabalho foi desenvolvida com a aplicação de uma vivência com nove alunas de um curso de especialização em Psicodrama. Após ouvirem as músicas, uma de cada fase, com a função de aquecimento, realizaram um ato espontâneo e criativo na forma de um desenho e posterior depoimento sobre a experiência. Os dados do discurso foram analisados segundo os parâmetros da análise do discurso de L. Bardin e foram catalogados nas seguintes categorias: representação espontânea e criativa, temas existenciais, relações interpessoais e realidade suplementar

Abstract: The spontaneity- creativity factor, according to the framework of psychodrama theory is the capacity that human beings have to give a new response to a situation already known or a new situation. This factor is present in all the work of the Beatles encouraging for them to be representatives of paradigmatic changes in music, customs, worldview 1960¿s . Will be analyzed 20 The Beatles songs, five from each of the four phases: Beatlemania, poetic, psychedelic and personalized. The practical work was developed with the application of an experience with 9 students of a course on psychodrama. After hearing the songs, one of each songs, one for each phase, with warming function, they made a spontaneous and creative act in form of a drawing and later testimony about the experience. The speech formed analyzed according to the Bardin L. and they were cataloged following categories: spontaneous and creative representation, existencial issues, interpersonal relationships and additional reality
Subject: Beatles (conjunto musical)
Espontaneidade (Traço da personalidade)
Criatividade
Psicodrama
Música
Language: Multilíngua
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FE - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Lofrano_AnitaCecilia_M.pdf776.44 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.