Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/304805
Type: TESE DIGITAL
Title: Adsorção competitiva de íons prata e cobre em argila bentonítica
Title Alternative: Competitive adsorption of silver and copper ions on bentonite clay
Author: Freitas, Emanuelle Dantas de, 1988-
Advisor: Vieira, Melissa Gurgel Adeodato, 1979-
Abstract: Resumo: A remoção e recuperação de metais tóxicos de efluentes aquosos têm atraído a atenção de pesquisadores, sendo o processo de adsorção uma das alternativas, com necessidade de avaliação de novos adsorventes. Nesse estudo, investigou-se a adsorção binária de íons prata e cobre sobre argila bentonítica Verde-lodo. Para tanto, realizou-se estudo cinético em pressão e temperatura ambiente, com diferentes concentrações (mmol/L) e frações molares dos metais, em solução. Os ajustes dos modelos cinéticos de pseudoprimeira ordem, pseudossegunda ordem, difusão intrapartícula, Boyd e transferência de massa em filme externo foram efetuados, obtendo-se maior capacidade de adsorção do cobre, quando em presença da prata. Elevadas concentrações totais demonstraram interferência na adsorção, com aumento da competição pelos sítios ativos. O estudo de equilíbrio foi realizado por meio de isotermas de adsorção que confirmaram a melhor adsorção do cobre na presença da prata, porém com diferentes comportamentos. O cobre apresentou tendência em adsorver mais em maiores temperaturas, enquanto a prata foi favorecida em temperaturas mais baixas. As máximas capacidades de adsorção obtidas experimentalmente ocorreram a 60 ºC para o cobre (0,110 mmol/g) e a 20 ºC para a prata (0,090 mmol/g). Os dados experimentais foram ajustados pelos modelos binários de Langmuir competitivo, competitivo modificado e não competitivo e Langmuir-Freundlich, com este último apresentando o melhor ajuste. Também foram realizados ensaios em sistema dinâmico de leito fixo, avaliando-se a influência da vazão sobre os parâmetros de eficiência ZTM e %Rem, com os melhores resultados para vazão de 3 mL/min. Com essa vazão, avaliaram-se os efeitos da variação das concentrações iniciais e frações molares, obtendo-se os melhores resultados para soluções mais concentradas (concentração total de 2 mmol/L), bem como indicação da maior seletividade da argila Verde-lodo pelo cobre. As máximas remoções obtidas em leito, considerando-se os dois metais simultaneamente, foram de 47% de prata e 48% de cobre. O fenômeno de overshoot foi observado para a prata em certos ensaios, indicando que os íons de cobre podem substituir íons de prata previamente adsorvidos, dependendo das condições experimentais. Ciclos de adsorção/dessorção foram realizados empregando HNO3 como eluente, o qual se mostrou eficiente nesse sentido. Foram obtidas remoções de 89,18% de prata e 76,10% de cobre na primeira dessorção e de 67,65% de cobre na segunda dessorção. O segundo ciclo de adsorção apresentou um overshoot da prata. Para avaliar o comportamento da argila diante da adsorção, o adsorvente foi caracterizado pós processo adsortivo e comparado à argila calcinada natural. As técnicas empregadas envolveram a difração de raio X (DRX), microscopia eletrônica de varredura (MEV), porosimetria de mercúrio, picnometria a gás Helio, fisissorção de nitrogênio, termogravimetria (TG), análise térmica diferencial (DTA), espectroscopia na região do infravermelho (FT-IR) e determinação da carga superficial (pHzpc). Foi verificada ausência de mudanças bruscas nas características estruturais da argila Verde-lodo antes e após a adsorção. A argila após os ciclos de regeneração também foi caracterizada pelas técnicas de DRX, MEV, FT-IR e TG/DTA, indicando que o HNO3 afetou sua morfologia, porém não alterou sua estrutura cristalina, grupos funcionais e estabilidade térmica

Abstract: The removal and recovery of heavy metals from aqueous effluents have attracted increasing attention from researchers. One alternative is the adsorption process, which generates the need of new adsorbents evaluation. In this study, binary solutions of silver and copper were investigated under adsorption process over Verde-lodo bentonite clay. To fulfill this purpose, the kinetic study was performed using solutions with different metals concentrations (mmol/L) and molar fractions of each metal, at environmental pressure and temperature. The adjustment of the kinetic curves over the data obtained was made by the following models: pseudo first order, pseudo second order, intra-particle diffusion, Boyd and mass transfer by external film model. The results showed the highest adsorption capacity of copper, when in presence of silver. Besides, the high ions quantity in solution presented some interference as a high competition for the active sites. Equilibrium study was conducted through adsorption isotherms assays, which confirmed the higher copper adsorption in binary solution with silver and showed different behaviors. Copper adsorption presented low temperature influence, tending to the highest adsorption at high temperatures and silver adsorption was favored at low temperatures. The highest adsorption capacities obtained in assays were 0.110 mmol/g for copper at 60 ºC and 0.090 mmol/g for silver at 20 ºC. Experimental data were adjusted by the following models: competitive Langmuir, modified competitive Langmuir, non-competitive Langmuir and Langmuir-Freundlich. The last one presented the best results. Fixed bed dynamic assays were performed to evaluate the flow rate influence over the efficiency parameters MTZ and %Rem, and the best results were obtained at 3 mL/min. At this flow rate, initial concentration and molar fraction changes were evaluated. The best results were achieved at the highest initial concentration (total initial concentration 2 mmol/L). The profiles obtained showed the highest selectivity of Verde-lodo clay for copper. The maximum removal obtained in the fixed bed was 46.65 % of silver and 48.20 % of copper, considering both metals simultaneously. Furthermore, some assays presented overshoot in case of silver, indicating its ions were replaced by copper ions. Adsorption and desorption cycles were performed using HNO3 as eluent, which proved to be efficient in this purpose. Removal of 89.18 % of silver and 76.10 % of copper were obtained in the first desorption and 67.65 % of copper in the second desorption. The second cycle of adsorption presented overshoot of silver. To evaluate the clay behavior in face of the adsorption process, the adsorbent after adsorption process was characterized and compared to the natural calcined clay characterization. The techniques employed were the X-ray diffraction (DRX), scanning electron microscopy (MEV), mercury porosimetry, helium gas picnometry, nitrogen physisorption through the BET method, thermogravimetry (TG), differential thermal analysis (DTA), spectroscopy in the infrared region (FT-IR) and surface charge determination (pHzpc). The absence of strong changes in structural characteristics of the Verde-lodo clay, before and after the adsorption was verified. Besides, the regenerated clay characterization was accomplished by the techniques DRX, MEV, FT-IR and TG/DTA, which showed imperfections in morphology due to the HNO3, but no changes in crystal structure, functional groups and thermal stability
Subject: Adsorção
Cobre
Prata
Argila
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEQ - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Freitas_EmanuelleDantasde_M.pdf5.4 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.