Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unicamp.br/jspui/handle/REPOSIP/304704
Type: TESE DIGITAL
Degree Level: Doutorado
Title: A educação esportiva de meninas na escola pública : experiências positivas de gênero na educação física
Title Alternative: The sports education of girls in public schools : positive de gênero na educação física
Author: Fernandes, Simone Cecília, 1978-
Advisor: Altmann, Helena, 1973-
Abstract: Resumo: A tese se insere no campo dos estudos de gênero e analisa a educação esportiva de meninas na escola pública a partir das narrativas de oito docentes da Rede Municipal de Campinas, SP, que ensinam esportes coletivos às alunas em suas aulas. A pesquisa de campo foi realizada por meio de entrevistas semiestruturadas e as análises das entrevistas foram qualitativas, buscando tecer os fios de sentidos entre as falas docentes e investigar "o que está em jogo" quando ensinam esportes coletivos a elas. Para este ensinamento, as experiências docentes envolveram enfrentamentos às relações de gênero patriarcais que tendem a afastar as alunas dos bem fazeres esportivos na escola. Os agires docentes romperam com uma lógica de gênero hegemônica nas aulas, tanto no que se refere à utilização equitativa dos espaços e tempo na educação física, quanto no tocante aos conteúdos ensinados e ao ensino da fisicalidade própria dos fazeres esportivos às meninas. Os corpos das alunas se tornaram hábeis nos esportes e essa educação esportiva lhes permitiu acessar diferentes possibilidades de experimentar o contexto escolar, as quais se distinguiam de uma feminilidade enfatizada, oportunizando outras sociabilidades e experiências corporais a elas. Nestas tessituras, as diferenças que se desenhavam no chão da quadra entre meninos e meninas foram situadas a partir das distintas experiências corporais a que discentes estavam expostos na escola e fora dela. Professoras e professores narraram que as diferenças de saberes e fazeres corporais esportivos entre meninos e meninas não eram efeito de uma natureza corpórea distinta, mas sim das distintas experiências corporais a que estavam sujeitos em suas vidas. Ao ensinar esportes às meninas, docentes enfrentavam cotidianamente situações hierarquizadas, as quais atuavam na estigmatização de alguns meninos e em noções inferiorizantes sobre os fazeres esportivos das meninas na escola. Suas práticas de ensino ocasionaram rupturas com estas ocorrências que hierarquizam as vidas. Não obstante às adversidades que permeiam o ensino de esportes coletivos às meninas na escola pública, estas professoras e professores ensinaram esportes às alunas e enfrentaram, em seus cotidianos escolares, dificuldades e desafios que não as/os afastaram do desejo primeiro, latente, de ensinar a todos/as

Abstract: This thesis is within the field of gender studies and analyzes the sports education of girls in public schools from eight teachers narrativies of the school system in Campinas, a city in São Paulo State, Brazil, teachers who teach team sports to girls in their classes. The field research was conducted through semi-structured interviews. The analysis of the interviews were qualitative, seeking to weave threads of meanings between the teacher¿s talks and investigate "what is at stake" when they teach team sports to girls. In this way of teaching, teacher¿s experiences involved fighting the patriarchal gender relations that tend to alienate girls of good doings in sports at school. The teacher¿s actions broke with a gender hegemonic logic in classes, both with regard to the equitable the use of space and time in physical education and in respect to the content taught and the teaching of physicality related to sports practices to girls. The girl's bodies became skilled in sports and in sports education, that allowed them to access different possibilities to experiences in the school context, which are distinguished from an emphasized femininity, providing opportunities for other sociabilities and bodily experiences to them. In these tessitura, the differences demonstrated in sports court between boys and girls were located from distinct sports experiences that students were exposed in and out of school. Teachers narrated that the differences in terms of knowledge and doings on the bodies of boys and girls who play sports were not the effect of a different physical nature, but a result of many different body experiences which they were subjected in their lives. By teaching sports to girls, teachers faced daily hierarchical situations, which operate on the stigmatization of some boys and on abashing notions of girls¿ sports practices at school. These teaching practices provoked disruptions whith incidents that used to produce hierarchical situations in their lives. Despite the adversities that permeate the teaching of collective sports to girls, teachers taught sports to the them and faced, in their everyday school life, difficulties and challenges that don¿t moved them away from the first desire, latent, teach everyone
Subject: Educação física escolar
Ensino
Relações de gênero
Esportes coletivos
Language: Português
Editor: [s.n.]
Citation: FERNANDES, Simone Cecília. A educação esportiva de meninas na escola pública: experiências positivas de gênero na educação física. 2016. 1 recurso online (132 p.). Tese (doutorado) - Universidade Estadual de Campinas, Faculdade de Educação Física, Campinas, SP. Disponível em: <http://www.repositorio.unicamp.br/handle/REPOSIP/304704>. Acesso em: 30 ago. 2018.
Date Issue: 2016
Appears in Collections:FEF - Tese e Dissertação

Files in This Item:
File SizeFormat 
Fernandes_SimoneCecilia_D.pdf1.17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.