Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/304767
Type: TESE DIGITAL
Title: Entre escutas e solfejos : afetos e reescrita crítica na composição musical
Title Alternative: Between listening and solfeges : affects and critical rewriting in musical composition
Author: Penha, Gustavo Rodrigues, 1983-
Advisor: Mello Filho, Silvio Ferraz, 1959-
Filho, Silvio Ferraz Mello
Abstract: Resumo: Este trabalho tem dois objetivos principais. O primeiro é afirmar a singularidade da reescrita crítica como um modo especial de reescrita ou de relação intertextual no campo da composição musical. Compreendendo a reescrita como a prática comum de reelaboração de materiais, gestualidades, técnicas e procedimentos musicais já anteriormente concebidos e construídos, busco defender a tese de que a reescrita crítica se singulariza ao se determinar enquanto uma operação composicional que torna possível que uma obra ou material musical antigo seja escutado a partir de novos modos de escuta. Para melhor consolidar a tese, organizei então o trabalho em três grandes capítulos, aos quais correspondem temas que, de certa maneira, produzem um caminho para a afirmação da tese. No primeiro capítulo procuro abordar os afetos enquanto a pluralidade de linhas expressivas das mais diversas naturezas (qualitativa, emocional, geográfica, cultural, política, econômica, histórica, etc.) que se manifestam e se complicam umas com as outras no acontecimento musical e que, na escuta, nos afetam. No segundo capítulo é o conceito de solfejo que abordo, compreendendo-o como as variadas lógicas operacionais, necessariamente atentas aos efeitos que produzem na escuta, de consolidar materiais heterogêneos em uma composição musical. Solfejo é assim uma constelação de afetos, uma conjunção de modos de ser afetado, sentir, perceber e escutar mais ou menos determinável. Por fim, o terceiro capítulo trata da reescrita crítica enquanto um ato de reelaboração caracterizado por cruzar dois solfejos pelo menos, para assim perturbar o modo de escuta original implicado nos materiais ou procedimentos antigos, que passam assim a serem escutados de outras maneiras. O segundo objetivo principal dessa tese consiste na integração dos problemas que enfrento e busco solucionar em meu próprio trabalho prático composicional às problematizações e temáticas teóricas e filosóficas abordadas em cada um dos capítulos. Trata-se, nesse sentido, de uma pesquisa científica em que busco melhor compreender a minha prática composicional relacionando-a com obras de outros autores por meio da injeção, ao longo do texto acadêmico, de problemáticas e ideias coletivas que também me são caras em minhas própria pesquisas artísticas e composicionais

Abstract: This work has two main objectives. The first is to affirm the singularity of critical rewriting as a special way of rewriting or of intertextual relationship in the field of musical composition. Comprising the rewriting as common practice of reworking materials, gestures, technics and musical procedures previously conceived and built, I seek here to defend the thesis that critical rewriting singularizes itself as a compositional operation that makes it possible for a work or ancient musical material to be heard by new listening modes. To better consolidate the thesis I organized the work into three major chapters, in which it correspondent themes produces a path to the thesis affirmation. In the first chapter I understand the affects while the plurality of expressive lines of diverse natures (qualitative, emotional, geographical, cultural, political, economic, historical, etc.) that appear and complicate one each other in the musical event and that affect us in the listening. In the second chapter is the concept of solfege I discuss, comprising it as the operational logics, necessarily attentive to the effects they produce in listening, of consolidating various heterogeneous materials in a musical composition. Solfege is thus a constellation of affects, a combination of modes to be affected, to feel, to see and to hear more or less determinable. Finally, the third chapter discusses the critical rewriting as an act of reworking characterized by crossing two kinds of solfeges at least, in order to disturb the original listening mode implied in the ancient materials or procedures, which are thus heard in other ways. The second main objective of this thesis is the integration of problems I seek to solve on my own compositional practical work with the theoretical and philosophical problematizations and themes discussed in each of the chapters. In this sense, it is a scientific research in which I seek to better understand my own compositional practice by relating it to works of other authors, through the injection of some collective problems and ideas that are also dear to me in my own artistic and compositional research
Subject: Intertextualidade
Composição (Música)
Solfejo
Editor: [s.n.]
Date Issue: 2016
Appears in Collections:IA - Dissertação e Tese

Files in This Item:
File SizeFormat 
Penha_GustavoRodrigues_D.pdf67.72 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.